Na área de comentários do Bahia em Pauta, o leitor que assina Marco Lino, mais uma vez postou algo que merece o melhor espaço de destaque do BP, ao falar sobre o artigo desta quinta-feira do jornalistas político Ivan de Carvalho, publicado com o título de chamada:”A primavera árabe parece uma festa para o Ocidente, mas não é”.
============================
“Estava indo tudo muito bem até os corvos entrarem na parada. Aí, tô fora!!!

Musiquinha do Raul para eles: “… e quando eu olho o mar com petróleo eu rezo a Peixuxa que ele fisgue essa gente..”. Sensacional!
Marco Lino
================================
O vídeo de Raulzito garimpado por Marco e postado no BP é realmente fantástico, para dizer o mínimo. Raridade que BP escolheu para o boa noite nesta quinta-feira, 31 de Março. Confira.

(Vitor Hugo Soares)

mar
31


=========================================
DEU NO J0RNAL “PÚBLICO”, DE PORTUGAL
===============================================

Diálogo de gémeos

Fonte: YouTube

É uma conversa de gente de fraldas, mas ninguém duvide que é uma conversa. Dois bebés de 17 meses são as novas estrelas do YouTube, depois de terem sido filmados na cozinha numa animada troca de “palavras”. Eles riem, gesticulam, mas não há tradutor que consiga saber se estão a falar de papa, fraldas ou brinquedos. As imagens já foram vistas por mais de 6 milhões de pessoas em pouco mais de um mês e têm suscitado um debate na Internet sobre a linguagem dos bebês gêmeos . O que os pais, Sam e Wren, não dariam para saber o que quer dizer dá-tá-tá-tá, dá-dá…

Neymar: escoceses não aceitam acusação/Img. EFE

DEU NO PORTAL TERRA
=====================================================
A Federação Escocesa de Futebol pediu nesta quinta-feira que o Brasil se desculpe pelas acusações de racismo no incidente em que o jogador Neymar disse ter sido o alvo de uma casca de banana, jogada no campo durante a partida amistosa entre as duas seleções no domingo passado, em Londres.

“Já que o tema está resolvido e os torcedores escoceses estão desculpados, achamos justo atuar em seu nome e pedimos uma desculpa do jogador envolvido ou da federação brasileira”, afirmou o presidente da entidade escocesa, Stewart Regan.

Depois do amistoso, que terminou com vitória brasileira por 2 a 0, no Emirates Stadium, Neymar acusou os torcedores escoceses de racismo por causa das vaias que recebeu em várias ocasiões.

Na mesma partida, também foi jogada uma casca de banana no meio do gramado, um gesto que alguns dirigentes brasileiros consideraram racista, apesar de a polícia desmentir esta intenção e atribuir a ação a um adolescente alemão que assistia ao encontro.

“É uma grande decepção que este episódio ameace ofuscar uma partida agradável, que foi jogada em um ambiente de Carnaval e com torcedores das duas equipes”, lamentou Regan.

“A Escócia e o Brasil jogaram em muitas ocasiões nos últimos anos, cada vez em um ambiente colorido e amistoso”, acrescentou.

mar
31


====================================================
Em declaração distribuída através de sua assessoria, o deputado ACM Neto (DEM-BA) disse neste 31 de março de 2011, que está mais do que na hora da Câmara Federal punir o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), novamente acusado de discriminação sexual e racial.

O parlamentar baiano também prestou solidariedade à cantora e atriz Preta Gil, ofendida com declarações racistas e homofóbicas pelo pepista, e com o movimento homossexual.

Ex-corregedor da Casa, ACM Neto foi enfático em sua condenação a Bolsonaro: “A Câmara precisa garantir o respeito às diferenças e diversidades de nosso país. Não podemos tolerar nenhum tipo de preconceito. Temos de dar o exemplo. Para isso, sou a favor que se puna este parlamentar”, afirmou.


Aposentados no velório em BH
====================================================
Deu no jornal Hoje em Dia (Belo Horizonte-MG)

Com quase duas horas de atraso, o corpo do ex-vice-presidente José Alencar chegou ao Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Familiares e amigos, além de várias lideranças políticas e empresariais estão no local. O corpo foi recebido com honras de chefe de Estado. Dragões da Inconfidência saudaram o ex-vice-presidente na chegada.

Emocionado, o ex-ministro Patrus Ananias (PT) disse que Alencar ficará no coração de todos os brasileiros pelo espírito despojado e generosidade. O petista foi às lágrimas ao lembrar que o ex-vice-presidente lamentou, certa vez, ao deixar o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, que a população não podia ter acesso ao mesmo tratamento.

Já o prefeito Marcio Lacerda (PSB) ressaltou a origem humilde de Alencar. Segundo o socialista, além das qualidades ressaltadas nestes dias pelo meio político e empresarial, o ex-vice-presidente também era um contador de “causos”. Assim como Alencar, parte da família do prefeito é natural de Caratinga, no interior mineiro. “Certa vez ,ele me disse que até quis namorar com uma prima minha”, contou Lacerda.

Para o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Filho, o exemplo para o meio empresarial foi a determinação e coerência do ex-vice-presidente. “A Fiemg perde seu presidente de honra, mas fica o exemplo”, disse.

O filho do ex-prefeito Célio de Castro, Rodrigo de Castro, também está presente no velório. Ele lembrou que Doutor Célio, como era conhecido, teve papel preponderante na escolha de Alencar para ser vice na capa encabeçada por Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002. Os dois estavam cotados para assumir o posto, mas Doutor Célio desistiu depois de um acordo com Lula e Alencar.

Além de governistas, a oposição veio se despedir do ex-vice-presidente. “Na política existe uma máxima de que a oposição não manda flores. Os verdadeiros políticos, os virtuosos, merecem flores de todos nós”, afirmou o vice-governador de Minas, Alberto Pinto Coelho (PP).

É esperada para às 11h30 a presença da presidente Dilma Rousseff (PT) e do ex-presidente Lula. O corpo de Alencar será levado em um Cadilac, modelo 1974, ao crematório Parque Renascer, em Contagem, por volta das 14 horas. A expectativa da Polícia Militar é de que cerca de 10 mil pessoas passem pelo Palácio da Liberdade entre a manhã e o início da tarde de hoje.

A aposentada Maria do Carmo Rocha é uma delas. Com uma faixa com os dizeres “o verdadeiro herói não morre! permanece nas mentes e corações que primam pela ética e pela moral”, a aposentada disse que queria prestar sua última homenagem. “É uma homenagem de todos os brasileiros a um político ético”, disse.
=================================

Caixão de Zé Alencar chega ao Palácio da Liberdade

===================================

==================================
É Proibido Proibir
Caetano Veloso
A mãe da virgem diz que não
E o anúncio da televisão
E estava escrito no portão
E o maestro ergueu o dedo
E além da porta
Há o porteiro, sim…

E eu digo não
E eu digo não ao não
Eu digo: É!
Proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir…

Me dê um beijo meu amor
Eles estão nos esperando
Os automóveis ardem em chamas
Derrubar as prateleiras
As estantes, as estátuas
As vidraças, louças
Livros, sim…

(falado)
Cai no areal na hora adversa que Deus concede aos seus
para o intervalo em que esteja a alma imersa em sonhos
que são Deus.
Que importa o areal, a morte, a desventura, se com Deus
me guardei
É o que me sonhei, que eterno dura e esse que regressarei.

E eu digo sim
E eu digo não ao não
E eu digo: É!
Proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir…

Me dê um beijo meu amor
Eles estão nos esperando
Os automóveis ardem em chamas
Derrubar as prateleiras
As estátuas, as estantes
As vidraças, louças
Livros, sim…

E eu digo sim
E eu digo não ao não
E eu digo: É!
Proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir
É proibido proibir…

=================================
BOM DIA!!!

(VHS)

Deu no portal Comunique-se (especializado em notícias de bastidores da imprensa)

Izabela Vasconcelos

A Rede Globo anunciou que até o final do ano pretende lançar 12 portais de notícias regionais, que serão integrados ao G1, principal página online de notícias da empresa. Os novos sites terão o mesmo layout do G1. Quatro deles já foram lançados, os de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. A novidade foi apresentada pelo diretor-geral da Rede Globo, Octávio Florisbal, no lançamento da programação 2011 da emissora, na noite desta terça-feira (29/3) em São Paulo.

No próximo mês deve estrear o G1 Bahia, seguido pelo Mato Grosso e Espírito Santo, entre outros estados. A ideia é disponibilizar aos internautas todo o conteúdo jornalístico produzido pelas TVs afiliadas.

“Queremos chegar aos 28 grupos. Com isso nós iremos brigar pela liderança de conteúdo, com o UOL e outros grandes portais”, afirmou Florisbal.

Segundo o diretor-geral, o formato comercial dos portais será parecido com o da Rede Globo e as afiliadas, 50 a 50. “O G1 fará a venda nacional e os portais regionais farão as vendas regionais. Depois contabilizamos tudo e fazemos a divisão”, contou.

Contratações
De acordo com a Globo, a empresa avaliará a possibilidade de trabalhar com as mesmas equipes regionais para manter os portais com os conteúdos produzidos pelas TVs afiliadas. Caso haja a necessidade de novas contratações, as seleções serão feitas localmente, no decorrer do ano.

mar
31
Posted on 31-03-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 31-03-2011

Paixão, hoje na Gazeta do Povo (PR)

mar
31


=================================================
OPINIÃO POLÍTICA

Uma primavera perigosa

Ivan de Carvalho

A “primavera árabe” tem sido saudada em todo o Ocidente e recebeu o apoio da União Européia, dos Estados Unidos e da OTAN, além de, no caso específico da Líbia, de um pronunciamento formal da Liga Árabe. Parece uma festa.

Mas não é. É uma situação revolucionária e uma revolução política feita por pressões e pela força pode levar a uma mescla de coisas boas e ruins ou, com exclusividade, a coisas boas ou ruins. O mais difícil é levar somente a coisas boas.

Ainda é muito cedo para prever ou avaliar a que vai levar a “primavera árabe”, assim chamada por inspiração da Primavera de Praga, quando, em 1968, o povo da então Tchecoeslováquia, com o líder de seu governo até então comunista à frente, Alexander Dubcek, decidiu implantar um socialismo democrático, apelidado por seus dirigentes como “socialismo com rosto humano” – não ousaram chamá-lo, naquele primeiro momento, de socialismo democrático.

Mesmo sem essa ousadia e apesar das juras de amizade, o governo e o povo tcheco não conseguiram evitar que o socialismo truculento e feroz da União Soviética, que tinha a Tchecoeslováquia como peça do seu império, mandasse seus soldados e tanques de guerra esmagar o movimento libertário, da mesma forma que já o fizera em 1954, na Hungria.

Mas voltemos às terras e areias árabes. A “primavera” revolucionária, ali, vai atingindo regimes e países, um após outro. Há, por parte do povo, uma demanda reprimida e agora fora de controle por modernização, liberdade, melhoria das condições de vida, somada a um inconformismo pela grande corrupção que insulta a pobreza da imensa maioria das populações.

Postas todas essas razões, não há como reconhecer que é legítima a “primavera árabe”. O que vem depois é outra história. Pode acontecer de tudo. E dificilmente o resultado será uniforme nos diversos países que estão sendo ou eventualmente ainda serão atingidos pelo movimento. O movimento em curso não é fundamentalista, mas o fundamentalismo muçulmano é uma força organizada e poderá conquistar grandes espaços ante vazios de poder. E há outros riscos, muito graves.

Tomemos dois exemplos de situações de risco. Um é o Iêmen. A ditadura, ali, colabora ou colaborava com os Estados Unidos no combate à organização terrorista Al Qaeda, que conseguiu enquistar-se no país e montar ali uma de suas principais bases, onde planeja, treina e prepara atentados para executá-los em outros países. Caindo o regime do Iêmen, qual a posição do novo governo a respeito da Al Qaeda e qual a posição desta organização terrorista na nova conjuntura iemenita? Ninguém sabe ainda.

Outro caso é o da Líbia. O Ocidente – Estados Unidos, OTAN, União Européia – declaram imprescindível que o ditador Muammar Gaddafi deixe o poder. A Liga Árabe e a União Africana estudam como algum de seus membros, e qual, poderá dar-lhe asilo. O Ocidente aceita isso.
Então, se Gaddafi não cair nem sair, como ficam as coisas para o Ocidente e até para vários países árabes? Ficam muito mal. E ele poderá tornar-se um inimigo perigoso, aliando-se inclusive ao terrorismo (que já não somente patrocinou como praticou diretamente).

Mas, e se Gaddafi cair ou sair? Os serviços de inteligência dos Estados Unidos já detectaram que em meio à oposição que luta contra Gadaffi destacam-se duas organizações terroristas – a aparentemente onipresente Al Qaeda e o Hizbollah, grupo terrorista paramilitar com milhares de integrantes, com base no Líbano, junto à fronteira de Israel, com apoio da Síria e apoio, político, em armas e dinheiro, do Irã. O objetivo do Hizbollah é o mesmo do Irã – varrer Israel do mapa.
Numa Líbia sem Gaddafi e seu terrível regime, que perigoso espaço poderão ter a Al Qaeda e o Hizbollah? Uma pergunta de arrepiar, mas ainda sem resposta

mar
30


=======================================================
BOA NOITE!!!

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 20 21

  • Arquivos

  • Março 2011
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031