jan
30
Postado em 30-01-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 30-01-2011 09:42

A direção da emissora de televisão árabe Al-Jazeera afirmou neste sábado que autoridades egípcias ordenaram o fechamento de seus escritórios no Cairo. A rede de TV, que tem sede no Catar, faz intensa cobertura dos protestos que acontecem no Egito desde terça-feira.

Em comunicado, a direção da emissora afirmou que a decisão “tem o objetivo de sufocar e reprimir” a liberdade de imprensa. Segundo a Al-Jazeera, seus escritórios no Cairo foram interditados e todos os jornalistas tiveram suas credenciais de imprensa confiscadas.

A administração do canal, que ainda transmitia da capital egipcia na manhã deste domingo (30) , considerou esta decisão lamentável e que pretende apenas silenciar a voz do povo egípcio.

No momento em que o recolher obrigatório já foi levantado – ainda que nos últimos dias não tenha sido respeitado -, cerca de mil manifestantes encontram-se, este domingo de manhã, na praça central do Cairo, capital do país, a gritar frases como «Mubarak. Mubarak, o avião espera».

Estes protestos surgem depois de uma noite agitada, com pilhagens e milhares de prisioneiros a fugirem das cadeias.

Há notícia de concentrações pacíficas, mas também de atos de vandalismo e pilhagens em vários edifícios governamentais e em casas particulares

(Informações do IG e do portal europeu TSF)

Be Sociable, Share!

Comentários

[…] original here: Bahia em Pauta » Blog Archive » INTOLERÂNCIA:Rede de TV Al-Jazeera … Tweet This […]


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31