Erasmo Carlos: 50 anos no Teatro Municipal

===================================================

DEU NO IG – GENTE

Erasmo Carlos recebeu uma plateia estrelada durante o show da gravação de seu DVD “Erasmo Carlos 50 Anos de Estrada”, na noite de ontem (2/7), no Theatro Municipal, no Centro do Rio. Além da presidente do Municipal, a cineasta Carla Camurati, o cantor e compositor foi prestigiado por Fernanda Torres e Andrucha Waddington, Lilia Cabral, Patrícia Pillar e Ciro Gomes, Nelson Motta e a filha, Esperança Motta, Totia Meirelles, Paulo José, Paula Toller, Glória Maria, Zélia Duncan e Leilane Neubarth. Marisa Monte e Roberto Carlos dividiram o palco com Erasmo e participaram da gravação. A seguir os depoimentos dos artistas que fizeram questão de celebrar a comemoração dupla: os 50 anos de carreira do “Tremendão” e seu aniversário de 70 anos, completados no dia 5 de junho.

Patrícia Pillar

“Ele marcou especialmente a minha infância. Meu avô costumava pendurar com um barbante uma latinha e eu fazia de microfone. Pegava e cantava as músicas do Erasmo e do Roberto. Depois passei a curtir aquela fase mais anos 80, meio rock´n roll. Gosto muito de ‘Sentado à Beira do Caminho’, ‘Fera Ferida’ e ‘Mais Um na Multidão’”.
Lilia Cabral

“As músicas que mais me marcaram são as que ele fez em parceria com o Roberto Carlos como ‘Sentado à Beira do Caminho’ que me tocou muito na adolescência porque fala de uma certa solidão. E adolescente adora isso, né (risos)? Aliás, é emocionante ver como ele não perdeu como artista sua essência. Ele é igualzinho a quando eu era criança. Sempre com um olhar contemporâneo, positivo, olhando o horizonte. É uma grande personalidade. A história dele se mistura a do nosso país”.

Totia Meirelles

“É a comemoração dos 70 anos de uma vida maravilhosa. Rimos e nos emocionamos tanto com as músicas dele. Para mim ele fez parte de tudo, especialmente da minha adolescência tardia, de quando tinha uns 18 anos e sofria muito (risos). O disco que ele lançou na época me marcou demais. Tenho até hoje”.

Nelson Motta

“Sou amigo do Erasmo há mais de 40 anos. Temos quatro músicas juntos. Ele é uma das melhores pessoas que já conheci. Porque nesse meio às vezes uns falam mal dos outros, mas você nunca vê o Erasmo falando de ninguém. Ele é um lorde que merece essa homenagem”.
Zélia Duncan

“O Erasmo é um cavalheiro. Só existem coisas boas a serem ditas sobre ele. A música brasileira deve muito ao Erasmo. Temos que tê-lo como rei assim como temos o Roberto Carlos”.

Glória Maria

“Adoro o Erasmo e acho linda a amizade dele com o Roberto Carlos porque hoje em dia ninguém é amigo de ninguém. É muito raro existir uma amizade que dure tanto tempo. Cresci e comecei a me formar como pessoa ouvindo Roberto e Erasmo. Sou muito romântica então gosto mais das músicas nesse estilo”.

Paula Toller

“Erasmo é tudo! Meu marido é filho do Roberto Farias, que dirigiu um filme que falava sobre a vida do Roberto Carlos e do Erasmo, então somos praticamente sobrinhos dele. Temos uma relação muito carinhosa. Ele é um dos maiores artistas populares dos últimos tempos”.
teve Roberto Carlos e Marisa Monte

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos