BOM DIA!!!
=====================================

CRÔNICA/ FIGURAS

Sarney, Obama e Bethânia

Janio Ferreira Soares

Nesses dias em que a movimentação do eixo da Terra resolveu que por aqui amanheceria Outono e no outro lado do mundo anoiteceria o caos, faltou espaço para tantas noticias, a começar pela visita do presidente Barack Obama, que chegou ao País, como diria a esposa do governador Cid Gomes naquele vídeo postado no You Tube, com a family – mais a sogra e a comadre -, provando que em matéria de mimos a consanguíneos e agregados tanto faz ser político do Vale do Cariri como de Washington, dá no mesmo.

Rei do charme, Obama foi de Jorge Benjor a Paulo Coelho para extasiar uma platéia já no papo e, de quebra, ainda levou na bagagem uma camisa do Flamengo para usar nos dias de folga ao lado de sua nega chamada Michelle. Para completar, mister simpatia revelou ao governador Jaques Wagner sua intenção de um dia visitar a Bahia.

Venha “de” mesmo, negão, que aí sim, você vai ver com quantas cabaças se faz um berimbau e com quantas piruetas se toma um susto de verdade. E, na moral, pode trazer toda a renca, pois o Pelourinho te espera cercado de rambos, macgivers e batuques ecoando por entre casarões, pivetes e serpentinas – sem Bolsonaro por perto.

Outro episódio que causou um tsunami ideológico foi a autorização dada pelo Ministério da Cultura para Bethânia captar um milhão e trezentos mil reais visando a construção de um blog de poesias, fato, aliás, dentro da lei. Foi o bastante para grande parte da mídia lançar os mais diversos ataques àquela que faz zunzum na testa, na janela, na fresta da telha, pela escada, pela porta e pela estrada a fora, como se a nossa abelha rainha fosse a única favorecida por essa espécie de mel cultural que adoça a vida de muitos por aí. (A propósito, será que se ela bancasse esse blog com grana própria alguma revista lhe daria capa e elogiaria sua abnegação?).

Falando em abelhas, vale destacar a biografia do glorioso marimbondo Sarney, que, coitado, passou a vida toda sofrendo as consequências de decisões alheias – mas sempre com o bigode a captar o néctar do poder eterno. Grande zangão

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso, na margem baiana do Vale do São Francisco.

Be Sociable, Share!

Comentários

Graça Azevedo on 2 Abril, 2011 at 19:50 #

Maravilha de texto!


Olivia on 3 Abril, 2011 at 12:40 #

Esse Janinho é fera!!! Texto de primeira. como sempre.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2011
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930