abr
19


DEU NO PORTAL UOL

As chuvas que atingem desde o início desta semana os Estados do Nordeste já somam prejuízos na Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas até está terça-feira (19). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) deve chover até sábado na região Nordeste e a situação é de alerta.

Recife, em Pernambuco, registrou 18 deslizamentos de barreiras somente hoje. Os deslizamentos também atingiram cidades como Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. Apesar dos estragos, não houve mortes. Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir), o trabalho de prevenção nas áreas de risco foi intensificado: lonas plásticas foram colocadas nas áreas de morro e o órgão está funcionando em alerta para atender os chamados da população.

Em Alagoas, chove de forma mais intensa na capital. Alguns bairros de Maceió e municípios do interior tiveram o abastecimento de água interrompido, conforme nota da assessoria de imprensa do governo de Alagoas. Adutoras e unidades de tratamento e distribuição sofreram danos. O sistema Catolé-Cardoso, que abastece 20% da cidade, também parou de funcionar.

Na Paraíba, a situação mais crítica é na capital João Pessoa e cidades vizinhas. Em algumas ruas da cidade os moradores só conseguem sair de casa de barco. Várias famílias estão em abrigos improvisados pela prefeitura. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), as chuvas que caíram em João Pessoa em abril até o momento (270 mm) superaram em 12% o total esperado para o mês inteiro.

Em Natal (Rio Grande do Norte), a chuva foi intensa e causou alagamentos em algumas ruas da capital ontem –hoje o tempo ficou nublado, com chuvas moderadas. A prefeita do município, Micarla de Sousa, esteve reunida com o ministro da Integração Nacional, Fernando Coelho Bezerra, e solicitou ajuda do governo federal para recuperar os danos causados pelo excesso de chuvas na cidade.

No Maranhão, segundo dados da Defesa Civil Estadual, há 9.200 desabrigados em sete municípios devido às chuvas. Ações de prevenção em áreas de risco estão sendo realizadas pelo governo e há monitoramento de enchentes em 11 cidades do Estado.

Para esta quarta-feira (20), a previsão é de céu nublado a encoberto com pancadas de chuvas e trovoadas no Maranhão; nublado com pancadas de chuva e trovoadas no Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Bahia; e nublado com chuva fraca em Sergipe e Ceará.


Paulo Afonso: tudo começava com o disco do Rei
=========================================================

————————————————————————-
Janio escreve de Paulo Afonso, na beira do Rio São Francisco, do lado baiano, no dia dos 70 anos do rei Roberto Carlos:

No dia em que Roberto Carlos está completando 70 anos, lembrei dos antigos natais daqui de Paulo Afonso, quando a cidade só entrava no clima depois que as canções de seu novo LP começavam a tocar nos serviços de alto-falante e nas rádios. Era a senha para os comerciantes montarem suas barracas no chão de terra batida, e correr para ver quais seriam os primeiros a batizá-las com os nomes de seus novos sucessos – ou com o nome de alguma canção sua.

E era com a rua transformada numa espécie de coletânea do Rei, que você podia tomar um refrigerante dentro da Lady Laura , comer um cachorro-quente Na Paz do seu Sorriso, ou então se empanturrar de cerveja com batata frita na Ilegal, Imoral ou Engorda e ir curar a ressaca tomando um caldo de cana Embaixo dos Caracóis de Seus Cabelos.

Eu mesmo cansei de sair da Amada Amante, passar em frente das Flores do Jardim da Nossa Casa e ir tomar a saideira sob a lona de Jesus Cristo, que, qual a capa pendurada, assistia a tudo e não dizia nada. Velhos tempos, belos dias.

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso


Grete: câncer mata supercampeã
==========================================

DEU NO TERRA

A norueguesa Grete Waitz, nove vezes vencedora da maratona de Nova York, morreu nesta terça-feira, aos 57 anos. Segundo sua Fundação, a Aktiv Moto Kreft (“Ativos contra o Câncer”), Waitz lutava há seis anos contra um câncer.

Ela era a atleta mais premiada da Noruega. Entre os títulos conquistados, ganhou nove vezes a maratona de Nova York, entre 1978 e 1988.

Também bateu o recore mundial dos 3.000 metros duas vezes, em 1975 e 1976, e ganhou o título mundial de cross cinco vezes.

abr
19


========================================
Um Índio

Caetano Veloso

G)
Um índio descerá de uma estrela colorida e brilhante
De uma estrela que virá numa velocidade estonteante
D G A
E pousará no coração do hemisfério sul, na América, num claro instante

Depois de exterminada a última nação indígena
E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida
Mais avançado que a mais avançada das mais avançadas das tecnologias

(Bm7 E7 G A Bm7)
Virá, impávido que nem Muhammed Ali, virá que eu vi
Apaixonadamente como Peri, virá que eu vi
Tranqüilo e infalível como Bruce Lee, virá que eu vi
O axé do afoxé, filhos de Ghandi, virá

Um índio preservado em pleno corpo físico
Em todo sólido, todo gás e todo líquido
Em átomos, palavras, alma, cor, em gesto e cheiro
Em sombra, em luz, em som magnífico

Num ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico
Do objeto, sim, resplandecente descerá o índio
E as coisas que eu sei que ele dirá, fará, não sei dizer
Assim, de um modo explícito

REFRÃO

E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
Surpreenderá a todos, não por ser exótico
Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
Quando terá sido o óbvio

________________________________

abr
19
Posted on 19-04-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 19-04-2011


=======================================
Sinfrônio, hoje, no Diário do Nordeste(CE)


Marcelo Odebrecht: lucro recorde apesar da briga
============================================

DEU NO IG

Em meio à briga de acionistas, o grupo Odebrecht apresentou o maior lucro da sua história. Em 2010, o ganho líquido da Odebrecht S/A e suas controladas foi de R$ 2,7 bilhões, um aumento de quase 180% sobre o resultado do ano anterior quando o lucro alcançou quase R$ 1 bilhão.

Foi o melhor resultado desde a fundação da construtora baiana, em 1944, por Norberto Odebrecht. No ano passado, a receita bruta do grupo alcançou R$ 53,8 bilhões, uma alta de 27% sobre o desempenho de 2009.

O lucro recorde ocorre em um momento em que Odebrecht vive uma rixa entre os acionistas. No fim de 2010, eclodiu uma disputa envolvendo os dois maiores acionistas do grupo – os Odebrecht e os Gradins. A disputa foi parar na Justiça.

A família Gradin, detentora de 21% das ações do grupo, entrou com processo no Judiciário baiano para impedir a venda de sua participação acionária, uma exigência da família Odebrecht, detentora de 63% das ações do grupo.

A discordância é em relação ao acordo de acionistas assinado em 2001 por Victor Gradin, um executivo de confiança da família Odebrecht que ficou cuidando da gestão financeira do grupo a partir da década de 1970 até meados dos anos 1990. Os filhos dele, Bernardo e Miguel, que ocupavam cargos executivos nas empresas do grupo até o fim de 2010, querem garantir o controle sobre as ações até 2021, quando vence o acordo.

Marcelo Odebrecht, executivo e acionista: briga com os sócios
A família Odebrecht, liderada desde 2009 por Marcelo Odebrecht, herdeiro da terceira geração, já deixou claro o interesse de tomar as ações de forma a distribuí-las aos novos acionistas.

A expectativa é que a juíza encarregada do caso marque uma audiência de conciliação entre as partes nas próximas semanas, depois de uma série de medidas judiciais por parte dos Odebrecht tentando suspender os efeitos do processo.

Uma possível cisão parcial dos negócios ou de empresas do grupo não é descartada a depender do resultado de acordos extrajudicial, como arbitragem, disseram pessoas que acompanham o processo na Justiça.

O resultado da disputa é aguardado com grande expectativa uma vez que o grupo Odebrecht apresentou um crescimento expressivo ao longo da década passada, principalmente nos oito anos do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em 1989, quando perdeu a sua primeira eleição presidencial, Lula recebeu o apoio do empresário Emílio Odebrecht, filho do fundador e atual presidente do conselho de administração da Odebrecht.

O quadro é bem diferente do fim da década passada. Em 1999, a Odebrecht fez um forte ajuste em seus negócios de forma a reduzir seu endividamento, atuando apenas nas áreas de construção pesada e petroquímica. A partir de 2006, voltou a diversificou os negócios, ampliando o escopo para as atividades de açúcar e álcool, óleo e gás, engenharia ambiental, empreendimentos imobiliários, entre outros.

Ajuda do governo

Mas o grande salto recente da Odebrecht se deu entre os anos de 2009 e 2010. Empresas ligadas ao grupo, com sede em Salvador, na Bahia, fecharam acordos estratégicos com empresas e fundos ligados ao governo. O maior deles foi com o Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS), um fundo administrado pela Caixa Econômica Federal, que injetou quase R$ 3 bilhões em projetos liderados pelo grupo Odebrecht. As informações constam no balanço do grupo de 2010.

Em abril de 2010, os contratos com o banco tiveram seus prazos de carência para pagamento dos juros e do principal esticados em mais três anos. Houve ainda a liberação de um empréstimo adicional do BNDES da ordem de R$ 600 milhões.

Leia mais sobre: odebrecht • gradin • braskem no IG:

<


==========================================
BOA NOITE!!!

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930