fev
15
Posted on 15-02-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 15-02-2011

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Redação CORREIO

A Justiça determinou nesta terça-feira (15) a prisão de João Andrade Neto, dono do site Pura Política. O empresário foi acusado, em 2010, de comandar um esquema de extorsão contra empresários e politicos baianos, dos quais cobrava para não publicar supostas denúncias.

A prisão de João Andrade foi pedida pelo Ministério Público da Bahia e acatada nesta terça pela 9ª Vara Criminal. Após prestar depoimento, o empresário foi transferido para o Presídio Salvador onde deverá ficar preso até o julgamento. Ele vai responder por crime de extorsão.

Segundo consta no processo, João Andrade Neto tentou extorquir sete vítimas: Phillip Ribeiro, João Carlos Cavalcanti, Marcos César Medeiros Guimarães, Marival Dias Filho, Marcelo Guimarães Pessoa, Carlos Suarez e Francisco José Bastos. Ele dizia possuir informações caluniosas, injuriosas e difamatórias contra eles, exigindo determinadas quantias para que as supostas informações não fossem publicadas no site Pura Política.

Leia mais sobre o assunto no Correio da Bahia

http://bahiaempauta.com.br

fev
15
Posted on 15-02-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-02-2011

Resumo da Ópera: Chico Bruno


Desde a Arena, sempre foi assim

Quem acompanha a briga pelo poder no DEM não deve estar estranhando o atual comportamento dos democratas.

Desde os tempos em que estiveram alinhados na Arena, no PDS e no PFL esses senhores disputam o poder da mesma forma.

Vale lembrar, que o cacique ACM nunca engoliu Paulo Maluf e sempre andou as turras com Jorge Bornhausen.

Nesses primeiros dias de 2011, a imprensa está passando batida sobre essa inestimável memória.

Sempre os caciques liberais ao se aproximar a convenção nacional demarcam qual será o espaço de cada um na nova executiva. Era assim na Arena, lá atrás, e será agora no Democratas.

Ontem (14) em São Paulo, os oligarcas se reuniram.

O senador José Agripino Maia (RN) e os ex-senadores Jorge Bornhausen (SC) e Marco Maciel (PE) durante uma reunião gastronômica aplainaram arestas.

No encontro, os três trataram de buscar o consenso. Na saída, Agripino disse que a reunião foi de “confluência”.

Agripino disse que a conversa serviu inaugurar um novo ciclo, o da distensão entre os dois grupos.

– Avançamos. A expectativa é que de que a gente venha conseguir a unidade. Não são três pessoas que decidem. Isso se desdobra com reuniões em casas de deputados e senadores. É o que vai acontecer amanhã, depois de amanhã.

A encrenca atual do DEM tem como pano de fundo os movimentos erráticos do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, que quer sair do partido em um momento e em outro quer ficar.

Os movimentos de Kassab lembram os de Paulo Maluf na eleição indireta para presidente da República em 1984.

A verdade é que Kassab quer consolidar seu espaço na executiva nacional, do qual sempre foi excluído, apesar de administrar a maior cidade da América do Sul.

Kassab quer ter o mesmo tratamento dispensado aos velhos caciques, como Agripino Maia, Marco Maciel, Jorge Bornhausen, César Maia e aos novos como ACM Neto.

A primeira batalha, a escolha do líder na Câmara dos Deputados foi vencida pelo grupo liderado por Agripino Maia, líder no Senado, com a escolha de ACM Neto.

Agora, na batalha final não haverá troca de tiros.

Como sempre será feito um arranjo à moda da antiga Arena.

Resumo da ópera.

Com a saída de Sarney e seu grupo para PMDB e a morte de ACM, Agripino, Maciel e Bornhausen são os únicos remanescentes que passaram pela Arena, PDS, PFL e finalmente do DEM.

Os três caciques chegarão a 15 de março com uma solução de consenso.

Quem viver verá.

(Deu no site de Chico Bruno: http://www.chicobruno.com.br/ )

fev
15
Posted on 15-02-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-02-2011


===========================================
Concerto no Céu!!! Boa Noite, e bons sonhos!!!

(Gilson Nogueira)

fev
15
Posted on 15-02-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 15-02-2011


João entra no rol das gafes na web
===============================================

Claudio Leal

Depois da gafe do Twitter oficial do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu a José Sarney para seguir o exemplo de Ronaldo e pendurar as chuteiras, o prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro (PMDB), entrou na galeria das mancadas virtuais.

Na tarde desta terça-feira, o microblog de Carneiro comentou a demissão do repórter do jornal A Tarde, Aguirre Peixoto, atribuída pela redação a ingerência de empreiteiras, numa carta aberta divulgada semana passada. “Se fosse nos EUA,  já teriam lançado uma linha de bonequinhos do Aguirre, participação nos Simpsons e entrevista com Oprah”, comentou o @BlogaJoao.

Em seguida, dois tweets contraditórios e atrapalhados foram postados. O primeiro, posteriormente deletado, pediu: “Desconsiderem post anterior. Foi um equívoco”. Depois, uma acusação: “A mensagem atribuída ao prefeito João Henrique sobre o caso Aguirre é uma ação criminosa. O Projeto está parado. Equipe BlogaJoão”.

Em seguida, o clima esquenta: “O twitter do prefeito está parado e foi vítima de ação de hackers. O Projeto BlogaJoão está parado, em reconstrução. Eq BlogaJoão”.

Desde 22 de novembro de 2010, a prefeitura não postava nada na página – justamente num dos períodos mais críticos da administração.

As reportagens de A Tarde sobre crimes ambientais de uma obra do governo da Bahia em parceria com as empresas Patrimonial Saraíba e Construtora NM teriam motivado a demissão de Peixoto.

Depois do episódio, o editor-chefe de A Tarde, Florisvaldo Mattos, pediu desligamento do jornal e foi substituído por Ricardo Mendes, o jornalista mais próximo ao principal acionista, Sylvio Simões. Até agora, Mattos é o único sacrificado da crise que motivou o “estado de greve” dos jornalistas, suspenso na última segunda-feira.

Nesta tarde, Mendes comunicou à redação: “Após nova avaliação, informo que estamos concedendo ao jornalista Aguirre Peixoto banco de horas de 13 dias, a partir de hoje. Ao término deste período, ele retomará suas atividades de repórter em A TARDE, conforme já acordado com o profissional e a sua chefia”.

Agora, por razão ainda não esclarecida, a equipe de João Henrique se intrometeu no quiprocó do arraial dos Simões. Nos bastidores, há quem veja mais do que um incidente diplomático, algo como um revide jornalístico e político. No STF, a culpa recaiu sobre uma “funcionária terceirizada”.


Claudio Leal é jornalista baiano

Comunicado do novo Editor-chefe de A Tarde em seu primeiro ato no cargo de comando da redação do quase centenário jornal baiano, fundado por Ernesto Simões Filho:
=====================================================

“Caros,

Após nova avaliação, informo que estamos concedendo ao jornalista Aguirre Peixoto banco de horas de 13 dias, a partir de hoje. Ao término deste período, ele retomará suas atividades de repórter em A TARDE, conforme já acordado com o profissional e a sua chefia.
Obrigado.

Ricardo Mendes”

(Postado por Vitor Hugo Soares)

=====================================================


A Tarde; donos acomodam crise

======================================================

Deu no site Observatório do Direito à Comunicação, editado por Pedro Caribé

======================================================

Demitido pelo jornal A Tarde no último dia 8 de fevereiro por pressões do mercado imobiliário, o repórter Aguirre Peixoto aceitou retornar ao trabalho sem qualquer punição, abono sobre os dias afastado e usufruto imediato de banco de horas por 13 dias. O anúncio oficial do retorno foi feito nesta terça-feira, dia 15, às 12h, e atenua uma das maiores crises de credibilidade do jornal A Tarde perto de completar 100 anos.
Municiados pelas redes sociais, membros da redação realizaram mobilização singular na história do veículo e do jornalismo baiano para a direção desfazer da demissão. As máquinas chegaram a parar por duas horas e meia durante um dia, três assembléias foram realizadas com média de duração de duas horas, uma comissão foi responsável por estabelecer diálogo com a direção e a possibilidade de estado de greve só foi desfeita na segunda-feira, dia 14, quando Aguirre foi negociar seu retorno.
A presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), Marjorie Moura, há 17 anos no jornal, recorda de revoltas pontuais, mas nada que se iguale as reivindicações atuais. Já Celso Schroeder, presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), vai além, para ele nos últimos dez anos essa é mais simbólica manifestação da categoria no país: “O mais comum era o contrário, abatimento e frustação”.
O veículo passa por uma crise financeira e transformou o desligamento de Aguirre como primeiro passo de reformulação. A família Simões, dona do impresso, se desligará em breve da direção de jornalismo, uma nova consultoria irá aportar no antigo vespertino e ficará encubida de rever as diretrizes jornalísticas. Durante a crise o editor-chefe Florisvaldo Matos pediu demissão após quase três décadas de redação, pois não foi consultado pela direção.
O A Tarde busca se adequar a redução das vendas e dos anunciantes, em especial do mercado imobliário. Para a presidente do Sinjorba os empresários diminuiram os anúncios após série de reportagens envolvendo corrupção entre a prefeitura e o mercado imobiliário na autorização de licenças para construção, a Transcon. Também em crise política e financeira, a prefeitura teve que paralisar as licenças concentradas na orla soteropolitana.
Aguirre responde a quatro interpelações judiciais por escrever matéria sobre ilegalidade na licença ambiental no Parque Tecnovia do Governo do Estado em parceria com empreiteira Patrimonial Saraíba, responsável pelas ações contra o repórter. O empreendimento é situado na Avenida Paralela, uma das mais longas e movimentadas da capital, detentora de uma considerável reserva de Mata Atlântica, paulatinamente destruída para construção de condomínios de luxo.
Marjorie atesta que nos últimos anos se tornaram recorrentes matérias sobre o setor imobiliário engavetadas ou reformuladas a pedido dos chefes da redação. A sede do jornal situada no moderno centro comercial de Salvador, a Avenida Tancredo Neves, está na mesa de negociação com as construtoras. Avaliado em mais de R$ 100 milhões, a venda do terreno pode dar novo gás aos negócios dos Simões.
Concorrência popularesca
Além das pressões do mercado imobiliário, o A Tarde foi ultrapassado pelo concorrente Correio* (antigo Correio da Bahia) que pertence aos familiares do falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães (ACM). O Correio* é vendido por R$ 0,50, adotou linguagem popularesca e desde outubro de 2011 tem um concorrente do Grupo A Tarde, denominado Massa, comercializado no mesmo preço e com linha editoral mais apelativa. Todos os dias uma mulher é exposta com trajes erotizados na capa do Massa, ao lado de notícias sobre violência, Big Brother Brasil, serviços e afins.
O A Tarde é tido como maior sobrevivente de longo ciclo de repressão ao jornalismo local. Quando instaurado o AI-5 em 1968 o então líder Jornal da Bahia, do ex-comunista João Falcão, passou a ser perseguido pelo então prefeito da capital, ACM, e sofreu boicote dos anunciantes até ser vendido e fechar as portas na década de 1990 como um pasquim popularesco. O A Tarde não se manifestou à repressão ao Jornal da Bahia e herdou boa parte dos seus leitores.
Na década de 1990 o A Tarde se tornou símbolo de autonomia em relação a ACM e o empresários que o circundavam, passou a se desevencilhar de história conservadora e adotar uma linha editoral mais proguessista, como na eleição de Lídice da Mata à prefeitura da capital em 1992. Em 2009 a Justiça lhe concedeu uma idenização de R$ 10 milhões mais juros e correção monetária, por discriminação publicitária sofrida durante o governo César Borges (1999-2002).


Vídeos engraçados do aniversariante YouTube
================================================

Hojé é dia de comemoração planetária. Sim, porque o mundo começou a mudar no dia 15 de Fevereiro de 2005, após a ativação do nome de domínio YouTube.com. De lá para cá, a Internet nunca mais foi a mesma. Animais domésticos, bebés, guitarristas amadores, skaters desastrados, actores, humoristas, freaks e geeks… Eles estão todos numa tela perto de você.i.
Atualmente , depois do motor de busca Google e à rede social Facebook, o YouTube é o terceiro site mais consultado em todo o mundo
Com informações da Reuters, o portal europeu TSF, editado em Lisboa, publica matéria especial sobre o You Tube e a relevância atual da ferramente da WEB, que Bahia em Pauta reproduz, associando-se à homenagens pelo aniversário e, agradecido, desejando longa vida ao YOU TUBE.

(Postado por Vitor Hugo Soares)
=====================================================
Se um extraterrestre descesse à Terra e, qual investigação sociológica, passasse os olhos pelo YouTube, espantar-se-ia com a bizarria de tudo aquilo. Numa mesma plataforma, podem ver-se alguns dos melhores e dos piores momentos do desempenho humano. Por um lado o derrube de ditaduras e, por outro, mulheres a deitarem gatos para contentores do lixo. Discursos históricos e cenas de tortura. A ida à Lua e o Holocausto.

O Youtube transformou-se num espelho da própria Humanidade, capaz do melhor e do pior. O mais frequente, porém, é ser um espelho do quotidiano. Banalidades como cães a perseguirem aspiradores, uma criança a queixar-se que o irmão mais novo lhe trincou o dedo e experiências com Coca-Cola e Mentolados são alguns dos exemplos.

E não esquecer as pop stars. 2010 foi o ano do Justin Bieber e da Rihanna, da Lady Gaga e da Shakira e seu Waka Waka. Mas foi também o ano em que os dez vídeos mais populares do YouTube acumularam 250 milhões de acessos. Neste saco dos mais populares coube, por exemplo, uma menina de três anos a chorar pelo cantor adolescente Justin Bieber e um cidadão norte-americano chamado Antoine Dodson cujo depoimento após a entrada de intruso em sua casa deu origem um remix musical viral: a Bed Intruder Song. Parece estranho que o mundo saiba quem é Dodson, mas os números não mentem: graças ao YouTube, o vídeo por ele protagonizado foi visto mais de 53 milhões de vezes. Esta espécie de rap vendeu-se aos milhares no iTunes e deu entrada na lista Billboard Hot 100.

Este é um dos encantos do YouTube. Qualquer um pode transformar-se numa estrela do dia para a noite. Aconteceu precisamente com Bieber. Um dia comia cereais e bebia leite achocolatado no Canadá e no outro era afilhado do Usher e deslumbrava todas as pré-adolescentes acima do Trópico de Capricórnio. Em Portugal tivemos a Ana Free, que saltou do Youtube para as bandas sonoras das telenovelas da SIC.

Revolucionário

O nome de domínio YouTube.com foi activado a 15 de Fevereiro de 2005. Foi uma criação de três funcionários da empresa de pagamentos online PayPal: Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim. O momento exato em que estes três jovens decidiram avançar com a ideia de um site de vídeos é ainda uma nebulosa. Vários media têm noticiado que o conceito surgiu quando perceberam que era difícil partilharem online vídeos feitos num jantar em casa de Chad Hurley, mas esta versão dos acontecimentos já foi desmentida pelos próprios criadores.

O vídeo inaugural colocado na plataforma chama-se “Me at the Zoo” [Eu no Zoo] e é protagonizado por um dos três criadores do site: Jawed Karim. No clip – que dura escassos 19 segundos e que foi colocado online a 23 de Abril de 2005 – Karim relata como são “fixes” as longas trombas dos elefantes numa visita ao zoo de San Diego.

Em Maio de 2005 o site entrou em fase beta de experimentação e seis meses depois, em Novembro de 2005, o YouTube foi oficialmente lançado. O sucesso foi explosivo. Em Julho de 2006, a empresa anunciou que mais de 65 mil vídeos eram colocados online todos os dias e que o site registava uma média de 100 milhões de visitas diárias.

O sucesso foi planetário e, em finais de 2006, o gigante Google comprou-o por 1,65 mil milhões de dólares (cerca de 1,3 milhões de euros, no câmbio da época).

Atualmente, os números são esmagadores: o YouTube diz que são colocadas no site 35 horas de material novo a cada minuto que passa e que cerca de três quartos desse material chega de fora dos EUA.

A seguir ao motor de busca Google e à rede social Facebook, o YouTube é o terceiro site mais consultado em todo o mundo. Nestes seis anos, esta plataforma não potencializ apenas a revolução de nos mostrar o mundo. Ou pelo menos de abrir milhões de janelas sobre ele. Desde 2005 que o YouTube potenciou revoluções reais, a mais recente das quais no Egipto.

fev
15


=================================================

BOM DIA!!!


Deputado quer Bíblia junto com beleza
dos orixás de Tati no Dique do Tororó
======================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Sobre as águas do dique

Ivan de Carvalho

Quando prefeito de Salvador pelo PFL, o hoje deputado Antonio Imbassahy, do PSDB, sabia que estava dando margem a uma polêmica quando enfeitou o Dique do Tororó com aquelas belas esculturas de orixás, numa homenagem à cultura e, inevitavelmente, às religiões baianas afrodescendentes.

E polêmica houve, comemorações ao lado de insatisfações e reclamações, a mais radical destas partindo da Igreja Universal do Reino de Deus, que considerou o conjunto da obra artística de Tati
Moreno no Tororó como “o Diabo”.

Claro que para os monoteístas, aquela plêiade de orixás é uma coisa heterodoxa, mas talvez isso não seja tão desagradável aos olhos de Deus e perigoso para a causa do respeito aos direitos humanos quanto o bispo Macedo, líder máximo da IURD, declarando-se a favor do aborto e justificando essa posição em vídeo postado no Youtube.

Mas o então prefeito Antonio Imbassahy talvez não haja antecipado do que a imaginação criadora dos políticos (e ele é um deles) é capaz. Recuperando na última eleição uma cadeira na Assembléia Legislativa, que perdera no pleito anterior, o deputado Sargento Isidório – aquele que discursava da tribuna sob o peso de um botijão de gás de isopor pintado de azul que lhe esmagava um ombro – reincidiu numa proposta que já fizera antes.

O deputado Sargento Isidório é evangélico. E, como todo cristão que se preza, preza a Bíblia. Se os orixás mereceram aquele espetacular monumento, também merece tratamento no mínimo igual o livro que contém “a palavra de Deus” e é o principal fundamento escrito de várias religiões – a israelita, a anglicana, a mórmon, a copta, a católica e a evangélica, estas duas últimas em suas varias denominações.

Vai daí, o deputado, alegando que a comunidade cristã se sente desprestigiada com a ausência de um símbolo que a represente na região do Dique do Tororó, uma vez que apenas estátuas de orixás são expostas no local, o deputado recomendou ao governador Jaques Wagner, por intermédio de Indicação apresentada na Assembléia Legislativa, a construção de um monumento à Bíblia Sagrada no dique.

Argumenta que “a Bíblia Sagrada, livro universal e milenar que atende a maior parte dos segmentos religiosos, contempla ensinamentos que norteiam leis em diversos países, é guia de vida para milhares de pessoas, além de ser a literatura mais lida em todo o mundo”.

O deputado Sargento Isidório afirma a liberdade religiosa assegurada pela Constituição e adverte que nenhuma crença pode ser
discriminada, sob pena de contrariar a lei maior. Propõe ele, ainda, que o monumento à Bíblia no Dique do Tororó seja construído “em posição e tamanho destacado, para que todos os cristãos que passem pelo local sintam-se prestigiados e contemplados com o símbolo da palavra de Deus”.

Revelando minha opinião pessoal favorável à concretização do que propõe o deputado Sargento Isidório sob argumentos irrefutáveis, antecipo que, em acontecendo isto, dificilmente deixará de surgir alguma entidade representante legítima do islamismo que peça um outro monumento no dique para o Corão, bem como poderá chegar às autoridade baianas uma carta do Dalai Llama sugerindo, com a delicadeza que lhe é peculiar, que não se discrimine contra o budismo e que uma estátua de Buda seja erguida sobre as águas do dique, para que brilhe “a verdadeira luz”. E os índios brasileiros poderão reivindicar uma representação de Tupã… vai faltar espaço para os pedalinhos

fev
15
Posted on 15-02-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 15-02-2011

Veronezi, na Gazeta de Piracicaba (SP)
=================================================

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • Fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28