maio
29
Postado em 29-05-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 29-05-2011 20:05

DEU NO JORNAL PORTUGUÊS “PÚBLICO”

Seis pessoas morreram e quatro ficaram feridas quando um grupo de traficantes do Morro da Pedreira tentaram invadir a favela Para Pedro, no norte do Rio de Janeiro, durante a madrugada deste domingo.
A polícia militar ocupou a favela para controlar a situação .

Segundo uma fonte policial explicou ao portal brasileiro “R7”, o tiroteio começou quando um grupo de traficantes rivais tentou invadir a favela Para Pedro durante a madrugada para se apoderarem dos seus postos de venda.

Os invasores que entraram a matar na favela, disparando logo contra duas pessoas, desencadearam um tiroteio que espalhou o pânico durante algumas horas. A polícia ainda não identificou as vítimas, mas sabe-se que entre elas não estão apenas traficantes mas também inocentes, como uma senhora idosa que foi atingida uma bala perdida.

O tiroteio só terminou no início da tarde deste domingo quando dezenas de agentes da Polícia Militar do Rio de Janeiro ocuparam os principais acessos da favela. Algumas das vítimas foram ainda apanhadas nesta operação policial que deteve cinco pessoas e apreendeu ainda uma grande quantidade de cocaína e algumas armas.

Os cinco detidos são todos do sexo masculino e estavam, dentro de uma casa, onde foi encontrada parte da carga de cocaína. Os corpos, que ainda não foram identificados, estão no hospital Getúlio Vargas, na Penha.

A polícia investiga agora se a tentativa de invasão foi liderada por um traficante que já pertenceu à quadrilha que controla a Para Pedro, a mesma que tem como principal refúgio o Complexo de Senador Camará, na zona oeste, e que na última semana invadiu a Vila Kennedy, também na zona oeste.

De acordo com o “R7”, os invasores estão ligados ao mesmo grupo criminoso que controla a favela da Rocinha e que, há alguns dias, tentou invadiu o Complexo da Maré.

Até a situação estar completamente controlada, a polícia não vai abandonar a favela Para Pedro.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos