========================================
Três mortos e 27 suspeitos presos. Este é o principal balanço até da operação conjunta das Polícias Civil e Militar iniciada na madrugada desta sexta-feira (25) no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador, e que mexeu com a vida da capital baiana e promete novas ações no final de semana.Entre os mortos está Luiz Fernando Anunciação da Cruz, o Camisinha, apontado como o chefe do tráfico na área.

Segundo noticia o Correio da Bahia em sua edição online, a operação policial executa mandados de busca e apreensão da justiça contra mais de uma centena de suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na região.

Com eles, segundo o jornal, os policiais apreenderam nove motocicletas, crack e celulares. Os presos foram encaminhados para o Departamento de Narcóticos, localizado no Complexo Policial dos Barris.

A ação, que continuará nos próximos dias, serve como um primeiro passo para a instalação da Base Comunitária de Segurança – a “UPP baiana” – no Nordeste de Amaralina. De acordo com o Capitão Marcelo Pita, da comunicação da Polícia Militar, o bairro será o segundo a ser contemplado com o projeto.

Os trabalhos tiveram início durante a madrugada e provocaram, até o momento, a morte de três suspeitos, um deles identificado como o traficante “Camisinha”. Luiz Fernando Anunciação da Cruz era líder de uma facção responsável pelo comércio de entorpecentes em Salvador e Região Metropolitana. Os outros dois mortos foram identificados como Aldemir dos Santos Costas, 21, e Tiago Coitinho Macedo da Silva, 22.

900 policiais

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, cerca de 900 policiais continuam ocupando o Nordeste, com o objetivo de cumprir 30 mandados de prisão e apreender drogas, armas e veículos utilizados na logística da quadrilha de tráfico de drogas que atua na região.

Com o apoio da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública, a ação se estende também para os bairros de Santa Cruz, Chapada do Rio Vermelho e Vale das Pedrinhas. Além das incursões, foram montados bloqueios, onde estão sendo realizadas abordagens a veículos (automóveis e motocicletas) e a transeuntes. Cerca de 100 mil pessoas vivem na região.

Assim como aconteceu no Rio de Janeiro, a polícia baiana solicita à população que ajude os trabalhos com denúncias que levem a esconderijos de armas e drogas na região. Sem precisar se identificar, os moradores podem fazer o contato através do disque denúncia 3235-0000.

Ficha Criminal de Camisinha

Camisinha é filho de um sargento da PM, apelidado de Luizão e que, segundo as investigações, contribuía com as ações criminosas. Ele, que já havia sido preso por prática de roubo e autuado pela 7ª Delegacia (Rio Vermelho), comandava a maior parte das “bocas de fumo” do Nordeste de Amaralina – compreendendo as localidades de Vila Verde, Boqueirão, Areal, e Vale das Pedrinhas – após ter herdado os pontos do traficante Val Bandeira.

Além do envolvimento no tráfico de drogas e em vários assaltos, era autor de diversos homicídios, ficando bastante conhecido por ter participado da “Chacina de Itinga”, ocorrida em outubro do ano passado.

Policiais feridos

Um policial militar foi baleado na noite da última segunda-feira (21) no bairro do Nordeste de Amaralina. Edvaldo Santos de Jesus, de 41 anos, foi baleado quando realizava uma ronda preventiva na região. O disparo veio do alto e atingiu o policial na cabeça. A bala atravessou o rosto da vítima e ainda lhe feriu no ombro. Edvaldo perdeu a visão do olho direito.

Apenas este ano, sete policiais foram assassinados na capital baiana. O primeiro caso aconteceu em janeiro, quando o agente Joseval Tosta Bispo, de 42 anos, foi morto dentro da delegacia da Boca do Rio. No mês de fevereiro, Robertson Freitas Pereira, 44 anos, foi morto por bandidos no Viaduto de Candeias.

Casal de policiais foi assassinado na frente do filho na Via Regional, em Salvador

Neste mês de março, Valmir Borges Gomes foi morto por colegas da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) quando, supostamente, realizava uma extorsão contra um jovem encontrado com drogas. Na Ilha de Itaparica, o agente Wilson Magalhães da Silva estava em uma casa de veraneio, em Ponta de Areia, quando foi assassinado por assaltantes.

Também durante um assalto, no último dia 22, o policial militar João da Silva Rodrigues, de 44 anos, foi executado. Ele estava indo buscar o bolo de aniversário do filho quando foi abordado no bairro da Liberdade. A última ocorrência foi registrada na Via Regional, na noite do último dia 23, quando o sargento Arginoel José da Silva, 35 anos, e a soldado Sara Reis dos Santos, 31 anos, que estavam separados, foram executados dentro de um carro na frente do filho de nove anos.

( Informações do Cortreio da Bahia)

Be Sociable, Share!

Comentários

Jessiica on 27 Fevereiro, 2013 at 19:12 #

Elle Nao Era Isso Tudo


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031