Deu na revista digital Terra Magazine

Marcela Rocha

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, ACM Neto (BA), pedirá, nesta quinta-feira (24), que a Executiva Nacional do partido intervenha no diretório paulista. Segundo ele, a agremiação em São Paulo é composta por aliados do prefeito da capital, Gilberto Kassab, que acaba de deixar o DEM para fundar um novo partido.
– Faremos, ainda nessa semana, a intervenção no diretório estadual de São Paulo para instituir a direção e tirar o partido do domínio do Kassab – afirmou ACM Neto, sobre o diretório que é presidido pelo prefeito e composto por aliados dele.

O deputado federal elevou o tom das críticas contra Kassab, a quem ele chama de “infiel”, “ingrato” e “pouco decente”. ACM Neto faz questão de pontuar que, para o DEM, “pior do que sair é sair criticando aqueles que antes ele elogiava e colocava num pedestal até há muito pouco tempo”.

Causou irritação ao parlamentar baiano que Kassab tenha lançado o seu novo partido, o Partido Social Democrático (PSD) na Bahia. ACM também minimiza a importância política do prefeito no cenário nacional:

– Ele está atraindo quadros que não têm maior peso político-eleitoral. Pessoas que procuram apenas um adesismo oportunista. Pior do que infidelidade partidária é a ideológica – afirma.
Questionado se o vice-governador do Estado, Guilherme Afif Domingos, estaria entre estes, que ele classifica como de “pouco peso político-eleitoral”, ACM Neto diz: “Afif não tira votos a mais. O capital eleitoral dele é o de Kassab”.

Quanto aos próximos passos, ACM diz que o partido trabalhará em São Paulo para apresentar uma candidatura à prefeitura da capital, e crava: “O DEM será adversário de Kassab porque ele optou pelo enfrentamento máximo. Ele é menor do que o DEM. Esse processo não abala o partido”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031