mar
30
Postado em 30-03-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 30-03-2011 16:58


O jornal Tribuna da Bahia publica esta quarta-feira na coluna EM TEMPO, assinada pelo jornalista Alex Ferraz:

Rodovias, um caso de saúde pública

São cerca de 21 acidentes por dia envolvendo caminhões nas rodovias federais brasileiras, conforme dados da própria Polícia Rodoviária Federal. No último domingo, o programa Fantástico, da Globo, mostrou excelente e corajosa reportagem do jornalista Maurício Ferraz, revelando com imagens e diálogos incontestáveis que boa parte dos caminhoneiros coloca em risco, todos os dias (e noites), não só suas próprias vidas, como a de milhares de outros motoristas.

Eles compram cocaína abertamente, e até com cartão de crédito, em postos de combustíveis, de Norte a Sul do país, como também adquirem crack. Dirigem, pasmem, sob o efeito de duas drogas que transtornam a mente tanto ou mais que o álcool. Não é à toa que – como, aliás, já insisti inúmeras vezes nesta coluna – os caminhões são as mais eficazes armas de extermínio em massa no Brasil, ceifando milhares de vidas todos os anos.

Junte-se a isso a incapacidade material e, em alguns casos, até mesmo moral, da PRF para fiscalizar a malha rodoviária nacional e a má qualidade ou total saturação da maioria dessas rodovias, e temos a receita ideal para carnificina que se repete todos os anos.

Assim, sob todos os aspectos, da droga às mortes, o trânsito nas rodovias virou um caso de saúde pública que merece tratamento urgente, caso as autoridades do setor e os políticos se tornem realmente responsáveis.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031