Personalidades da «primavera árabe», o Wikileaks, os pais da Internet e a União Europeia encontram-se entre os 241 candidatos – um novo recorde – deste ano ao prémio Nobel da Paz, anunciou o Instituto Nobel norueguês. A notícia é uma das manchetes internacionais esta tarde no portal europeu TSF.

«O número definitivo de candidaturas é de 241, incluindo 53 organizações», declarou o diretor do Instituto Nobel, Geir Lundestad.

O anterior recorde – 237 candidatos – foi registado no ano passado.

A lista é um segredo bem guardado durante 50 anos, em conformidade com os estatutos do Nobel, mas, sem trair a identidade dos nomeados, Lundestad assinal que a edição de 2011 foi influenciada pelas revoltas populares no mundo árabe.

«Recebemos várias propostas que refletem a situação» na Tunísia, Egito e Líbia, disse.

Milhares de pessoas em todo o mundo – deputados e ministros, anteriores laureados, membros de algumas instâncias internacionais, alguns professores universitários – podem apresentar candidaturas até 01 de Fevereiro.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031