============================================


=================================================

CAPINAN:ENCONTRO NO SHOPPING

Vitor Hugo Soares

Junto com o vídeo que o Bahia em Pauta divulga acima, o comentário postado por moisessilvabastos em 11/05/2011, no You Tube, sobre o poeta e compositor José Carlos Capinan. Vai reproduzdo na íntegra, pois diz quase tudo em poucas palavras:

“Ele tem um manancial de letras de sucesso imenso. Parcerias com muita gente famosa mas ele mesmo é pouco conhecido. Vamos fazer justiça e divulgar esse monstro sagrado que, por sua própria modéstia, permanece quietinho”.

Ponto.

Agora um exemplo ainda mais recente dessa verdade:

Sábado passado, em loja de eletrônicos de um dos mais movimentados shoppings de Salvador, enquanto Margarida conclui uma compra, vejo-o passar e parar bem ao meu lado.

Com a simplicidade tímida de sempre e a paciência de qualquer cliente anônimo, ele também espera para pagar uma compra. Inseguro pelo reencontro do querido amigo e companheiro de outras batalhas, admiração de sempre, peço baixinho a confirmação de Margarida, que responde na lata:”É ele, sim”

Então eu grito, para espanto geral, a começar do próprio:

-E aí, velho Capim, quanto tempo! Como vai?.

Então vem o abraço forte, a conversa rápida no meio da confusão, o pedido e anotação do novo número do celular, a promessa de conversa mais longa, a despedida até mais ver…

E o poeta Jose Carlos Capinan segura na mão da netinha que o acompanha, orgulhosa de suas bonitas e berm cuidadas tranças de estilo afro, e sai, simples e modestamente como entrou.

Fica o olhar espantado do vendedor, sem entender a cena. Antes de matar a sua curiosidade, pergunto: “Você já ouviu falar em Capinan?”. E o rapaz:”Não senhor”.

“Soy loco por ti, América”, você já ouviu?”. O rapaz sorri e balança a cabeça afirmativamente. “E Papel Maché, sabe de quem é?”. Ele vacila e eu canto alto dentro da loja uma palinha da linda canção. Aí o jovem vendedor de computadores de última geração vai em frente:

“Vida é fazer, todo sonho brilhar, ser feliz”…

Grande Capim!!!

(Vitor Hugo Soares, editor)

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana on 27 julho, 2011 at 14:59 #

Que beleza, meu irmão! Beleza de encontro e narrativa!
E para nosso querido vendedor, segue mais alguns versos do Grande Capinam:
“Era um, era dois, era cem…era o mundo chegando e ninguém…que soubesse que eu sou violeiro…que me desse amor ou dinheiro…”
“Sou viramundo virado, pelo mundo do sertão, mas inda viro este mundo em festa, trabalho e pão…Virado será o mundo e viramundo verão…O virador deste mundo, astuto, mau e ladrão, ser virado pelo mundo que virou com certidão…Ainda viro este mundo em festa, trabalho e pão…”.
É isso aí…”No teu colo dormir e depois acordar, sendo seu colorido brinquedo de papel machê…
Viva Capinam!!!
Bela tarde, belo dia, que tem imenso signifivado para mim…


luiz alfredo motta fontana on 27 julho, 2011 at 15:32 #

Caro VHS

Hoje troco a velha e constante admiração, que nutro por teus textos, pela singela inveja.

Dois grandes se encontraram, tu e Capinan. A lua sorri, quanto a “nosostros”, resta-nos aplaudir.


luiz alfredo motta fontana on 27 julho, 2011 at 15:34 #

Correção

tire o “m” e coloque o “n”, afinal Capinan é nome sagrado…


regina on 27 julho, 2011 at 15:46 #

Faço eco às palavras já ditas…
Aqui está o próprio em suas próprias palavras:
http://www.youtube.com/watch?v=QYaB65CpxY8


regina on 27 julho, 2011 at 16:16 #

E, como não posso ficar quieta, aqui um primor, “Prisma Luminoso”, que leva a pena dos dois grandes – Paulinho da Viola e Capinan:

http://www.youtube.com/watch?v=4BteyQtuYaA


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos