Craque chega para folia baiana
================================================

DEU NO TERRA

Claudia Andrade

Direto de Salvador

O atacante Neymar, do Santos, chegou na noite desta sexta-feira ao Carnaval de Salvador. O jogador, que ganhou folga do clube, ainda nem havia apresentado publicamente no camarote Planeta Band Othon, mas já chegou envolto em polêmica.

Em seu Twitter, horas antes de ser visto em Salvador, o jovem craque santista prometeu um anúncio. “Galera, hoje à noite tenho uma novidade para compartilhar com vocês”, publicou o jogador.

Na chegada à instalação, porém, o atacante fez mistério. “Espera, espera que você vai saber”, disse ele, quando abordado, sem compartilhar a citada novidade. Curiosamente, ele chegou no momento em que Ivete Sangalo passava em frente ao espaço com seu trio elétrico.

Neymar chegou ao camarote acompanhado do pais de vários amigos. No desembarque, sem ser visto pelos demais frequentadores, se isolou em um espaço para trocar de roupa e se credenciar.

Mais tarde, já credenciado, dirigiu-se a um camarote reservado a celebridades e a funcionários da Rede Bandeirantes, uma das responsáveis pela área. De lá, cercado de regalias, mantinha pouco contato com os frequentadores que compraram abadás.

Posteriormente, falando à emissora, disse estar ansioso para ver Ivete Sangalo e Claudia Leitte. “Para mim, são as melhores”, disse o camisa 11, reconhecendo que não vai conseguir descansar. “Olha, aqui, para dormir, vai ser um pouquinho complicado. Só vai dormir um poquinho domingo, segunda”, completou.

=================================================

CRÔNICA/MOVIMENTOS

A volta do Carnaval na praça

Janio Ferreira Soares

Assim como acontece no Natal e no São João, quando as velhas canções de Roberto e os forrós de Luiz Gonzaga me levam a parques e ruas que não existem mais, no Carnaval os frevos de Moraes Moreira e Armandinho fazem a festa no meu interior. A diferença é que agora não preciso mais dos frenéticos passos que os acordes exigem, já que também faço parte daqueles que balançavam o chão da praça vestidos de mortalhas e macacões Lee – com os bolsos cheios de vapor barato -, e hoje preferem passar a folia numa boa, bebendo um vinhozinho entremeado por ansiolíticos matinais e antiácidos noturnos, reflexo dos molejos e solfejos de outrora.
A propósito, não sei se pela distância ou pelo alheamento, ainda não percebi nenhum dos inéditos movimentos pélvicos que costumam invadir Salvador nestes dias momescos. Pelo andar do trio, o grande sucesso deste Carnaval deverá ser mesmo Minha Mulher Não Deixa Não, que Ivete, com o seu incomparável estilo da baiana-porreta-que-pode-falar-o-que-quiser-que-ninguém-liga, é bem capaz de oferecê-la ao prefeito João Henrique.
No mais, Bell e Durval continuarão tirando milhares de pés endinheirados do chão, Daniela prosseguirá com suas inovações artísticas que eu não compreendo muito bem, enquanto Claudia Leite fará de um tudo para mostrar ao mundo que é a fiel depositária dos trejeitos e das curvas que até outro dia demarcavam a silhueta de Ivete, muito embora La Sangalo as esteja reconquistando na tora.
Pra terminar, leio nos jornais que este ano teremos a volta do encontro de trios. Para os mais novos, um parêntese. No tempo em que cordeiro era apenas aquele que tira os pecados do mundo, os trios seguiam livres para a Praça Castro Alves onde acontecia o “gran finale” da festa com sensacionais duetos improvisados, tudo sob a guarda da mão do poeta. Agora, mesmo encabeçado pelo velho baiano Moraes Moreira, temo por essa tentativa de ressurreição patrocinada. Lembre-se de que Woodstock foi o que foi porque não tinha nenhum banner de banco atrás de Hendrix. Um bom Carnaval a todos.

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso, no lado baiano do Rio São Francisco


============================================
“Besta é Tu” é uma das mais famosas músicas dos Novos Baianos, que faz parte do disco Acabou Chorare, de 1972, eleito pela revista Rolling Stone (Brasil) como o melhor disco brasileiro de todos os tempos.
=================================================
BOA FARRA DE CARNAVALESCA E BOA TARDE!

(vhs)

mar
04
Posted on 04-03-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 04-03-2011

O ministro-chefe da CGU (Controladoria-Geral da União), Jorge Hage, afirmou que o STF (Supremo Tribunal Federal) tem facilitado a vida de políticos corruptos com entendimentos que dão garantias exageradas aos réus.

A afirmação do ministro foi feita ontem (03) em seguida à posse de Luiz Fux como novo ministro da Corte. Para o ministro, Fux contribuirá com uma evolução para o STF na punição aos culpados.

– Considero que a chegada do Luiz Fux ao STF é importante porque deve representar um avanço nas posições da Corte. Ele é um magistrado de carreira, que sabe da importância de se reduzir obstáculos para que os processos cheguem ao final, para que os corruptos sejam condenados e possam ir para a cadeia.

Segundo Hage, o STF tem defendido entendimentos “extremamente conservadores na linha de um garantismo exagerado, que facilita a vida dos réus de colarinho branco”.

O ministro do STF Gilmar Mendes rebateu as declarações de Hage e, questionado se o Supremo não pune políticos corruptos que respondem a processo, afirmou não estar seguro de que o Tribunal seja bonzinho com réu de colarinho branco.

– O Tribunal é garantista, não permite terrorismo, não permite um estado policial.

(Com informações da Agência Brasil)


Deputado Vacarezza(PT-SP):com jeito de pileque
======================================================
OPINIÃO POLÍTICA

Do carnaval e das bebidas

Ivan de Carvalho

Então governador, Antonio Carlos Magalhães editou decreto instituindo cinco dias de carnaval oficial na Bahia, estabelecendo o maior dos feriadões do país, de sexta a terça-feira. Hoje é o primeiro dia. E como durante o carnaval muito pouca gente se interessa por política, o melhor é evitar o assunto.

Interessa-se por este assunto apenas um razoável número de políticos. Alguns deles, poucos, supondo que os cargos que exercem, do tipo governador, prefeito, entre outros menos vistosos, praticamente lhes impõe comparecer a camarotes oficiais e até a outros, de famosos. Aí se divertem, alguns, outros não, bebem alguns, outros (raros) não, e cumprem o inalienável dever de acenar para a multidão alucinada pelo som dos trios elétricos.

A outra categoria dos políticos que comparecem aos camarotes não vai lá para ser vista pelos foliões. Poucos os reconhecem, para sorte e sossego deles, e a maioria nem os conhece, mas para gerar comentários, pequenas notícias na mídia e afrescalhadas especulações do tipo “fulano ficou um tempão no camarote do governador”, ou “cicrano estava de braços e abraços com o prefeito” ou “ele está bombando, o ministro beltrano ficou mais de três horas no camarote dele”. Bem, deixa prá lá. Isso já está virando comentário sobre política e não é a intenção.

A intenção é falar sobre bebidas, assunto de interesse evidente no primeiro dia do nosso carnaval oficial por decreto. Não tem muito a ver com carnaval o Bolsa Família, mas a cachaça tem, segundo revelação do líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccareza, do PT paulista. A propósito do reajuste do valor do Bolsa Família, disse na terça-feira que o reajuste é positivo mesmo se o dinheiro for usado para comprar cachaça, pois isto será uma forma de “ajudar a economia”.

Que borracho! Não sei se mais o ministro ou o beneficiário do Bolsa Família que gastar o benefício no malefício da cachaça. Dá ressaca, enjôo, náuseas, bafo de onça, dor de cabeça, úlcera gástrica, cirrose, pancreatite, problemas cardíacos, mata neurônios, multiplica por 30 o risco de câncer na boca e garganta se o borracho for também fumante, além de outros males que, se tentasse citar todos, não caberiam neste espaço. E com isso acarreta altos custos à economia, com ausências ao trabalho e desembolsos do SUS e da Previdência Social.

Assim, o dinheiro do Bolsa Família, se gasto em cachaça, não “ajuda a economia”. Pode ajudar os plantadores de cana-de-açucar, os donos de alambiques, os comerciantes de bebidas alcoólicas, mas prejudicará a economia em seu conjunto e os que tentarem ajudá-la da maneira ensinada por Vaccareza. Eu até sugiro à presidente Dilma Rousseff que troque imediatamente de líder do governo na Câmara. Dizer besteira não é a única maneira de bajular.

Quanto ao pessoal que prefere cerveja ou os inocentes refrigerantes, uma pesquisa feita por especialistas americanos e britânicos com 2.500 pessoas e publicada na revista Hypertension afirma que beber mais de 335 ml por dia de bebidas com gás (cerveja e refrigerantes são gaseificados) ou sucos de fruta contendo açúcar é o suficiente para desequilibrar a pressão arterial. As razões ainda são incertas, mas os pesquisadores acreditam que o excesso de açúcar no sangue prejudica o tônus dos vasos sanguíneos e desequilibra os níveis de sal no organismo. A hipertensão é o principal dos fatores de risco para acidentes cardio-vasculares e para acidentes vasculares cerebrais.

Portanto, e ainda que só por cinco dias (ou seis, ou sete), cuidado com o copo.

mar
04
Posted on 04-03-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 04-03-2011


======================================================
Sinfrônio, no Diário do Comércio (CE)

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031