Na coluna RADAR, assinada pelo jornalista Leuro Jardim, a revista VEJA publica na edição desta semana:

MUITOS MILHÕES A MAIS

A australiana Mirabela, que está investindo 800 milhões de dólares na Bahia numa das maiores minas de níquel sulfetado do mundo, acaba de descobrir que as reservas baianas são de 570 000 toneladas. Ou 11% maiores do que se supunha. Não é pouca coisa. Para se ter uma ideia, enquanto a tonelada do minério de ferro sai por 160 dólares, a de níquel sulfetado ( que serve de base para a fabricação de aço inoxidável) é vendida por 26 000 dólares.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos