jun
01
Posted on 01-06-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 01-06-2011


UM DEPOIMENTO PARA OS ANAIS DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL.CONFIRA.
===============================================

———————————————————
Amanda Gurgel de Freitas, de 29 anos, tinha 17 quando decidiu ser professora. “Queria ser como a Claudina”, diz a educadora potiguar que estudou um ano na Universidade Estadual de Feira de Santama , Bahia. Ela virou um dos maiores sucessos das últimas semana na Internet, através de um vídeo postado no You Tube que já conta com mais de 100 mil acessos. Ela se refere à professora de espanhol que conheceu no cursinho preparatório para o vestibular. Claudina não tem nem ideia de que serviu de exemplo para impulsionar a carreira da ex-aluna que ficou conhecida nacionalmente depois de um vídeo no YouTube. Na ocasião, Amanda falava sobre os percalços da profissão em uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. (Veja o vídeo no Bahia em Pauta)

“Ela era muito especial. Além do conteúdo, era muito alto astral e reunia todas as características que uma professora precisa: era simpática, atenciosa”, diz Amanda. “Pena que nunca tivemos um contato maior. Nunca falei isso para ela”, diz Amanda.

A jovem estudante, que ficou órfã aos 4 anos e não quer ser vista como “coitadinha”, cursou o ensino fundamental na rede pública e o ensino médio em escola particular. Fez cursinho porque queria uma vaga no curso de Letras em uma universidade pública. E conseguiu. Passou primeiro na Universidade Estadual de Feira de Santana, onde estudou durante um ano, e prestou vestibular de novo na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal, onde concluiu o curso. “Não tinha nenhum parente em Feira de Santana. Quis me mudar para Natal para morar com minha irmã.”

À época, Amanda estudava de dia e trabalhava à tarde e à noite. No segundo ano de faculdade, conseguiu uma bolsa para lecionar no cursinho preparatório que a universidade oferecia para alunos carentes, a um preço simbólico. “Foi lá que ganhei experiência em sala de aula.”

A jovem prestou concurso nas redes municipal e estadual – onde dava aulas de português para os ensinos fundamental e médio. Mas o esgotamento físico e mental em sala de aula a fez adoecer e, desde 2008, ela foi afastada da função em decorrência.

Ainda em tratamento, diz que pretende voltar para a sala de aula “não porque é apaixonante, mas porque não é tão simples estar em cargos de adaptação”. Segundo ela, há uma pressão dos governos em cima dos professores que estão fora da sala de aula para saber se eles realmente estão com problemas de saúde. “E agora que estou bem melhor, sinto que tenho de voltar para dentro das salas.”

Amanda diz ter consciência de que sua fama é passageira e que quer aproveitar o momento para estar a serviço dos professores. “Sinto que é uma missão. Se eu conseguir mobilizar a categoria na web e nas ruas para pressionar o governo, talvez eu tenha plantado uma semente que poderá, um dia, render frutos inéditos.”

( Do jornal Tribuna do Norte, de Natal, com informações da Agência Estado (AE)

jun
01


==================================================
Quem não ouviu a edição de “Deixa o Coração mandar”, apresentado por Walter Queiroz na Rádio Metrópole, na noite desta quarta-feira do primeiro dia de junho, perdeu o que de mais bonito, generoso e poético aconteceu hoje em Salvador.

Uma beleza de fazer chorar a lembrança de Waltinho
do irmão, artista plástico e boêmio Lula Queiroz.

Bahia em Pauta reproduz a música genial de Donato apresentada no final do programa.

Grande abraço, Waltinho!.

E BOA NOITE A TODOS!!!

(Vitor Hugo Soares)

Celso Paiva

Direto de Zurique (Suíça)

Em sua primeira entrevista depois de ser eleito para seu quarto mandato à frente da Fifa, o suíço Joseph Blatter afirmou que o “cartão amarelo” para os membros das 208 associações ligadas à entidade máxima do futebol já foi dado e que agora a tolerância será zero em casos de corrupção.

“Eu não espero mais batalhas como a que enfrentamos. Vamos entrar em um novo período de transparência e de controle do sistema. A mensagem que eu dei hoje, como disse, vai para todas as associações. A tolerância zero é para todos. Isso é mais que um aviso, é um cartão amarelo. As medidas que tomamos foram com essa intenção e parece que as associações entenderam. Eles mostraram que queriam votar e foi aprovado pela grande maioria”.

As medidas a que Blatter se referem são três, sendo a principal delas a mudança na escolha das sedes das Copas do Mundo, sendo feita pelas 208 associações ligadas à Fifa, e não apenas pelos 22 membros do comitê executivo da entidade.

Além disso, o suíço sugeriu um fortalecimento do comitê de ética, com a criação de uma área específica para a investigação de denúncias. Por fim, o mandatário pediu a formação de um comitê de soluções, sem especificar a função do novo órgão.

De acordo com o presidente da Fifa, as medidas transformarão a entidade em um órgão mais democrático. “Nós teremos mais pessoas das associações nacionais dando opiniões com esses novos instrumentos. Como disse a presidente da Suíça, gostamos de vocês, mas criem mais transparência. Criaremos mais transparência e seguiremos em frente”.

Blatter disse ainda que ficou feliz com o apoio de 186 votos que recebeu dos 206 possíveis. “Antes tivemos dúvidas se a unidade da Fifa poderia ser mantida, mas no fim, as pessoas ficaram aqui unidas esperando por soluções e agora nós trouxemos algumas soluções”.


===============================================
O ex-presidente do Chile, Salvador Allende, que morreu durante ataque do Exército ao Palácio de La Moneda, sede do governo, em 11 de setembro de 1993, recebeu dois tiros, de armas diferentes, segundo revelou o programa “Informe Especial”, que foi ao ar na noite de segunda-feira na tevê estatal do Chile.

O programa revelou que fontes da Promotoria Militar do Chile confirmaram que o ex-presidente Salvador Allende — o qual teve os restos mortais exumados no último dia 23 –, morreu com dois tiros. E de armas diferentes. Esta informação abre a possibilidade de contrariar o que foi mantido durante 38 anos, de que Allende se suicidara.

O perito uruguaio Horácio Ried, um dos maiores especialistas mundiais em medicina forense, declarou que além da marca do tiro de fuzil AK-47, há outro de uma arma de calibre menor que deixou sua marca em um dos fragmentos ósseos.

DEU NO PORTAL TERRA

Claudia Andrade

Direto de Brasília

O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), afirmou nesta quarta-feira que, se a convocação do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, pela Comissão de Agricultura estiver conforme o regimento da Casa, será mantida. O requerimento para que Palocci explique sua evolução patrimonial para o grupo foi aprovado na manhã de hoje, em uma reunião controversa.

Maia se esquivou de revelar seu posicionamento sobre o tema, alegando desconhecer o teor do questionamento que a base apresentará em plenário para tentar reverter a convocação. Ele disse, no entanto, que vários pontos podem ser usados no questionamento, sob uma análise do regimento da Casa, inclusive a legitimidade da Comissão de Agricultura para convocar o ministro da Casa Civil.

“Se a votação for de acordo com o regimento e se a questão de ordem que for apresentada em plenário não tiver amparo no regimento, vamos indeferir. Se (a questão de ordem) tiver coincidência com o requerimento, vamos deferi-la”, afirmou.

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que tentará reverter a convocação levando a questão para o plenário. “O que aconteceu na Comissão de Agricultura foi um golpe”, disse, repetindo o discurso do ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio. “O presidente (da comissão) anunciou um resultado que era autoritário. Isso nunca aconteceu aqui”, afirmou o líder governista.

Ele anunciou que a decisão será alvo de questionamento no plenário. Um outro requerimento poderá ser votado. “O argumento será para que o presidente da Casa restabeleça a ordem. Deve ser anulado o resultado (do requerimento aprovado) e aí vai ter outra votação, que vai ser nominal, e vocês vão ver o que a maioria quer”, disse.

Um requerimento de convocação de Palocci já foi apresentado no plenário da Câmara e derrubado pela base governista por 266 votos contra 72. Na Comissão de Agricultura, a votação foi simbólica e o governo argumenta que a maioria dos governistas no colegiado era contra a aprovação.

O líder do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), disse que, se a convocação for revertida, recorrerá ao Supremo Tribunal Federal para garantir o comparecimento de Palocci no Congresso.

Na reunião de hoje da comissão, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) conseguiu aprovar requerimento para que o ministro explique os termos da consultoria prestada pela empresa Projeto a empreendimentos do ramo agroindustrial, o que teria redundado em um aumento de cerca de 20 vezes no patrimônio de Palocci. O texto se baseia em matéria do jornal Folha de S. Paul para justificar a convocação, afirmando que a soma bruta de R$ 974 mil que Palocci teria recebido como parlamentar “seria insuficiente para as aquisições recentes feitas pelo ministro: um apartamento e um escritório, ambos na cidade de São Paulo. O primeiro, ao valor de R$ 6,6 milhões, fica no nobre bairro dos Jardins. Já o escritório, comprado por R$ 882 mil, fica na rua mais cara do País, a Avenida Paulista!”, relata o requerimento.

Segundo o democrata, entre as empresas para as quais a Projeto prestou consultoria “encontram-se algumas do ramo agroindustrial, quais sejam, Sadia Holding e Vinícola Aurora” e que, por isso, “é de fundamental importância” que sua Comissão se aprofunde no assunto para “avaliar qualquer possível favorecimento em razão da posição política ocupada” pelo principal membro do gabinete da presidente Dilma Rousseff.

O ministro afirmou na semana passada, por meio de notas, que seu aumento patrimonial está detalhado na declaração de Imposto de Renda e que a Projeto prestou serviços a clientes da iniciativa privada “tendo recolhido sobre a remuneração todos os tributos devidos”.


============================================
Music video by Michael Jackson performing They Don’t Care About Us. (C) 1996 MJJ Productions Inc.

Imagens históricas de Michael Jackson no Pelourinho, em Salvador.

BOM DIA!!! BOM JUNHO!!!

(VHS)


DEU NO PORTAL TERRA

Passam a valer a partir desta quarta-feira as novas regras do Banco Central (BC) para o uso de cartão de crédito, que determinam, entre outras medidas, que os bancos não poderão mais enviar cartões aos clientes sem solicitação e nem cobrar mais de cinco tipos de tarifa pelo serviço. As instituições financeiras tiveram até dia 31 de maio para reestruturar os serviços de cartões dentro dessa regulamentação.

No entanto, essas regras só valem desde já para novos contratos, firmados a partir de hoje. As instituições terão mais 12 meses para adequação dos contratos de cartão de crédito firmados até 31 de maio de 2011. Se não respeitarem essas normas, os bancos poderão levar advertências e multas. Confira as mudanças:

1. Envio de cartões e cancelamento imediato

Os bancos estão proibidos de enviar cartões sem a expressa solicitação do cliente, e devem cancelar imediatamente um cartão de crédito assim que o cliente pedir. O consumidor, no entanto, deverá continuar pagando as parcelas contratadas.

2. Pagamento mínimo da fatura
A partir de hoje, o valor mínimo de pagamento da fatura de cartão de crédito não poderá ser inferior a 15% do valor total. Essa porcentagem vai aumentar a partir de 1 de dezembro deste ano, para 20% do total da fatura. Segundo o Conselho Monetário Nacional (CMN), o objetivo da medida é diminuir o risco de superendividamento do consumidor. Quem paga o mínimo, atualmente de 10%, não é considerado inadimplente, mas fica sujeito a cobrança de altas taxas de juros na próxima fatura.

3. Cobrança de tarifas

Os bancos só poderão cobrar cinco tarifas sobre os cartões emitidos a partir desta segunda-feira: anuidade, emissão de segunda via, uso para saque em dinheiro, uso na função crédito e pedido de urgência para análise de aumento de limite. Para os cartões emitidos até dia 31 de maio, essa regra só passa a valer obrigatoriamente daqui a exatamente um ano. Os bancos também serão obrigados a manter em suas agências e sites uma tabela com todas as tarifas cobradas, inclusive as de outras instituições financeiras, para que o cliente possa comparar o quanto paga pelos serviços.

4. Cartão básico x Cartão diferenciado
Agora, os bancos só poderão oferecer dois tipos de cartão: o básicos e o diferenciados. O primeiro deverá ser oferecido obrigatoriamente a pessoas físicas, que poderão pagar e parcelar compras. Já o modelo diferenciado estará atrelado a programas de benefícios oferecidos pelo banco, como acúmulo de pontos para trocar por viagens e milhas de companhias aéreas. Atualmente, ao solicitar um cartão, o banco condiciona o crédito aos benefícios. A anuidade do cartão básico deverá ser menor que a do cartão diferenciado, conforme determinação do BC. Para os clientes de cartões diferenciados, os bancos deverão ser obrigados a divulgar benefícios e tarifas pela internet e em tabelas nas agências.

5. Detalhamento de custos

A nova norma estabelece que os bancos serão obrigados a detalhar nas faturas mensais de cartão o Custo Efetivo Total (CET), taxa percentual que inclui todos os custos pagos na contratação de operações de crédito, para o próximo período; o limite de crédito total e limites individuais para cada tipo de operação de crédito; os gastos realizados, por evento, inclusive quando parcelados; a identificação das operações de crédito contratadas e respectivos valores; os valores relativos aos encargos cobrados; e o valor dos encargos que será cobrado no mês seguinte, caso o cliente opte pelo pagamento mínimo da fatura. Também deverá ser informado um extrato anual de tarifas, com informações sobre juros e encargos de operações de crédito relativas ao ano anterior.

jun
01

DSK: para limpeza só homens

===============================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (PORTUGAL)

Empregados de limpeza, sim, mas apenas do sexo masculino. Dominique Strauss-Kahn contratou dois homens para fazerem a limpeza da luxuosa mansão onde está sob prisão domiciliar em Manhattan, nos EUA, acusado de sete crimes de agressão sexual e tentativa de violação de uma empregada de limpeza do hotel Sofitel Nova Iorque.

A notícia foi dada pelo jornaL New York Post, que diz que o ex-diretor-geral do FMI evitou contratar empregadas de limpeza do sexo feminino. O diário norte-americano relatou que os dois homens foram vistos limpando as janelas da mansão avaliada em 14 milhões de dólares e a levar o lixo para a rua.

Leia no e-paper do DN.

http://www.dn.pt/inicio/globo

jun
01
Posted on 01-06-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 01-06-2011


=========================================
Paixão, para a Gazeta do Povo (PR)

jun
01

Almir Mello:nome do PMDB
para compor com DEM?

=============================================
OPINIÃO POLÍTICA

Ainda a sucessão municipal

Ivan de Carvalho

Ontem comentei neste espaço o cenário atual da sucessão municipal de Salvador, tendo como núcleo do que escrevi a correria no PT – formalmente, de seu Diretório Municipal – para sagrar (não confundir com sangrar, que não é o caso mesmo) o deputado Nelson Pelegrino como candidato do partido à sucessão do prefeito João Henrique.

Foram abordadas essa corrida, antes dela as pedras postas na pista, as causas da corrida, o comportamento político do governador Jaques Wagner, avaliado por atitudes, discretas declarações, silêncios estudados e presumíveis orientações transmitidas ao partido por intermédio do seu fiel escudeiro e presidente estadual da legenda, Jonas Paulo.

Só para um ou outro leitor com deficit de atenção, repito a minha percepção de que o governador terá observado um corre-corre de aspirantes a prefeito de outros partidos que não o seu para ocuparem os espaços político-eleitorais na disputa pela prefeitura. E terá observado também que tal movimentação ocorre tanto fora quanto dentro da aliança partidária que apoia seu governo. E aí incomodam especialmente a candidatura ostensiva da deputada Alice Portugal, do PC do B, e a suposta candidatura até aqui disfarçada do deputado federal João Leão, do PP e chefe da Casa Civil do prefeito João Henrique.

Então, mesmo havendo ainda problemas no PT em relação à candidatura de Pelegrino – incluindo um problema chamado Articulação de Esquerda, que tenta por o deputado Valmir Assunção na disputa, podendo isso forçar a realização de prévias na legenda – o governador terá dado sinal verde para o diretório nacional dar a partida para a corrida petista atrás do prejuízo, por causa do atraso em relação a outros.

Quanto a essas coisas, por enquanto pelo menos, nada a alterar. Mas na abordagem das coisas do outro lado, da oposição, convém fazer uma importante reconsideração. Não desmanchar completamente o que escrevi, mas acrescentar elementos essenciais em relação ao Democratas, ao PSDB e ao PMDB.

Foi dito que, enquanto o PMDB não se manifestara (e realmente ainda não o fez), o Democratas e o PSDB já estavam com um caminho definido – o líder do DEM na Câmara dos Deputados, ACM Neto ou o presidente estadual do partido, José Carlos Aleluia, eram as alternativas postas para a oposição. O candidato a prefeito seria um ou outro, em coligação com o PSDB.

Mas o cenário oposicionista é mais amplo e mais complexo. Primeiro: ACM Neto parece o melhor nome da oposição para prefeito e já declarou que não pretende disputar novo mandato parlamentar. Ele parece se preparar para jogar sua cartada decisiva – e ela bem possivelmente não será uma segunda tentativa de ser eleito prefeito de Salvador. Ele poderá (não digo que necessariamente o fará, mas é uma coisa lógica, a não ser que a vitória para prefeito se apresentasse praticamente garantida) evitar a hipótese de um segundo insucesso em eleição para a prefeitura de Salvador e resolver apostar no joga mais alto – a candidatura a governador em 2014.

Neste caso é que o DEM teria a oferecer o nome de seu presidente estadual e ex-deputado federal José Carlos Aleluia, que foi candidato a senador em 2010. Aleluia sempre teve um desejo de disputar a prefeitura da capital. E, mesmo perdendo, se perder, terá ganho, com a visibilidade da campanha majoritária na capital, o que lhe facilitaria a eleição para o Congresso em 2014.

Ocorre que há um outro elemento nessa equação – o deputado federal e ex-prefeito Antonio Imbassahy, do PSDB. Tendo sido prefeito muito bem avaliado durante oito anos e disputado depois o Senado e em seguida a própria prefeitura (sem êxito nos dois casos, mas em circunstâncias politicamente cruéis), estaria bem à frente de Aleluia quanto ao preparo para a tentativa da oposição de eleger o prefeito.
E o PMDB? Bem, eu – como muitas outras pessoas – apostaria que a aposta de Geddel Vieira Lima não é a candidatura dele a prefeito. Mas talvez queira indicar (quer dizer, que o PMDB indique) o candidato a vice-prefeito de uma coligação PSDB-DEM-PMDB e tal. Há quem pense, para este caso, em Almir Melo, ex-secretário de Transportes e Infraestrutura de Salvador, muito ligado a Geddel.

  • Arquivos

  • junho 2011
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930