maio
25

===================================

Recordar é viver

Corriam os anos setenta quando Moraes Moreira lançou seu vinil
Cara e Coração, um dos melhores discos deste baiano de Ituaçú em todos os tempos.

Chefe da Redaão da sucursal do Jornal do Brasil na Bahia, na época, este jornalista passava uma temporada no Rio de Janeiro preparando-se, na sede do JB na Avenida Brasil, para a implantação da redação de jornalismo da Radio JB-FM-SALVADOR.

Então, a escritora de livros para crianças e jovens, Ana Maria Machado, hoje imortal da Academia Brasileira de Letras, comandava a Radio JB. Foi ela que, com simpatia e elegância de uma das mulheres mais inteligentes do país, me pegou delicadamente pelo braço, e disse:”Vamos comigo até o estudio que vou lhe apresentar a uma preciosidade da Bahia que nem você conhece ainda”.

No estúdio, no começo da tarde, horário em que Ana apresentava o seu programa de arte e cultura, então um dos maiores sucessos de audiência no Rio, a surpresa: O disco “Cara e Coração”, que acabara de sair do forno da gravadora e a apresentadora lançava naquela tarde .

Quando soaram os primeiro acordes da música-título foi um impacto que este editor do Bahia em Pauta jamais vai esquecer. Ainda hoje, tanto tempo depois, escuto as musicas do album -todas elas – com a mesma emoção.

Uma delas “O que é o que é”, também tocada na JB naquela tarde.

Vai aqui com uma saudosa dedicatória especial para Ana Maria Machado. Tomara que ela escute . Antes ou depois do chá na ABL.

(Vitor Hugo Soares )

Be Sociable, Share!

Comentários

Gracinha on 25 Maio, 2011 at 19:15 #

Boas lembranças VHS, esta baiana aqui sempre achou Moraes Moreira “o que há…” Abraços.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos