Wagner: barba cresce

Nesta terça-feira (31) , no programa radiofônico Conversa com o Governador, Jaques Wagner (PT) destacou os investimentos e os bons resultados do desenvolvimento da economia do Oeste baiano, em especial a construção da ferrovia Oeste-Leste, descrita como uma espécie “menina dos olhos” do governo baiano.

A greve dos professores universitários e a mobilidade urbana em Salvador, esta última cada dia mais difícil para a população e visitantes, no entanto, foram analisadas com preocupação por Jaques Wagner.

A serguir, um resumo do que Jaques Wagner falou no Conversa com o governador de hoje:
=================================================

1- Segundo Wagner, o desempenho do agronegócio no oeste baiano, aliado aos investimentos do Governo do Estado, potencializa o desenvolvimento econômico da região, responsável pelo novo recorde, na Bahia, da safra de grãos, e por atrair a atenção de empresários de várias partes do mundo, especialmente da China e da Coréia do Sul.

Jaques Wagner citou a Bahia Farm Show, a maior feira de tecnologia agrícola do Norte/Nordeste, que será realizada, esta semana, no município de Luís Eduardo Magalhães.

Lembrou que passam pela região oeste os “maiores investimentos em logística dos últimos 50 anos na Bahia”, com recursos dos governos federal e estadual – a Ferrovia de Integração Oeste/Leste (Fiol) e sua extensão no extremo leste do estado, o Complexo Intermodal Porto Sul, que buscam o equilíbrio entre geração de emprego, desenvolvimento econômico e social, e sustentabilidade ambiental.
“Eu não tenho dúvida de que a ferrovia vai transformar não só o oeste, mas toda a linha por onde passa”, disse com entusiasmo.

2- Greve nas universidades estaduais – Este tema foi abodado com preocupação pelo governador no programa de rádio.

A paralisação nas universidades estaduais mereceu de Wagner uma conclamação aos professores para que ponham fim ao movimento. Segundo o chefe do executivo, o governo tem compromisso com a educação como um todo.Mesmo com a crise econômica de 2009, segundo ele,foi ampliado em 81% o orçamento das quatro universidades. “Agora, na negociação com os professores, oferecemos um reajuste real de 18% para além da inflação. É claro que a melhoria das condições é ao longo de uma caminhada. Eu quero, mais uma vez, chamar os professores no sentido da responsabilidade com os alunos até porque eu tenho a tranqüilidade de dizer que, em quatro anos, nós melhoramos muito as condições de trabalho e de investimentos nas nossas universidades”.

3 – A questão da mobilidade urbana também mereceua atenção do governador no programa. Segundo Wagner, o governo do Estado pretende “escolher o melhor para Salvador”, não apenas voltado à Copa de 2014, “mas um projeto de futuro para 2020 e 2030, que garanta a mobilidade urbana com tranqüilidade para todos aqueles que habitam na capital”.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações da Coordenação de Rádio da Secom-BA)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos