Rebekah com Murdoch: escutas ilegais

————————————————————
A diretora-executiva da News International, Rebekah Brooks, demitiu-se, esta sexta-feira, na sequência do escândalo das escutas que está a abalar o Reino Unido e grupo de comunicação do multimilionário Rupert Murdoch.

Considerada como uma confidente de Murdoch, Rebekah Brooks, que dirigiu o News of the World, recentemente encerrado por causa deste escândalo, explicou que desta forma fica livre para cooperar com todos os inquérito ligados a este escândalo.

Numa carta entregue aos funcionários do grupo, Brooks admite responsabilidades e confessa-se desolada pela forma como as coisas decorreram e pelas pessoas que sofreram com este escândalo.

A ex-diretora-executiva aproveitou ainda para referir que uma eventual continuação no cargo «desvia as atenções dos esforços honestos» da empresa para «resolver os problemas do passado».

Entretanto, Rupert Murdoch, num comunicado onde diz aceitar a demissão da diretora-executiva da News International, agradeceu a dedicação de Brooks ao grupo e frisou que ela foi uma das «diretoras mais extraordinárias da sua geração».

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos