jan
31
Postado em 31-01-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 31-01-2011 12:45

A OPEP admite a possibilidade de aumentar a produção de petróleo temendo que a crise no Egipto crie dificuldades para a passagem do óleo pela rota estratégica do canal do Suez.

Em declarações à agência Dow Jones Newswires, o responsável da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Abdallah El-Badri, reconheceu que «existe um risco de escassez real» para o mercado mundial se a crise egípcia provocar o bloqueio de rotas petrolíferas estratégicas como a do canal do Suez.

O canal do Suez, controlado pelo Egito e pelo qual transitam cerca de um milhão de barris de petróleo diariamente, é uma das principais passagens para o transporte de petróleo entre o Médio Oriente e a Europa.

«Se verificarmos uma verdadeira escassez, será necessário que ajamos» para remediar, adiantou El-Badri, à margem de uma conferência de especialistas em Londres.

Entretanto, os veículos oficiais de comunicação garantiram hoje que o canal do Suez está funcuinando com «capacidade plena».

Apesar das nomeações para o governo egípcio anunciadas sábado, a mobilização não parece enfraquecer no Egito, onde continuam a registar-se protestos de elevada dimensão nas principais cidades do país, incluindo a cidade do Suez.

(Informações do portal europeu na web TSF )

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31