============================================
FELIZ NOVA ESTAÇÃO A TODOS!

BOA NOITE!!!

(VHS)

mar
20


===============================================
Blogbar do Fontana – Nos balcões dos bares da vida
http://fontanablog.blogspot.com/

ATAULFO ALVES – MEU SAMBA… MINHA VIDA

PHILIPS – 1962

Música – “Na Cadência Do Samba” (Ataulfo Alves & Paulo Gesta & Matilde Alves)

Letra:

Sei que vou morrer não sei o dia
Levarei saudades da Maria
Sei que vou morrer não sei a hora
Levarei saudades da Aurora

Eu quero morrer numa batucada de bamba
Na cadência bonita do samba

Mas o meu nome ninguém vai jogar na lama
Diz o dito popular
Morre o homem, fica a fama

Quero morrer numa batucada de bamba
Na cadência bonita do samba

Categoria:


Obama: sem contato popula no Rio
=====================================================

DEU NO TERRA

Vagner Magalhães

O domingo dos populares que aguardavam a presença inédita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no Rio de Janeiro foi o anticlímax de tudo o que havia sido previsto desde que a visita foi anunciada. O presidente trocou o discurso aberto ao público na Cinelândia pelo palco do Theatro Municipal, o povo saiu da praça para os botecos que transmitiam o pronunciamento ao vivo, e os comerciantes que estariam impedidos de abrir as suas portas faturaram com o incremento nas vendas. Os únicos que estavam em seu lugar de costume eram os manifestantes “anti-imperialismo” e a polícia, com contingente reforçado.

O maior grupo de protesto era dos integrantes e simpatizantes do PSTU, mas havia outros avulsos. Entre os ligados ao partido político, muitos traziam faixas contra a possível exploração do pré-sal por empresas americanas. Outros pediam a paz mundial e a saída das tropas americanas do Afeganistão e da Líbia.

Dentro dos bares, o silêncio só era quebrado por pratos e talheres. Atenção nos televisores acostumados a transmitir futebol. Durante a fala de Obama, poucas manifestações, quase sempre neutras. O momento que deixou a plateia mais satisfeita foi quando Obama disse que o povo brasileiro é acostumado a se superar.

Ao fim do discurso, boa parte saiu até a porta dos bares para apreciar o movimento dos convidados que deixavam o teatro. Jogo rápido e todos retornaram para dentro dos estabelecimentos. Na TV, Cabofriense e Flamengo traziam de volta a rotina da cidade do Rio. Mais tarde, outra pausa para apreciar as fotos da visita ilustre junto a um dos símbolos da cidade: o Cristo Redentor.

mar
20

Bahia em Pauta reproduz para seus leitores o texto da mestre baiana em História e jornalista Rosane Santana, produzido originalmente para o jornal A Tarde e publicado na edição impressa deste domingo, 20. Foi escrito em resposta a solicitação do diário baiano para que ela opinasse , como ex-aluna, sobre as razões que levam Harvard ao podium das universidades no mundo.

Confira a resposta de Rosane.

(Vitor Hugo Soares, editor do BP)

=====================================================

Rosane Santana em Harvard
=====================================================

Harvard é herdeira do Iluminismo

Rosane Santana

Há quase uma década, sucessivamente, a Universidade de Harvard é apontada por professores, pesquisadores e estudantes de todo o mundo, como a melhor universidade do planeta, disputando o podium com outras destacadas instituições de ensino superior americanas, a exemplo do vizinho Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), também situado na cidade de Cambridge, no leste dos EUA, no pequeno estado de Massachusetts, famoso por abrigar em seu território e imediações mais de uma centena de universidades.

Estudei inglês acadêmico em Harvard, entre 2007 e 2009, preparando-me para iniciar pesquisas na área de globalização e política, sobretudo as novas possibilidades de ativismo político propiciadas pela revolução tecnológica. Há, em Harvard, magnificência e riqueza material abundante – patrimônio em torno de 30 bilhões de dólares, depois da crise de 2008-, colocados a serviço da inteligência, além de rigor e disciplina nos métodos de ensino, os chamados diálogos socráticos, em sala de aula, voltados essencialmente para a formação do que os professores gostam de enfatizar como critical thinking (pensamento crítico). Mas não cairia na tentação de fazer comparações com universidades brasileiras, onde não há carência de cérebros (a inteligência humana é universal), porém, de recursos materiais e tecnológicos.

A sociedade americana e suas instituições são herdeiras do Iluminismo europeu e sua aposta na capacidade de progresso e superação do ser humano, através da razão e da inteligência. Por isso, atribuem à educação um espaço sagrado, um altar, entre os seus mais altos valores. O historiador americano John Lukács diz que, nos Estados Unidos, “desde o início do século XX, a mania nacional de educação havia se tornado parte do credo norte-americano”, abraçado por gente de todos os matizes políticas, republicanos e democratas, capitalistas e socialistas.

Para o bem ou para o mal, a nossa sociedade é filha do catolicismo barroco e do reformismo ilustrado de Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal. A universidade de Coimbra, que formou a elite política fundadora do Estado brasileiro, no final do século XVIII e início do XIX, sempre esteve atrasada em relação a universidades européias de seu tempo, como Oxford e Cambridge, na Inglaterra, que disputam com as americanas, suas herdeiras, as melhores posições no ranking . Portugal, de braços dados com a Igreja Católica, ficou à margem das idéias e revoluções que sacudiram a Europa, no século XVIII, e nos legaram as tranformações políticas e culturais da revolução francesa e, antes, a revolução americana, associada à idéia de justiça, progresso e liberdade.

Em 300 anos de colonização portuguesa, instituições de ensino superior, em território brasileiro, só foram permitidas após a chegada da Família Real, em 1808. No final do século XIX, em 1872, apenas 16% da população do Brasil era alfabetizada. Universidades ,como a USP, surgiram nos anos 30 do século XX, com a ascensão da burguesia industrial. São ainda muito jovens, portanto, em comparação com instituições de ensino européias e americanas.

Essa é a nossa origem, a nossa formação. Transformá-la, requer um trabalho conjunto e sucessivo de muitas , inúmeras gerações, fundamental para um verdadeiro protagonismo brasileiro no mundo. Sem isso, o Brasil será sempre uma promessa, a ilusão de um país do futuro. Não há mágicas, saídas mirabolantes, jogadas populistas. É preciso, sobretudo, mudar a mentalidade de uma sociedade que relega a educação ao último lugar em sua escala de valores, onde os jovens do sexo masculino sonham em ser jogadores de futebol e os do sexo feminino, dançarinas de pagode.

Rosane Santana é graduada em jornalismo e mestre em História pela UFBA. Estudou na Universidade de Harvard entre 2007 e 2009.

mar
20
Posted on 20-03-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 20-03-2011

================================================================

CRÔNICA DO DOMINGO/ MULHERES

DIA DA MULHER

Regina Soares

Direto de San Francisco (CA-EUA)

Para mim, se tiver de fazer uma comparação entre mulher e outro animal, teria que ser a borboleta. Do momento em que quebram a casca do ovo e a devoram, desde que devoram também a folha que abrigava o ovo, lagartas mudam de pele diversas vezes rumo à fase adulta, algumas espécies trocam de pele um sem-fim de vezes até que adotem a versão que um dia ressecará e se transformará em crisálida.

Essa metamorfose tem muito que ver com o desdobramento da mulher nas suas fazes de desenvolvimento. Experimentam, ousam, alternam, desafiam, permitem-se e assim vão crescendo vida afora, acumulando vivência até compor a pele que melhor lhes abriga. Por exemplo, a pessoa pode ser poeta, mãe, amante, viajante, doida, calada, lutadora, ombro, profissional, pode gostar de tudo isso e colher um pedacinho de cada pele e, por fim, compor um mosaico bem bonito para a derradeira, aquela que a acompanhará até a grande metamorfose.

Fico imaginando em que momentos se moldaram essas asas fortes que ajudaram a romper o casulo e nos presentearam com presença tão… rubra. Em que momento nasceu a borboleta?

Gosto de pensar que podemos nascer muitas vezes, a cada aprendizado, cada passagem, cada avanço ou cada queda. Somos outras todos os dias. Eu mesma já nasci tanto: quando declarei minha independência; quando me apaixonei, cada vez e sempre; quando meus filhos nasceram, e se libertaram; quando joguei pro alto – nossa, nasci tanto aí; quando dei um basta; quando desisti e quando despertei e ousei. Então imagino que assim também seja com a borboleta que nasce sempre que descobre, sente, vibra, voa.

Tudo bem, entendo que há que se escolher uma data, porque é preciso ter festa. Mas, na verdade, a todo momento, todo dia, quero crer que essa borboleta traz em suas asas esse brilho todo porque soube compor bem sua pele, construiu uma crisálida boa, toda de sorriso vermelho, e se alimentou do melhor que lhe tocou. Juntou tudo, costurou bem bonito, enroscou-se nesse tanto de sentimento bom e um dia, quando se espichou, viu que tinha em si o vermelho mais vivo e que nunca passaria despercebida. E aproveitando-se disso, que tinha nascido borboleta e que todos a notariam, saiu por aí espalhando sementes boas, porque é isso que borboleta faz.

Gosto de vê-la crescer, cada dia mais assanhada, cheia de mundo pra voar e conquistar. E é tão bonito pensar que ela nasceu assim, espichando as asas que ela mesma ajudou a fazer enquanto tinha outras formas.

Um feliz dia para todas!!!!!Regina Soares é advogada, especializada em eleições nos Estados Unidos. Mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, de onde colabora com o BP sempre plugada na sua Baia de Todos os Santos.


============================================================
CD/DVD “Cidade do Samba”
Viva Gordurinha. Mestre soteropolitano do bairro da Saúde, sim senhor.

BOM DIA!!!

(vhs)


Ameaça a Jean: “você não tarde por esperar”

—————————————————————————————————————
Deu na revista digital Terra Magazine

O deputado federal Jean Wyllys (Psol – RJ) sofreu três ameaças de morte sexta-feira (18) pelo Twitter. O professor (baiano, diplomado em Jornalismo pela Escola de Comunicação da UFBA ) e ex-participante do Big Brother Brasil atribui os ataques a fanáticos religiosos que se opõem a ele por defender no Congresso a aprovação da união civil homossexual. Wyllys também é a favor da distribuição de material didático anti-homofobia (chamado pejorativamente de “kit gay”) nas escolas públicas.

Uma das mensagens direcionadas ao deputado dizia: “É por ofender a bondade de Deus que você deve morrer”, conta Wyllys. A segunda ameaçava: “Cuidado ao sair de casa, você pode não voltar”. E, por fim, outro recado na rede social afirmava que “a morte chega, você não tarda por esperar”. O baiano respondeu avisando que denunciaria os casos a delegacia de crimes virtuais.

Esta não é a primeira vez que o parlamentar – assumidamente homossexual – se envolve em polêmicas na internet. Ele já entregou a seu advogado material que conseguiu guardar de dois perfis do Twitter que defendiam o assassinato de gays. Um dos internautas defendia ideias neonazistas, relata. Outro misturava ataques com pregações evangélicas.

“São fanáticos, são pessoas doentes”, afirma. “Não posso minimizar a responsabilidade dos pastores evangélicos nisso, porque eles conduzem as pessoas demonizando minorias”.

Wyllys é favorável ao PLC 122, projeto de lei desarquivado pela senadora Marta Suplicy (PT – SP), que trata da união homoafetiva. Ele afirma que também foi alvo de críticas por conta de discursar a favor do polêmico “kit gay”. Esse foi o “apelido” dado pelo deputado evangélico Jair Bolsonaro (PP – RJ) a cartilhas e vídeos sobre preconceito e bulliyng que o Ministério da Educação quer distribuir em escolas públicas.
Exposição

Quando primeiro se envolveu com ofensas a homossexuais na internet ainda este ano, o deputado conta que não havia sido atacado diretamente. Ele nega, porém, que a atitude de levar os dois primeiros casos à polícia tenha provocado retaliações. “Só reagi porque estavam incitando a morte de homossexuais”. Wyllys acredita que tenha se tornado alvo fácil também pelo status de “celebridade” conquistado com a participação no reality show da TV.

Fonte: Dayanne Sousa / Terra Magazine

mar
20
Posted on 20-03-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 20-03-2011


==========================================
Nani, publicada originalmente no A Charge Online
http://www.acharge.com.br/index.htm

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031