DEU NO PORTAL TSF, DE LISBOA

Os jornais da Europa e dos Estados Unidos estiveram atentos à crise política agravada esta quarta-feira, 23, com a rejeição do PEC 4 proposto pelo Governo dando conta que a demissão do primeiro-ministro José Sócrates pode trazer a intervenção do FMI. A presidente Dilma Rousseff viaja para Portugal este fim de semana.

Rui Tukayana sintetiza as edições online dos jornais financeiros internacionais

Hélder Fernandes, correspondente da TSF na Escandinávia, revela os títulos das notícias sobre Portugal. Na Alemanha, o correpondente José Belchior dá conta das notícias sobre a crise política em Portugal

Na Espanha, o El Pais antecipou, na notícia de que o Parlamento português tinha chumbado (rejeitado) as «novas medidas de austeridade», que este chumbo ia desencadear a demissão de José Sócrates e a «convocatória de eleições antecipadas».

Também o espanhol Cinco Dias noticia que a demissão de José Sócrates deixa Portugal à mercê dos mercados. O jornal escreve que, com a rejeição do PEC, cresce a probabilidade de um resgate ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

No francês Le Monde existe um pequeno dossier sobre a crise política em Portugal e as declarações de Ollie Rhen, ainda antes da demissão de Sócrates, nas quais o comissário europeu afirma que Portugal não deve precisar da ajuda externa.

A edição britânica do Financial Times escreve que Portugal é a terceira vítima da «Eurozona», depois dos gregos e dos irlandeses.

A imprensa alemã prevê um agravamento da crise em Portugal. A edição online alemã do Financial Times titula «Portugal agrava crise do euro», dizendo que é agora maior a probabilidade de o país recorrer ao fundo europeu.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031