============================================
BOA NOITE!!!

===============================================

Um trabalhador do grupo France Télécom auto-imolou-se hoje (26) em Bordéus (sudeste da França), no mais recente ato de desespero que volta a questionar os métodos de gestão da empresa marcada por cerca de 60 suicídios desde 2008.

“Estamos consternados com a notícia da morte de um assalariado (…) que pôs termo à vida ao imolar-se esta manhã no parque de estacionamento da agência de Márignac” (arredores de Bordéus), referiu em comunicado a direção da gigante francesa de telecomunicações.

“Os serviços de emergência que chegaram ao local apenas puderam confirmar a morte deste funcionário com a idade de 57 anos”, acrescenta o texto.
De acordo com um responsável sindical, o pai de quatro filhos, funcionário da France Télécom há mais de 30 anos e considerado um “profissional muito reconhecido”, estava sendo forçado a mudar frequentemente de local de trabalho.

“Esta mobilidade imposta forçou-o a vender a sua casa. Escreveu por diversas vezes à sua direção e não teria obtido resposta, como sucede em muitos outros casos”, disse à agência France Presse o líder sindical François Deschamps, do sindicato CFE-CGC-Unsa.
“O método empregue é de uma violência inaudita. Imolar-se pelo fogo não é um ato anódino”, sublinhou.

(Informações do Diário de Notícias e agência LUSA, de Portugal)

abr
26
Posted on 26-04-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 26-04-2011

DEU NO PORTAL TERRA

A presidente Dilma Rousseff defendeu na coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira a expansão do uso da internet como forma de combater as desigualdades sociais e estimular a inclusão de pessoas de mais baixa renda, mas, ao comentar o projeto de massificação da web por meio de banda larga, resumiu: “os serviços de Internet ainda estão caros e lentos no Brasil”.

Na coluna Conversa com a Presidenta, distribuída a jornais de todo o País, Dilma tratou do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e afirmou em resposta à pergunta de um cidadão que até 2014 a meta é oferecer acesso à internet banda larga com velocidade mínima de 1 Mbps. O custo dos serviços deve girar na casa dos R$ 30 e não inclui a opção de gratuidade. Os serviços privados de internet banda larga oferecem velocidade que vão de 1 até 100 mega para clientes residenciais.

“Queremos internet de alta velocidade para todos os brasileiros, sejam eles do campo ou das cidades, morem em bairros ricos ou nas periferias, cidades grandes ou pequenas”, declarou à coluna em que responde a questões de leitores dos jornais em que o texto é publicado.

O Ministério das Comunicações pretende remunerar estatais, empresas privadas e governos locais detentores de rede de fibra óptica para garantir a meta de universalização de banda larga a todo o País. Atualmente a malha de fibras ópticas apenas pertencente ao sistema Eletrobras é de 16 mil km. A estimativa do governo é que existam 30 mil km de fibras óticas para o programa.

A estatal Telebras, gestora do Plano Nacional de Banda Larga, poderá ainda ter de recorrer ao Tesouro Nacional em busca de recursos que permitam a ela colocar em prática a universalização do acesso à web. O reforço de caixa se justifica pelo fato de a ela ter tido seu orçamento reduzido de R$ 1 bilhão para R$ 589 milhões para o biênio 2010-2011.


===============================================
ACORDA, SALVADOR!!! ENQUANTO É TEMPO E AINDA RESTA ALGUMA COISA A SALVAR.

“MAMÃE OXUM, CHORA”

(VHS)


Com um prefeito mal avaliado e cheia de problemas, a capital baiana perde para Fortaleza o posto de cidade mais visitada por turistas. Foto: André Fernandes/Carta Capital

=============================================
Direto de seu posto privilegiado de observação no litoral norte de Salvador, o blogueiro baiano Chico Bruno acerta na mosca de novo. Desta vez ao comentar direto de sua varanda a devastadora reportagem da revista Carta Capital sobre o desastre administrativo na capital baiana, comandado impunemente pelo prefeito sem projeto e sem rumo, João Henrique de Barradas Carneiro.Confira.
(Vitor Hugo Soares)

=====================================================Direto da Varanda: Chico Bruno

A João Henrique, o ônus e os bônus

A reportagem “Acorda, Salvador!”, assinada por Cynara Menezes, na edição desta semana na Carta Capital acabou demonstrando que uma ação indevida repetida muitas vezes vira verdade.
Até o momento em que estas linhas começam a ser escritas, 90 leitores comentaram a reportagem da Cynara.

A maioria concorda que o principal culpado pelas mazelas é o prefeito de Salvador João Henrique (ex-PDT, ex-PMDB e hoje PP), mas como o uso do cachimbo deixa a boca torta, uma boa parcela dos comentaristas dedica uma parte de culpa ao governador da Bahia Jaques Wagner (PT), premida pelos muitos anos em que o falecido ACM, indevidamente, se imiscua na administração da cidade.

Pelo raciocínio, incutido por ACM através da mídia, as capitais não deveriam eleger prefeitos, pois deveriam ser administradas pelos governadores dos estados.

Muitos comentários chamam a atenção por que espelha a distorção criada pelos anos de carlismo no poder. Escolhido aleatoriamente um retrata a situação.

“A reportagem aborda de forma maniqueísta os problemas da cidade, “bate” no prefeito e “poupa” o governador Wagner (o que vai vender a barba) que, por sinal abandonou o Pelourinho e só anda de helicóptero, coisa que nem o ACM ousou fazer”.

Ora bolas!

A cidade do Salvador tem um prefeito reeleito. Portanto a João Henrique cabem os bônus e os ônus da administração.
Por inércia e má vontade de gestão ele carrega mais ônus do que bônus.

Tome-se como exemplo Feira de Santana, a segunda maior cidade da Bahia, que em oito anos foi completamente revitalizada pelo prefeito José Ronaldo com recursos próprios e financiamentos internacionais.
O prefeito João Henrique não encontrou uma cidade dos sonhos dos soteropolitanos, mas recebeu uma cidade arrumada das mãos de Antônio Imbassahy.

Infelizmente, não se tocou que a partir da posse passou a ser o gestor da terceira maior cidade do país e continuou a cultuar todos os tiques do Parlamento.

Resumo da ópera.

Os problemas de Salvador são da alçada do prefeito João Henrique, não é justo querer dividir o caos instalado com quem governa o estado.
Vale lembrar, que o tempo de ACM agora faz parte da história


Petkovic: um ídolo a caminho da diplomacia

==========================================

A revista VEJA publica esta semana na coluna Panorama.Holofote, assinada pelo jornalista Felipe Patury:

DIPLOMACIA DE CHUTEIRAS

Há treze anos no Brasil, o meia Dejan Petkovic, do Flamengo, é uma espécie de embaixador informal da Sérvia no país. Agora, está prestes a oficializar essa situação. Convidado pelo ministro das Relações Exteriores de seu país, Pet assumirá o posto de cônsul honorário no Brasil. No cargo, ele terá de incentivar o intercâmbio econômico entre as duas nações e proteger seus compatriotas, quando necessário. Parece muito, mas não é. Só 3 mil sérvios vivem no Brasil e o número de turistas que despencam dos Bálcãs para cá é irrelevante


————————————————————–
Uma das mais belas e completas composições da MPB nos anos 60 e em todos os tempos (a opinião é do editor do BP, obviamente) abre a programação musical da Radio BP esta terça-feira de outono baiano.

Com agradecimentos renovados ao poeta paulista e editor do Blogbar, Luiz Fontana.
BOM DIA!!!

===============================================

DEU NO BLOGBAR DO FONTANA ( http://fontanablog.blogspot.com/ )

De: luizmottafontana | Criado em: 21/04/2011

Blogbar do Fontana — Nos balcões dos bares da vida

EDU LOBO & MARIA BETHÂNIA – EDU e BETHÃNIA

ELENCO – 1966

Arranjos – Maestro Gaya

Música – “Só Me Fez Bem” (Edu Lobo & Vinicius de Moraes)

Letra:

Não sei se foi um mal
Não sei se foi um bem
Só sei que me fez bem
Ao coração
Sofri, você também,
Chorei, mas não faz mal
Melhor que ter ninguém
No coração
Foi a vida
Foi o amor quem quis
É melhor viver
Do que ser feliz
Foi tudo natural
Ninguém foi de ninguém
Mas me fez tanto bem
Ao coração
========================================
Uma versão recolhida no You Tube pelo editor do BP, com depoimento essencial de Edu Lobo sobre sua primeira parceria com Vinícius de Moraes.Confira .

abr
26
Posted on 26-04-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 26-04-2011


=======================================
J. César, no Diário de Borborema (PB)


Neto: fusão DEM com PSDB nem pensar
=================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Oposição ensaia planos

Ivan de Carvalho

Escrevi aqui, ontem, que a oposição no Brasil está “desnorteada, quase em ruínas”. Com uma rápida análise da ausência de formulação de estratégias e a presença das disputas, brigas e desajustes no principal partido oposicionista, o PSDB, onde lavra uma luta em busca de espaços e de plataformas que permitam a afirmação, dentro do partido, de candidaturas a presidente da República em 2014.

Sobre o que era e ainda é o segundo maior partido da oposição, o Democratas, ex-PFL, foi aqui dito que está em colapso, não só pelos pobres resultados obtidos nas urnas de outubro passado como porque esse mau resultado e outros fatores provocaram uma dissenção interna entre a ala que ficou afinal no comando da legenda e a ala minoritária.
Nesta ala minoritária do DEM estão (ou estavam) o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o vice-governador paulista Afif Domingos, o ex-senador catarinense e ex-presidente do PFL, Jorge Bornhausen e o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, a senadora Kátia Abreu e outros políticos menos expressivos ou sem expressividade nenhuma. Essa ala está decidida a fundar um novo partido, o PSD, que se declara “independente”, mas obviamente precisará adotar mais adiante uma posição, pois em política “independente” só existe como coisa provisória.

Diante das dificuldades do PSDB para lidar com seu quadro interno e com um governo esmagadoramente majoritário no Congresso Nacional e diante da crise que leva o DEM a uma situação de colapso ou, na melhor das hipóteses, muito próxima disso, alguns andaram veiculando rumores de que o DEM, ou políticos de responsabilidade na legenda, admitiam a hipótese de fusão do DEM com o PSDB, melhor dizendo, de absorção do DEM pelo PSDB.

Isto, o líder democrata na Câmara dos Deputados, ACM Neto, descartou ontem, em entrevista em Recife. Fusão coisa nenhuma, garante ele. Este é um assunto que não está em pauta. Os dois principais partidos da oposição devem passar por uma renovação, cada um deles pela sua, e saírem por aí procurando gente nova para reforçar as duas legendas em suas bases. Cada um dos partidos buscando seus próprios reforços renovadores nos setores com que tenham mais afinidade. Isto até 5 de outubro, quando termina o prazo para a filiação de candidatos às eleições municipais. Pois tudo isso ele defende que seja feito com a preocupação primeira de saírem fortalecidos das eleições municipais de 2012.

Está muito próximo dessas idéias o presidente estadual do Democratas, ex-deputado e ex-candidato a senador José Carlos Aleluia, que discorreu sobre o assunto no domingo, programa “Entrevista coletiva”, da Rede Bandeirantes. É geralmente um bom programa, infelizmente relegado a horário tardio. Mas não entendo bem esse nome do programa, afinal há sempre apenas um entrevistador. E um entrevistado. Podia ser apenas “Entrevista”.

Aleluia explicou o que deseja para as oposições na Bahia e em Salvador, especialmente, em 2012: Uma coligação formada pelo DEM, PSDB, PMDB, PPS e PR, pelo menos. O candidato a prefeito seria de uma dessas legendas. A candidatura seria de oposição ao que está aí e o que está aí, Aleluia deixou claro, são Jaques Wagner e sua base e o prefeito João Henrique. “O projeto político de Wagner é o mesmo projeto de João Henrique”, afirmou o presidente do DEM, significando, segundo entendi, que mesmo que o governador e o PT tenha candidato próprio e o prefeito tenha um outro candidato, digamos, João Leão, do PP, em essência o projeto político dessas duas forças é o mesmo.

E a oposição está aí, segundo quer o presidente do DEM, José Carlos Aleluia, para desafiá-lo e cumprir seu dever de se opor. E buscar a alternância no poder.

DEU NO IG

Uma pessoa morreu e vários bairros ficaram debaixo d’água na cidade do Rio, principalmente na zona norte, em razão da forte chuva que atingiu a cidade na noite de ontem. Às 21h30, a Defesa Civil decretou estado de alerta na cidade após o transbordamento de rios e córregos.

O volume de água esperado para um período de 40 dias caiu sobre parte da cidade em apenas quatro horas, segundo informou o prefeito Eduardo Paes, que passou a madrugada inteira no Centro de Operações da Prefeitura. Às 5h30, parte da Praça da Bandeira, na região central do Rio, ainda estava alagada, junto ao viaduto da avenida Presidente Vargas.

No local, uma pessoa foi encontrada morta, possivelmente por afogamento. Com o transbordamento do rio Maracanã, a Praça da Bandeira foi inundada e tomada por uma correnteza, que arrastou vários carros. O canal do Mangue também transbordou, inundando da avenida Francisco Bicalho, próximo também à Praça da Bandeira.

AEROPORTOS

O aeroporto Tom Jobim (internacional) opera por instrumentos desde a madrugada. Dos 20 voos previstos para esta terça-feira, oito (40%) atrasaram. O aeroporto Santos Dumont registra dois voos atrasados de 13 programados para o período.

Estágio de atenção
Segundo o último boletim do Alerta Rio, a previsão é de mais chuva nesta manhã e o estágio é de atenção, pois há possibilidade de chuva moderada a forte nas próximas horas.
—————————————————
Mais informações sobre o temporal no Rio no portal IG
www.ig.com.br

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930