=======================================
BARCAROLA DO SÃO FRANCISCO

Geraldo Azevedo

É a luz do sol que incandeia
Sereia de além-mar
Clara como o clarão do dia
Marejou meu olhar
Olho d’água, beira de rio
Vento vela a bailar
Barcarola do São Francisco
Me leve para amar
Eu, em sonho um beija-flor
Rasgando tardes vou buscar,
Em outro céu,
Noite longe, noite longe
Que ficou em mim
Quero lembrar
Era um domingo de lua
Quando deixei Jatobá
Era, quem sabe, esperança
Indo a outro lugar
Barcarola do São Francisco
Veleja agora no mar
Sem leme, mapa ou tesouro
De prata o luar

======================================
Grande Geraldo: Agora é fácil entender porque os pais das meninas em flor de Petrolina reforçavam as trancas das portas e vigiavam tanto nas noites de suas serenatas quando jovem na Avenida Guararapes.

BOM COMEÇO DE SEMANA PARA TODOS!

(Vitor Hugo Soares – Contemporâneo das serenatas em Petrolina , ex-colega no Dom Bosco e amigo de Pedrinho de siá Dita e de Didi , seu compadre duas vezes, Geraldinho, caso rarissimo na historia das amizades no Brasil e no mundo

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930