A rede terrorista Al-Qaeda confirmou nesta sexta-feira a morte de seu líder Osama bin Laden e fez um alerta de retaliação, dizendo que a “felicidade dos americanos se transformará em tristeza”. A declaração diz que o sangue de Bin Laden “não será desperdiçado”, afirmando que a organização manterá seus ataques contra os americanos e aliados.

O comunicado também afirma que uma mensagem em áudio de Bin Laden gravada uma semana antes de sua morte será divulgada em breve. “O xeque (Bin Laden) se negou a deixar este mundo antes de dividir com a nação islâmica o prazer causado pelas revoltas (no mundo árabe) ante a injustiça e os injustos”, afirma a Al-Qaeda. “Ele registrou nesse sentido uma mensagem de áudio uma semana antes de sua morte, dando felicitações e conselhos, e nós a divulgaremos em breve”, diz o comunicado.

A confirmação foi feita em uma declaração online divulgada em sites militantes, sob a assinatura da “liderança geral” da Al-Qaeda. O anúncio abre caminho para o grupo nomear o sucessor de Bin Laden. Seu vice, Ayman al-Zawahri, é agora a figura mais importante no grupo e é um concorrente muito provável para assumir o seu posto.

A declaração, com data de 3 de maio, foi a primeira da organização desde a morte de Bin Laden por comandos americanos no domingo, durante uma ação contra a casa onde ele se escondia em Abbottabad, Paquistão. A autenticidade do documento não pôde ser confirmado de forma independente, mas foi divulgado em sites nos quais o grupo tradicionalmente coloca suas mensagens.

“Afirmamos que o sangue do xeque guerreiro sagrado, Osama bin Laden, que Deus o abençoe, é precioso para nós e para todos os muçulmanos e não correrá em vão”, diz o comunicado. “Continuaremos, se Deus quiser, no curso de perseguir os americanos e seus agentes dentro e fora de seus países.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos