Foguetório nos corredores do governo estadual

Balanço semestral da Secretaria de Segurança Pública divulgado há pouco pelo setor de rádio do governo estadual revela que o índice de homicídios diminuiu no primeiro semestre de 2011, em comparação com o mesmo período do ano passado. A redução de 16% é apontada como o principal destaque no relatório do primeiro semestre.. Em Salvador, este índice apresentou queda de 13,5% e na Região Metropolitana, o decréscimo, para o mesmo tipo de crime, foi de 8,2%. Principal objetivo do programa Pacto Pela Vida, a diminuição do número de homicídios no estado é decorrente das operações policiais, do combate ao tráfico de drogas, desarticulação de quadrilhas e prisão de traficantes, além da ampliação da estrutura de investigação dos crimes.

A queda nos crimes violentos abrange também a Região Metropolitana de Salvador.Em 2010, segundo a SSP, foram registrados na Bahia, nos primeiros seis meses, 2.706 assassinatos contra 2.273 casos neste ano. Na capital, foram computados 793 homicídios no primeiro semestre, em contraste aos 917 registrados no mesmo período do ano passado. Na Região Metropolitana de Salvador, ocorreram 306 assassinatos em 2010, número reduzido para 208 nos seis primeiros meses de 2011.O índice de violência ainda é muito elevado, se comparado com padrões internacionais de segurança, mas o avanço é considerado animador dentro do governo Wagner

O número de tentativas de homicídio na Bahia, neste mesmo período, apresentou um crescimento de 3,8%: 1.531 (2011) contra 1.474 (2010). Outro índice que seguiu a tendência de aumento foi o de latrocínio (roubo seguido de morte). Nos primeiros seis meses do ano foram registrados 51 casos, contra 61, no mesmo período de 2010, representando um crescimento de 19,6%.

No quesito roubos, em todo o estado, os índices também apresentaram reduções nos primeiros seis meses deste ano: de 4% dos roubos de veículos (4.416 em 2010 e 4.240 em 2011); de 6,2% em estabelecimentos comerciais (2.058 em 2010 e 1.931 em 2011); de 1,1% em residências (704 em 2010 e 696 em 2011); e de 5% roubo a transeuntes (14.673 em 2010 e 13.935 em 2011), sempre comparando com o mesmo período do ano passado.

PACTO

A partir do lançamento do programa Pacto Pela Vida, a SSP considera que grandes metas no âmbito da Segurança Pública já foram alcançadas, a exemplo da criação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a implantação da Base Comunitária de Segurança, na comunidade do Calabar, “assegurando tranquilidade aos moradores da região”.

foram presos graças ao apoio da população, que passou a interagir ainda mais com a polícia baiana.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos