mar
16

A organização não governamental Human Rights Wartch apelou às autoridades angolanas para que procedam à libertação “imediata” de um jornalista condenado por ter escrito sobre um juiz

Num comunicado publicado no seu site, o diretor da Human Rights Watch África, afirma que “prender um jornalista por este fazer o seu trabalho é uma ameaça à liberdade de imprensa”. Daniel Bekele pede à justiça angolana que corrija “rapidamente este erro judicial”.

Em causa estão reportagens do jornalista Armando Chicoca, transmitidas pela rádio Voz da América. As matérias jornalísticas faziam referência a acusações de assédio sexual feitas por uma ex-empregada doméstica do juiz presidente do tribunal do Namibe, António Vissandule, e também comentários do jornalista sobre alegada corrupção naquele tribunal durante um evento público.

Em 2010, António Vissandule, moveu três processos-crime contra Chicoca, que foi considerado culpado em dois destes casos. A 3 de Março deste ano, o jornalista foi condenado a um ano de prisão por difamação e calúnia.

(Informações do Diario de Notícias, de Lisboa)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031