=================================================
Longa vida, sobrevivente Herbert, de todas as linguas e de todos os rocks e canções.

BOA TARDE!!!

(vhs)
(

maio
04
Posted on 04-05-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 04-05-2011


DEU NO IG

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que a Casa Branca não irá divulgar a foto do corpo de Osama bin Laden, morto no domingo em uma operação americana no Paquistão. A declaração foi feita durante uma entrevista nesta quarta-feira ao programa “60 Minutes”, da rede de TV americana CBS.

A Casa Branca pesou, nos últimos dias, se deveria ou não divulgar as fotos. Ao mesmo tempo em que o material poderia oferecer a prova de que Bin Laden foi morto durante a operação, alguns oficiais alertaram que a divulgação da foto poderia ter um efeito “inflamatório” – alimentando o sentimento antiamericano em países muçulmanos.

Na entrevista, Obama disse querer evitar que as fotos estimulem atos violentos ou sejam usadas como ferramenta de propaganda. “Não somos assim”, afirmou o líder. “Uma foto não vai fazer diferença para provar que ele morreu. Alguns sempre vão duvidar, mas o fato é que Osama bin Laden não andará pela Terra novamente.”

De acordo com a rede CBS, a foto do corpo de Bin Laden, à qual teve acesso, mostra o líder do grupo terrorista Al-Qaeda com um grande ferimento na cabeça e com perda de massa encefálica.

Na imagem, o líder da Al-Qaeda pode ser visto com um ferimento provocado por um projétil que o acertou acima de seu olho esquerdo.

Leia reportagerm completa no IG
http://ultimosegundo.ig.com.br/

maio
04

DEU NO PORTAL UOL

Uma das filhas do terrorista Osama bin Laden assegurou que seu pai foi capturado vivo por soldados americanos antes de ser assassinado, segundo o canal de televisão da capital saudita “Al Arabiya”, que cita uma fonte da segurança paquistanesa.

Segundo a fonte, identificada como um alto responsável da segurança, os soldados capturaram Bin Laden durante os primeiros minutos da operação militar na casa em que o líder da Al Qaeda se refugiava, na cidade paquistanesa de Abbottabad, antes de disparar contra ele.

A filha de Bin Laden, de 12 anos, disse que os soldados americanos capturaram seu pai vivo, mas o executaram em frente de seus familiares. O terrorista estava no andar térreo da casa e seu corpo foi arrastado para o helicóptero depois de ter sido assassinado.

A fonte reforça a versão da Casa Branca de que Bin Laden não estava armado – assim como as outras pessoas que estavam com ele no momento da operação. “Nenhuma bala foi disparada contra os soldados americanos e seus helicópteros”, disse a fonte.

Leia mais sobre o assunto no portal UOL
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional


Através de Glauvânia Jansen, a pernambucana mais baiana de Salvador e amiga especial do BP, o poeta Jomard Muniz de Brito, um dos pilares mais sólidos, resistentes e esquecidos do movimento tropicalista (olha aí, Gil) , manda notícias direto de Recife para o Bahia em Pauta e todos os seus amigos baianos, que são muitos e a há muito tempo, a cameçar pelo maior de todos, chamado Glauber Rocha.

É um “convite compartilhado”, bem ao estilo inquieto, provocativo, mas sempre generoso de Jomard (Olha aí Caetano) .

E o editor do BP não fala apenas de passado, mas principalmente de presente, de atualidade:”Muito além do “jogo de linguagem”, a poética de Jomard mantém acesa a chama do inconformismo diante das injustiças e oligarquias culturais, tentando sempre ser muito mais do que apenas ter” , escreveu Moisés Neto sobre Jomard Muniz de Brito.

Pura verdade

(Vitor Hugo Soares)
————————————————-
CONVITE COMPARTILHADO

Celso Marconi, Rinaldo e José Paulo Cavalcanti Filho

Familiares, admiradores, amadosamigosamantes, convidando para o Encontro Transcultural no mês de maio.

Dia 5 – Auditório da Livraria Cultura/Recife, às 19h
Os DVDs – O cinema de Celso Marconi, com exibição de obra
inédita do novo cineasta/médico Sidney Porfírio Sá.

Academia Pernambucana de Letras, a partir das 19h
Lançamento do livro monumento:
FERNANDO PESSOA – Uma quase autobiografia,
de José Paulo Cavalcanti Filho

Dia 10 – Galeria Arte Plural, na rua da Moeda, às 19h
Exposição das Artes Visuais de Rinaldo.
================================================
Que saudade de Pernambuco, e que vontade de pegar o avião amanhã, 5, e voar até Recife para dar um abraço bem apertado em Jomard , Celso e Paulo!.Como não dá, infelizmente, vai um poema de Jomard para matar a saudade
(VHS)
==========================================
Jomard: sem querer salvar nada

========================================

“É preciso…” (“Como se fosse possível”

Jomard Muniz de Brito

(do CD Pop Filosofia — o que é isso?)

“É preciso e urgentíssimo

Que alguém escreva

Para não salvar nada

Nem mesmo a alegria

Conto se fosse

Como se estivesse

Como se desejasse

Aproximando-se Afastando-se

Sem jamais recuar

Eu não quero nada

Porque não posso nem pretendo

Falar escreviver

A não ser como se

A não ser como sim

Como se fosse possível

Como se estivesse perto

Próximo parente próximo

Como se desejasse

A intimidade do futuro mais próximo

Como se fosse possível falar

Sem pretensão de dizer

Verdades verídicas

Verdadeiras verdadeiramente

Como se como sim

Como assim e afim

Como se desejasse

Apenas mente ou

Apenas o corpo

Do verossímil

Da verdade possível

Muito mais do que

Da verdade pretensamente

Verdadeiramente, unicamente

Do único verdadeiro


=====================================================
Longa vida, Lulu, sem hipocrisias e repleta de belas e ricas canções, como as que você sempre faz e canta.

(VHS)
====================================

TEMPOS MODERNOS

Lulu Santos

Eu vejo a vida
Melhor no futuro
Eu vejo isso
Por cima de um muro
De hipocrisia
Que insiste
Em nos rodear…

Eu vejo a vida
Mais clara e farta
Repleta de toda
Satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão…

Eu quero crer
No amor numa boa
Que isso valha
Pra qualquer pessoa
Que realizar, a força
Que tem uma paixão…

Eu vejo um novo
Começo de era
De gente fina
Elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim
Do que não, não, não…

Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Não há tempo
Que volte amor
Vamos viver tudo
Que há pra viver
Vamos nos permitir…

Eu quero crer
No amor numa boa
Que isso valha
Pra qualquer pessoa
Que realizar, a força
Que tem uma paixão…

Eu vejo um novo
Começo de era
De gente fina
Elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim
Do que não…

Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
E não há tempo
Que volte amor
Vamos viver tudo
Que há prá viver
Vamos nos permitir…

E não há tempo
Que volte amor
Vamos viver tudo
Que há pra viver
Vamos nos permitir

André Vargas: estranha conexão

=================================================
OPINIÃO POLÍTICA
.”

Bin Laden e Delúbio

Ivan de Carvalho

Grande parte do povo norte-americano comemorou com uma explosão de alegria, muita festa e ruidosas manifestações de rua a morte do mais famoso terrorista do mundo, Osama bin Laden, que em setembro de 2001 ordenou o ataque que atingiu o World Trade Center, o Pentágono e deveria ainda atingir pelo menos mais um alvo importante – a Casa Branca, sede do Poder Executivo ou, alternativamente, o Capitólio, sede do Poder Legislativo – nos Estados Unidos.

É evidente que a população americana poderia receber a notícia fúnebre com um sentimento de alívio ou até considerando que a justiça dos homens foi feita afinal, após dez anos de busca ao líder-fundador da organização terrorista Al-Qaeda. Mas é evidente também que a morte de uma pessoa, atingida por uma operação militar, não é o tipo de coisa que deva gerar uma explosão de alegria e de comemorações festivas.

Não tenho a menor intenção de igualar ou aproximar o personagem citado de outro, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, expulso de seu partido em 2005 como uma espécie de bode expiatório, por ter sido um dos operadores – talvez dos mais humildes ou menos importantes – do que ficou conhecido como o Escândalo do Mensalão e que resultou em cassações de mandato no Congresso, demissão no Ministério do presidente Lula, expurgo na direção do PT por ter ficado inviável não fazê-lo, além de um processo com 38 réus (inclusive Delúbio) no Supremo Tribunal Federal, respondendo a acusações por vários crimes graves.

Mas por qual razão, afinal, reunir em um só artigo as inadequadas comemorações pela morte de Osama bin Laden com Delúbio Soares, que teve sua refiliação aprovada no dia 29, sexta-feira, por 60 votos contra apenas 15, pelo Diretório Nacional do PT?

Bem, esta estranha reunião da morte do terrorista com a refiliação do ex-tesoureiro não teria sido feita se não a houvesse antecipado o secretário de Comunicação do PT, André Vargas, numa postagem no Twitter. Ele avaliou, com sentido lamuriento, que a morte de Osama bin Laden, no domingo e anunciada no início da madrugada de segunda-feira, ofuscou a refiliação de Delúbio Soares ao PT. E se queixou do Universo e suas leis, escrevendo no Twitter, sem citar nominalmente Delúbio: “Você reparou que bastou o cara se refiliar e o Bin Laden foi encontrado e morto. Repercussão mínima”.

Ora, a conclusão natural é a de que o Diretório Nacional do PT foi imprevidente, incauto e falto de iniciativa. Poderia, com alguma antecedência, ter estabelecido contato com o presidente Barack Obama, o Departamento de Estado, a Marinha americana e a CIA, solicitando que a operação contra Osama bin Laden não ocorresse domingo, fosse postergada por uns 15 dias. Para completar, o Diretório Nacional do PT obraria bem se houvesse pedido à Coroa britânica que adiasse por período semelhante o casamento do príncipe William e Kate, realizado, maldosa coincidência, exatamente no dia 29, o da refiliação de Delúbio.

Tenho a convicção de que Barack Obama e a Rainha Elizabeth II concordariam, além de Osama bin Laden, que ganharia mais 15 dias de vida. Só não sei se o príncipe e sua noiva teriam a mesma boa vontade. Mas como eles já viviam juntos há tempo, o Diretório do PT bem que poderia tentar adiar o casamento e a conseqüente lua de mel. E assim a refiliação de Delúbio teria a repercussão que o PT tanto desejava, por esquisitíssima, quase inacreditável e conhecida estratégia.

maio
04
Posted on 04-05-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 04-05-2011


=================================================
Humberto, hoje, no Jornal do Comércio (PE)

  • Arquivos