fev
10
Postado em 10-02-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 10-02-2011 19:11


Mubarak fala:expectativas frstadas no Cairo
======================================================

DEU NO IG

O presidente do Egito, Hosni Mubarak, anunciou nesta quinta-feira que delegará mais autoridade a seu vice-presidente, Omar Suleiman, mas descartou renunciar, surpreendendo e frustrando centenas de milhares de manifestantes que se reuniram para celebrar sua partida da cena política após 30 anos no poder. Não ficou claro quais poderes foram transferidos para Suleiman.

Com 47 minutos de atraso, Mubarak fez um discurso à nação no qual indicou que permanecerá no poder até setembro, quando estão previstas as próximas eleições. “Satisfeito com que ofereci à nação em mais de 60 anos”, afirmou Mubarak, em referência a todo o seu período na vida pública, “anuncio que vou continuar nesse cargo e assumir minhas responsabilidades.”

“Esses tempos difíceis não são sobre mim, mas sobre o Egito, sobre o futuro. Todos estamos no mesmo barco”, afirmou Mubarak, que reiterou que não tentará a reeleição. “Expresso meu comprometimento em seguir e proteger nossa Constituição e o povo, e transferir o poder para quem quer que seja eleito em setembro em eleições livres e transparentes”, afirmou.

O líder acrescentou que não aceitará qualquer tipo de intervenção internacional. “Eu passei a maior parte da minha vida defendendo a nossa terra”, afirmou Mubarak. “Nunca sucumbi à pressão internacional. Minha dignidade está intacta”.

Na tentativa de aparentar que está acatando as exigências da oposição, Mubarak disse ter pedido emendas de seis artigos da Constituição, prometeu punir os responsáveis pelos episódios violentos dos últimos dias e suspender a lei de estado de emergência que vigora no país há 30 anos “quando as condições de segurança permitirem”.

No entanto, na praça Tahrir os manifestantes nem esperaram o discurso acabar para gritar palavras de ordem pedindo sua saída. Centenas deles tiraram os sapatos e os agitaram em frente aos telões pelos quais assistiam ao discurso de Mubarak, um insulto em sociedades árabes, enquanto outros gritavam: “Abaixo Mubarak, saia, saia!”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28