==========================================================
De: PriscillaAguiar4 | Criado em: 13/04/2009

Jeito de Mato – Paula Fernandes e Almir Sater
A Letra dessa música é linda , e ficou mais linda ainda com a participação de Almir Sater ..

Tema de Santinha e Zeca (Novela – Paraiso)
==============================
BOA NOITE!!!


Cabanillas e mais tres torturad0res: todos condenados
=======================================================
O ex-general argentino Eduardo Cabanillas foi condenado à prisão perpétua por dirigir um centro de detenção e tortura durante a ditadura militar no país, entre 1976 e 1983.Três ex-integrantes do serviço secreto da Argentina também foram condenados por assassinato, tortura e prisões ilegais. Honorio Martinez e Eduardo Ruffo foram condenados a 25 anos de prisão cada um e o ex-oficial de inteligência militar Raul Guglielminetti, a 20 anos.

Cerca de 200 ativistas de esquerda foram sequestrados e levados para a prisão secreta que tinha como fachada um oficina mecânica (Automotores Orletti), em Buenos Aires, durante a ditadura. A maioria das vítimas era formada por uruguaios, mas também havia chilenos, bolivianos, peruanos e cubanos.

Milhares de argentinos foram torturados e mortos em outros centros mantidos pelas Forças Armadas. Os crimes foram parte da Operação Condor, uma campanha coordenada pelos governos de países da América do Sul para eliminar os movimentos de oposição nas décadas de 70 e 80.
A operação foi criada em 1975 por autoridades militares da Argentina, do Brasil, da Bolívia, do Chile, Paraguai e Uruguai. O objetivo era silenciar a oposição enviando equipes para outros países para encontrar, monitorar e matar os dissidentes.

Cerca de 30 mil pessoas foram mortas ou desapareceram nas mãos das Forças Armadas durante o regime militar na Argentina, no período conhecido como Guerra Suja.

(Informações da Agência Brasil)


========================================================
Amor e Revolução

Maria Olivia

Corra para ligar o aparelho de TV ou saia da inércia e use o controle remoto, que ainda dá para pegar alguma coisa. Está no ar o segundo capítulo da novela, que começa às 22h15min no SBT.

Primeira telenovela brasileira a abordar o período da ditadura militar no Brasil em sua trama central, Amor e Revolução é escrita por Tiago Santiago, com a colaboração de Renata Dias Gomes e Miguel Paiva, sob direção geral de Reynaldo Boury.

Ambientada no Rio de Janeiro e em São Paulo, a trama tem início com a Revolução de 1964 e perpassa pelo período mais obscuro da ditadura militar, os chamados anos de chumbo. “A intenção é narrar a história de personagens diretamente ligados ao tema da ditadura, seja a favor ou contra, como militares, guerrilheiros, torturadores, artistas, jornalistas, advogados e estudantes nos anos brutais da repressão. É possível que avancemos até a guerrilha do Araguaia, no começo da década de 70”, observa Tiago Santiago.

Amor e Revolução conta a grande história de amor vivida pelo militar José Guerra (Claudio Lins) e pela guerrilheira Maria Paixão (Graziela Schmitt), casal protagonista do folhetim. À primeira vista, o amor entre os dois é impossível, pois Maria (Graziela Schmitt) é líder do movimento estudantil e vai para a luta armada, e José Guerra (Claudio Lins) é um militar da Inteligência, contra a ditadura, democrata, porém filho de um general da linha-dura. Os dois têm rivais: o jovem dramaturgo de esquerda Mario Vieira (Gustavo Haddad) e a bela e glamurosa atriz Miriam (Thais Pacholek), e surpresas podem acontecer.
A história da luta armada pelos ideais da democracia e liberdade no Brasil tão vivida por Batistelli (Licurgo Spínola) e Jandira (Lúcia Veríssimo), casal coprotagonista de subversivos perseguidos pela repressão, desde o primeiro momento do golpe; a violência aos direitos humanos e abuso de poder por parte do delegado Aranha (Jayme Periard), do inspetor Fritz (Ernando Tiago), e dos militares Major Filinto (Nico Puig) e General Lobo Guerra (Reinaldo Gonzaga); a luta pela liberdade de expressão por meio da arte e da imprensa; a desagregação de famílias; a força de estudantes engajados que defendem a igualdade social no país; e as atrocidades cometidas contra os presos políticos são alguns dos temas abordados por Tiago Santiago em torno da trama central.
=======================================================
Em tempo: Amor e Revolução, hoje segundo capítulo no SBT – vale ressaltar que os capítulos da novela serão intercalados por pessoas que foram torturadas e perseguidas, inclusive uma equipe veio a Salvador entrevistar o ex-governador Waldir Pires.

Maria Olívia é jornalista


Enterro de Lago: emoção em São Luis do Maranhão
========================================
O ex-governador do Maranhão, três vezes prefeito de São Luis(capital) Jackson Lago (PDT), foi sepultado esta quarta-feira (6) diante de multidão de amigos, parentes, políticos e admiradores anônimos, no Parque da Saudade, em São Luis, capital maranhense.

O cortejo acompanhou o corpo do líder maranhense desde a sede do PDT. O corpo de Jackson Lago chegou ao Cemitério Parque da Saudade, no Vinhais, por volta das 11h15. Logo depois foi levado para a capela do cemitério para que amigos, eleitores e familiares dessem o último adeus ao político.

Às 11h50 Jackson Lago foi enterrado diante de centenas de pessoas, que choravam a perda de um dos grandes ícones da política maranhense.

O caixão do ex-governador foi coberto com a bandeira do Maranhão e do PDT. Uma multidão acompanhou o carro de bombeiro que levou o caixão do ex-governador. Carros e motos seguiram atrás da aglomeração até o cemitério. Jackson Lago foi sepultado com honras militares.

O deputado estadual Marcelo Tavares e o Flávio Dino acompanharam o cortejo de Jackson Lago, que deu uma pequena parada na Praça Maria Aragão, na Beira-Mar. No trajeto, várias pessoas aplaudiram a passagem do corpo do político.

Ontem, na chegada do corpo do político à São Luís muita confusão foi registrada. No cortejo, um grande engarrafamento se formou durante todo o percuso utilizado pelo carro de bombeiro. Ao chegar no Centro da cidade, as ruas e vielas ficaram praticamente paradas e uma multidão de eleitores, amigos, seguidores e fãs de Jackson Lago acompanhavam o caixão aos gritos de “Jackson guerreiro do povo brasileiro”.

Na sede do PDT, onde o corpo foi velado, milhares de pessoas, entre elas políticos e amigos, foram dar o último adeus a Lago, e assim continuou até o começo da madrugada desta quarta.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do jornal O Imparcial, de São Luis do Maranhão).


=========================================
De: luizmottafontana | Criado em: 06/04/2011

Blogbar do Fontana — Nos balcões dos bares da vida

TIÃO MOTORISTA – SAMBA E TALENTO

COPACABANA – 1968

Música – “Quem Samba Fica” (Tião Motorista & José Bispo “Jamelão”)
Samba do bom para aguentar o tranco.
Bahia em Pauta agradece, poeta.
BOA TARDE A TODOS
(VHS)

Deputada Luiza Maia: proposta derrotada

===============================================

OPINIÃO POLÍTICA

Assembléia preserva voto secreto

Ivan de Carvalho

A Assembléia Legislativa da Bahia, que como as de outros Estados e o Congresso Nacional tem votação aberta para a maioria dos assuntos sobre os quais decide, resolveu ontem manter votação secreta para os casos, que constituem exceções legais, mais ainda, constitucionais, em que as votações são secretas.

Renunciou, assim, acertadamente, a render-se a pressões de considerável parcela da opinião pública e até mesmo de parte da mídia, que sustentam a tese de que todas as votações parlamentares deveriam ser abertas, com a abolição do voto secreto no Congresso, Assembléias Legislativa, Câmara Legislativa do Distrito Federal e Câmaras Municipais.

A deputada Luiza Maia, do PT, apresentou proposta de emenda constitucional que, se aprovada, faria da Assembléia baiana pioneira no Brasil quanto à extinção absoluta do voto secreto em suas decisões.

Esta posição pioneira, aliás, era uma razão a mais, ainda que secundária, com que procurava-se convencer a Assembléia baiana a aprovar a proposta de emenda constitucional.

Mas o argumento básico da proposta era o de que o sigilo do voto é justo e necessário para o eleitor que vai escolher seus representantes no Executivo e no Legislativo. E prejudicial à democracia e à transparência quando exercitado pelos representantes do povo nas casas parlamentares, pois estaria escondendo dos representados a posição adotada por seus representantes, que ficariam assim em dificuldade para avaliar suas atuações e julgá-los politicamente.

O principal e mais citado exemplo da inconveniência de votações secretas é quando está em causa o julgamento político e punição de um parlamentar pelo conselho ou comissão de ética e pelo plenário. O espírito de corpo, alega-se, e não deixa de ser verdade, influi poderosamente para a impunidade ou aplicação de penas moderadas mesmo quando a punição rigorosa devesse ocorrer.

Mas vive somente disto um parlamento, a instituição basilar do regime democrático? Claro que não. No Brasil, na maioria dos casos, os parlamentares votam em aberto (nas propostas de emendas constitucionais, leis complementares, projetos de lei, medidas provisórias e um número grande de outros casos de menos importância).

Mas em certas votações, sobretudo quando envolvem pessoas (eleição da Mesa Diretora, eleição de presidente da República, governador ou prefeito em circunstâncias previstas na Constituição, vetos do chefe do Executivo – que eventualmente poderia pressionar os parlamentares pela manutenção de seus vetos –, aprovação ou rejeição de membros de tribunais judiciais superiores ou do STF, de tribunais de contas, embaixadores, presidente do Banco Central, entre outras autoridades), o voto é secreto.

E deve ser. Alguém pode achar que o grande amigo não é adequado ao cargo e querer rejeitá-lo. Com o voto secreto, não precisa perder a amizade ou votar contra sua opinião. Pode, assim, votar de acordo com sua consciência. Também pode haver um lobby pressionando. O voto secreto livra o parlamentar da pressão. Em muitos casos, o lobby é a maioria da opinião pública ou uma minoria dela, mas organizada e ativa. O voto secreto vai assegurar a liberdade do deputado votar com sua consciência (se a tiver) sem cometer suicídio político.

Na votação de ontem, que foi aberta e nominal, do total de 63 deputados, o presidente Marcelo Nilo não votou (por causa do cargo), houve duas abstenções (os petistas Zé Neto e Zé Raimundo), 46 deputados votaram contra a proposta que extinguiria o voto secreto e oito a favor – os petistas Luiza Maia (autora da proposta), Marcelino Galo, Maria Del Carmen, Neusa Cadore, Yulo Oiticica e Bira Corôa, além de Joseildo Ramos, do PC do B e Maria Luiza Carneiro, do PSC.

abr
06
Posted on 06-04-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 06-04-2011


===============================================
Lila, hoje no Jornal da Paraiba(PB)

abr
06


Lula: lições a banqueiros e Bill Gates
============================================

DEU NO IG

Flávia D’Angelo e Matheus Pichonelli, iG São Paulo

Se nos últimos oito anos banqueiros e multinacionais do software estiveram entre os alvos de discursos e entrevistas do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, agora seus executivos e diretores entraram para a lista de clientes do petista, que se lançou no mercado de palestras desde que deixou o Palácio do Planalto.

Lula aceitou falar na manhã desta quarta-feira em Washington para convidados da gigante do software Microsoft, a quem já criticou por interferir no “tempero” e na liberdade das escolhas brasileiras para programas de computador.

Na sexta-feira, no México, será a vez de uma plateia de banqueiros, categoria que já foi descrita por ele, durante a crise financeira internacional, como gente “branca de olhos azuis” que “parecia saber tudo e agora não sabe nada”.

Para atender à nova clientela, Lula tornou-se empresário. Criou a LILS Palestras, Eventos e Publicações Ltda., sediada em seu apartamento, em São Bernardo do Campo (SP), em sociedade com o amigo e ex-presidente do Sebrae Paulo Okamotto, conforme mostrou o jornal O Globo no último fim de semana. Lula tem 98% de participação na sociedade, cujo capital declarado é de R$ 100 mil.

No evento patrocinado pela Microsoft, um fórum de líderes da América Latina, Lula falará sobre educação. Em junho de 2009, o tom usado pelo então presidente para falar sobre a empresa no 10º Fórum Internacional Software Livre de Porto Alegre foi o de ironia.

“Nós tínhamos que escolher: ou nós íamos para a cozinha preparar o prato que nós queríamos comer, com os temperos que nós queríamos colocar e dar um gosto brasileiro na comida, ou nós iríamos comer aquilo que a Microsoft queria vender para a gente. Prevaleceu, simplesmente, a ideia da liberdade”, disse Lula, na ocasião.

A adoção do software livre pelo governo federal foi definida como política pública em 2003 e, nas contas feitas pelo governo em 2009, resultou numa economia R$ 372 milhões na implantação do programa de inclusão digital PC Conectado. A estratégia rendeu a Lula uma reportagem do jornal The New York Times.

Ainda em seu governo, Lula recusou o pedido de encontro feito pelo presidente da Microsoft, Bill Gates, que queria vê-lo no Fórum Econômico de Davos, em 2005. Na época, representantes do governo chegaram a argumentar que o encontro não era apropriado e que, se o magnata dos softwares quisesse falar ao então presidente sobre as vantagens de sua plataforma, deveria vir ao Brasil.

Colaborou Thaís Arbex, do Poder Online

Leia reportagem na íntegra no IG:

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/


====================================================
Autora e intérprete de canções maravilhosas como “Fina Estampa” e “La Flor de la canela” – ambas gravadas por Caetano Veloso, que bebeu na fonte desta extraordinária artista peruana desde o começo da carreira- é pena que Chabuca Granda seja tão pouco conhecida dos brasileiros, ao contrário do resto do continente onde ela sempre foi venerada por multidões – e segue sendo tantos anos depois de sua morte.

“La Torre de Marfil” é uma das mais belas canções de amor compostas por Chabuca, la grande de América , como era chamada em suas apresentações e em seus discos fabulosos. Confira.

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930