fev
08


Italianos protestam contra Berlusconi/Público
====================================================
Os procuradores de Milão vão pedir formalmente que o primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi seja julgado rapidamente por suspeita de prática de sexo com uma prostituta menor e abuso de poder.A informação é do jornal Público, de Lisboa, em uma das manchetes de seu noticiário internacional, na edição on line.

O pedido de julgamento rápido do caso “Ruby” vai ser apresentado esta quarta-feira (9) ao juízado de instrução preliminar, anunciou hojo (8) o procurador Edmondo Bruti Liberati.

Berlusconi alegadamente pagou para fazer sexo com uma jovem de origem marroquina de 17 anos, Karima El Mahroug, de nome artístico Ruby Rubbacuore, nas suas festas na “villa” de Arcore, nos arredores de Milão, onde os magistrados descobriram indícios de uma rede de prostituição.

A certa altura, Ruby foi detida por roubo e o primeiro-ministro telefonou para a polícia, pedindo a sua libertação, dizendo que ela era sobrinha do Presidente egípcio, Hosni Mubarak.

Ser cliente de prostitutas não é crime em Itália, mas se transforma em crime se elas forem menores. É um crime que incorre numa pena de prisão.

O primeiro-ministro italiano considera que a investigação dos magistrados de Milão tem motivações políticas, e que eles não são competentes para o julgar. Admitiu ter telefonado à polícia para pedir a libertação de Ruby, mas diz tê-lo feito por pena.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28