abr
27


+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Referência da moderna música erudita brasileira e uma das molas propulsoras do movimento tropicalista da MPB, nos anos 60/70, o maestro Julio Medaglia foi demitido da Radio e TV Cultura de São Paulo, onde trabalhou nos últimos 24 anos. Seu nome vem se juntar a uma longa lista de excluídos da Cultura que reúne nomes como os de John Neschling, Salomão Schvarztman, João Carlos Martins, Walter Silva, Fábio Zanon, Fortuna e muitos outros artistas.

Atualmente, apresentava o programa Prelúdio, o primeiro programa de calouros de música erudita da TV brasileira e que vinha revelando, desde 2005, jovens talentos que hoje fazem carreira no Brasil e no exterior, muitos estão tocando ou cantando em Israel, na Alemanha, na OSB, na Jazz Sinfônica e em muitas outras orquestras.

Na Rádio Cultura, mantinha desde 1987, ininterruptamente, o programa diário Tema e Variações, um dos programas duradouros da história do rádio brasileiro. Segundo o maestro, depois de 24 anos de trabalho, a Fundação Padre Anchieta levou um minuto e meio para demiti-lo.

(Informações do site Jornale, do Paraná)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930