maio
06
Postado em 06-05-2011
Arquivado em (Artigos) por vitor em 06-05-2011 18:09


Helio Contreiras será sepultado no Rio
===================================================
Claudio Leal

Para o Bahia em Pauta

O jornalista e compositor baiano Hélio Contreiras, parceiro de cantorias da turma de Elomar e Xangai, morreu nesta quinta-feira, 5 de maio, no Rio de Janeiro, uma semana depois de ter feito uma cirurgia cardíaca. “Jorge Amado vivia me dizendo que o pior da vida é ver os amigos indo embora, esperando a nossa vez… Lá se foi meu compadre, não acho palavras para dizer dos meus sentimentos. Não há o que console. Posso somente dizer que a memória dele perdurará com amor fraterno para sempre”, afirmou o escritor João Ubaldo Ribero, numa lista de velhos amigos do Colégio Central.

Na Bahia, carregar um sobrenome Contreiras, Guedes ou Gorender era estar enlaçado (de batismo) ao Partido Comunista Brasileiro. Numa homenagem a Luiz Contreiras, um dos mais dignos militantes políticos baianos, incomparável aos medíocres quadros públicos atuais, Hélio musicou um poema composto para o camarada:

“…É que está na alma da gente
Um sentimento, uma paixão
E por mais que a fraqueza atente
O que está feito está feito
Marca de fogo, tição.”

Em e-mail recente, dirigido a amigos, o compositor definiu o irmão: “Comuna democrático como eu, preso e barbaramente torturado pela ditadura militar. Felizmente não morreu e, apesar da avançada idade, continua a pessoa culta, atuante e generosa de sempre, sem perder a fé num destino melhor para a Humanidade”.

Entre as músicas de Contreiras, “Estampas Eucalol” foi a que mais se incorporou ao cancioneiro brasileiro – “uma pequena obra prima”, na definição do crítico José Ramos Tinhorão. O que poderia ser apenas um registro nostálgico das velhas coleções do sabonete Eucalol, que apresentava o mundo aos infantes, tornou-se uma letra que ecoa os velhos trovadores nordestinos, em suas narrativas míticas e lusitanas.

O velório de Hélio Contreiras será neste sábado, no Rio de Janeiro, às 11 horas, no Memorial do Carmo, Cemitério do Cajú, sala 7. Seus amigos do Colégio Central, Milze Soares à frente, enviaram uma coroa de flores, com um cartão em forma de diálogo:

– “E os amigos vão lembrar de mim
(Tenho certeza)”

– Vamos lembrar com imensa saudade
(Parta com essa certeza)”.

Vitor Hugo, mui distinto cavalheiro do Bahia em Pauta, ponha “Estampas Eucalol” na vitrola!

(Claudio Leal. de São Paulo)
=========================================

Be Sociable, Share!

Comentários

Olivia on 6 Maio, 2011 at 18:38 #

Maravilhoso! Esse Claudinho não é mole não, emocionante.


Graça Azevedo on 6 Maio, 2011 at 18:57 #

Lindo, Claudinho, como tudo que vc escreve!
Ando nostálgica, com saudades que vão de seres humanos como os Contreiras e o meu menino que partiu, às flores na lapela e os rostos colados ao som de um bolero…


Maria de Lourdes Siqueira on 6 Maio, 2011 at 20:00 #

Cláudio Leal, você é um iluminado!
Bravo!


Carlos Volney on 6 Maio, 2011 at 22:06 #

Sem surpresa. Claudinho é a reveleção mais grata do jornalismo baiano e brasileiro.Quem conhece, sabe. E aínda é figura doce que é. Abraço forte.


Rubens Pessoa on 7 Maio, 2011 at 9:05 #

Caro Claudio, você sintetizou muito bem o que representa para todos nós na Rede Centralina de Amigos, na internet, a figura humana do HÉLIO CONTREIRAS, uma perda irreparável para todos nós. Abraços, Rubens.


Olivia on 7 Maio, 2011 at 11:24 #

Durante festa de 70 anos de querido amigo na noite de ontem, Waltinho Queiroz levantou um brinde a Hélio Contreiras, emocionou
os ocupantes da minha mesa, viva!


Mariana Soares on 7 Maio, 2011 at 16:57 #

Claudinho, a sua pena é realmente um diamante e as palavras por você escritas sempre derretem nossos corações! Você é realmente uma pessoa iluminada! Parabéns! Saudades!


ceci almeida on 9 Maio, 2011 at 13:24 #

Obrigada, pelo carinho. Meu pai deixa um vazio muito grande. Mas esta ausência doída de agora será preenchida por lembranças maravilhosas.Dele nos lembraremos sempre!


Débora Maria Macedo on 19 julho, 2011 at 10:48 #

“Poeta cantado é poeta presente”
Hélio povou meu imáginário desde que nasci. Foi amigo próximo da família, namorou minha mãe, professora. Destinos separados e o meu sempre ligado à Estampas Eucalol. Tive o prazer de conhecê-lo por cartas e e-mails. Quis fazer um filme, mas meu coração (também muito mexido) ainda não deixa. Obrigada Claudio.


Leal helio | Zwazwa on 21 julho, 2011 at 21:36 #

[…] Bahia em Pauta » Blog Archive » Claudio Leal:Helio Contreiras foge …6 maio 2011 … Claudio Leal. Para o Bahia em Pauta. O jornalista e compositor baiano Hélio Contreiras, parceiro de cantorias da turma de Elomar e Xangai, … […]


Belkiss Guidi on 13 novembro, 2011 at 15:18 #

INTÉRPRETE

Hélio Contreiras

Nome civil:

Especialidade:
Compositor/Cantor/Violinista/Escritor/Jornalista

Nascimento:
00/00/0000

Local:
Rio de Contas – Chapada Diamantina – BA

Falecimento:
14/11/2006

Local: Rio de Janeiro – RJ
Hélio contreiras foi muito importante como compositor , escritor, jornalista e cidadão atuante. Vamos homenagear tudo isso escrevendo um resumo decente de sua vida. Não é possível “deixar passar” um erro da data de sua morte que, segundo o site intérprete, occorreu em 2006, cinco anos antes da data correta.


Cesar Magro on 18 Abril, 2012 at 14:03 #

Saudades de “venenoso segredo” merece virar nome de escola ou avenida


ceci almeida on 26 Abril, 2013 at 14:18 #

Cesar Magro. É verdade. será que o Bahia em pauta não vai corrigir ? Hélio nasceu em 21 de dezembro de 1935 em Salvador e não em Rio de Contas ( onde nasceram 8 de seus 9 irmãos) e faleceu em 05/05/2011


rosane santana on 27 Abril, 2013 at 18:32 #

Falou bonito, amigo, e com propriedade. Me ligue, tenho excelentes notícias. Vou liigar meu Tim agora!. bjs


Rleine FG on 16 julho, 2016 at 6:20 #

O erro a que se refere Belkiss Guidi é devido a um fato que muito confunde quem não conheceu Hélio César Contreiras de Almeida, nascido na Bahia.
Havia um jornalista carioca chamado Hélio Contreiras, especializado em assuntos militares, que faleceu no Rio no ano de 2006 (era viúvo e pai três filhos) : existe uma reportagem no G1, 14/11/2016 (Agência Estado)comunicando o falecimento do Hélio Contreiras carioca na madrugada do dia 14/11/2006.
Hélio César Contreiras de Almeida, pai de seis filhos, de três mães diferentes (duas moças e quatro rapazes), faleceu no dia 05/05/2011.


Rleine FG on 16 julho, 2016 at 6:21 #

O erro a que se refere Belkiss Guidi é devido a um fato que muito confunde quem não conheceu Hélio César Contreiras de Almeida, nascido na Bahia.
Havia um jornalista carioca chamado Hélio Contreiras, especializado em assuntos militares, que faleceu no Rio no ano de 2006 (era viúvo e pai três filhos) : existe uma reportagem no G1, 14/11/2016 (Agência Estado)comunicando o falecimento do Hélio Contreiras carioca na madrugada do dia 14/11/2006.
Hélio César Contreiras de Almeida, pai de seis filhos, de três mães diferentes (duas moças e quatro rapazes), faleceu no dia 05/05/2011.
16/07/2


Rleine FG on 16 julho, 2016 at 6:25 #

CORRIGINDO:existe uma reportagem no G1, 14/11/2006 (Agência Estado)comunicando o falecimento do Hélio Contreiras carioca na madrugada do dia 14/11/2006.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos