jan
29

João:silêncio para o violão do artista

==================================
por Claudio Leal

Do Terra Magazine (Direto de São Paulo)

Companheira e mãe de uma filha de João Gilberto, a produtora Cláudia Faissol afirma que a ação de despejo contra o músico, num apartamento no Leblon, Rio de Janeiro, não vai prosseguir.

A proprietária do imóvel, a condessa Georgina de Faucigny Lucinge Brandolini d’Adda, se irritou com os hábitos excêntricos do inquilino, que não aceitou a entrada de pedreiros para realizar uma obra. Segundo Cláudia, uma das pessoas mais próximas a João Gilberto, o problema seria o barulho das britadeiras, incompatível com os ensaios musicais.

“A pessoa que toca violão não pode ficar com uma britadeira na cabeça”, diz a produtora a Terra Magazine. Questionada sobre o namoro com o lendário músico da Bossa Nova, ela esclarece: “Nossa relação é muito diferente de qualquer coisa que possa haver”.

Terra Magazine – Como está a situação de João Gilberto no apartamento? Vai ser resolvida?
Cláudia Faissol – Não confere essa informação. O advogado dele falou que não tem nada. Não é real. Liguei para o advogado, falei com ele. “Não, pode despreocupar, a pessoa queria fazer uma obra e agora já vai poder fazer”. É só uma questão de poder fazer essa obra.

De qualquer modo, ela abriu um processo, não é?
Foi, mas não continuou.

A princípio, ele disse que aceitaria sair, mas agora não mais?
Não, porque tem que fazer uma obra lá, ele se dispôs a fazer. Porque ele toca violão, é chato isso, entendeu? A pessoa que toca violão não pode ficar com uma britadeira na cabeça. Mas já está tudo resolvido.

Ele não está nervoso com essa situação?
Está. Ele ficou um pouco chateado de ter que fazer a obra. Porque ele toca violão…

Fonte: Terra Magazine

http://terramagazine.terra.com.br

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31