fev
24
Postado em 24-02-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 24-02-2011 12:13

A Europa tem um dever de solidariedade para com as populações da Líbia e, em caso de êxodo maciço, deverá dar “proteção a quem dela necessite”, defendeu António Guterres, Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), em Bruxelas.

Guterres, que participou esta manhã numa reunião dos ministros da Administração Interna da União Europeia dedicada em grande parte aos receios de alguns Estados membros de uma invasão do seu território por uma vaga de refugiados da Líbia, defendeu que “é muito importante que a Europa tenha uma atitude generosa e aberta”. O que significa, precisou aos jornalistas, que “se os líbios procurarem refúgio em território europeu o encontrem e que lhes sejam criadas as condições de acesso e de protecção de que têm necessidade”. Este dever aplica-se tanto aos líbios como aos “cidadãos de outros países que estão refugiados na Líbia e que venham a ter também de sair do país”, sublinhou.

O alto-comissário defendeu igualmente que a Europa também deverá exprimir uma “solidariedade ativa e prática” relativamente à Tunísia e ao Egipto, que são neste momento diretamente afetados pelo êxodo de populações a partir da Líbia.

Segundo explicou, o ACNUR está aumentando rapidamente a sua presença nos dois países junto das fronteiras com a Líbia para ajudar os refugiados. Mas, frisou, a sua “principal preocupação” vai para “o fato de a esmagadora maioria da população estar sujeita a uma situação dramática, muitas delas com problemas humanitários terríveis”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28