=========================================
Blogbar do Fontana – Nos balcões dos bares da vida

ELZA SOARES BATERISTA WILSON DAS NEVES

ODEON – 1968

Diretor Musical – Lyrio Panicali

Orquestrador e Regente – Nelsinho

Foto – Mafra

Música – “Palhaçada” (Luiz Reis & Haroldo Barbosa)

Letra:

Cara de palhaço
Pinta de palhaço
Roupa de palhaço
Foi este o meu amargo fim;
Cara de gaiato,
Pinta de gaiato,
Roupa de gaiato,
Foi o que eu arranjei pra mim.

Estava roxa por um trouxa
Pra fazer cartaz,
Na tua lista de golpista
Tem um bobo a mais
Quando a chanchada deu em nada
Eu até gostei
E a fantasia foi aquela que esperei.

Cara de palhaço
Pinta de palhaço
Roupa de palhaço
Pela mulher que não me quis,
Mas se ela quiser voltar pra mim
Vai ser assim,
Cara de palhaço,
Pinta de palhaço
Até o fim!!!
——————————————-

BOA TARDE!!!

(vhs)

jan
28
Posted on 28-01-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 28-01-2011

Deu no IG

A presidenta Dilma Rousseff mandou hoje um recado às centrais sindicais e endureceu o discurso sobre as negociações para o reajuste do salário mínimo. Após participar de uma reunião com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), Dilma disse que, por um acordo feito durante o governo Lula, o reajuste do salário mínimo se dá pelo crescimento da economia de dois anos anteriores e pela inflação do ano corrente.

“O que queremos saber é se as centrais querem ou não a manutenção desse acordo no período do nosso governo. Se querem, o que propomos este ano é R$ 545”, destacou Dilma. As centrais sindicais pedem reajuste para, no mínimo, R$ 580. “No passado não se dava sequer a inflação”, criticou a presidenta.


==========================================
Escuta aí, doutor Sarney, o que o samba de Billy está dizendo!!!

BOM DIA!!!

(VHS)

Bonner: na frente da Globo no Twitter

==============================================
DEU NO COMUNIQUE-SE (Portal na web especializado em notícias de bastidores da imprensa)

====================================================

Izabela Vasconcelos

O que Luciano Huck, William Bonner e Tiago Leifert têm em comum? Os três se destacam mais no Twitter que sua contratante, a TV Globo. Em número de seguidores, profissionais da Band, Rede TV!, MTV, Record e SBT também passam na frente.

Basta acessar o TweetRank e conferir que muitos veículos estão bem atrás, em número de seguidores, de seus contratados. Veja a lista:

TV Globo – rede_globo – 746,094 followers

Luciano Huck – @huckluciano – 2,656,158

William Bonner – @realwbonner – 1,213,049

Serginho Groisman – @oserginho – 844,866

Angélica Huck – @angelicaksy – 799,855

Tiago Leifert – @TiagoLeifert – 735,147

MTV – @PortalMTV – 491,357 followers

MariMoon – @marimoon – 892,359

Marcelo Adnet – @marceloadnet0 – 505,889

Band – BAND Jornalismo – @bandjornalismo – 192,332 followers

Rafinha Bastos – @rafinhabastos – 1,661,519

Marco Luque – @marcoluque – 1,485,437

Danilo Gentili – @DaniloGentili – 1,368,385

Marcelo Tas – marcelotas – 1,172,051

Oscar Filho – @OscarFilho – 768,294

Rafael Cortez – @cortezrafa – 704.000

Felipe Andreoli – @andreolifelipe – 627,355

Otávio Mesquita – @otaviomesquita – 335.090

Neto – @10neto – 312.295

Monica Iozzi – @monicaiozzi – 246,069

SBT – @SBTonline – 121,059 followers

Roberto Justus – @RobertoLJustus – 307,496

Celso Portiolli – @celsoportiolli – 188,226

Record – @tvrecord – 112,564 followers

Marcos Mion – @marcosmion 1,160,234

Ana Hickmann – @ahickmann SP/Brasil – 569,975

Rede TV! – @redetvi – 31,124 followers

Sabrina Sato Rahal – @SabrinaSatoReal – 1,474,432

Rodrigo Scarpa – @rodrigovesgo – 1,265,043

Ceará – Wellington – @oceara – 1,197,966

Eduardo sterblitch – @Polvilhoreal – 397,653

Alfinete – @Alfinete_Panico – 324,182

Luciana Gimenez – @lulusuperpop – 311,479

jan
28
Posted on 28-01-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 28-01-2011


=====================================================
Frank, no jornal Notícia (SC)


Sergio com Wagner:antes da largada
=====================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Uma lista muito restrita

Ivan de Carvalho

O prefeito Luiz Caetano elegeu-se ontem presidento da União dos Municípios da Bahia (UPB, sigla em memória do tempo em que a entidade tinha a denominação de União dos Prefeitos da Bahia e, depois, de União das Prefeituras da Bahia, até chegar-se à conclusão de que seria mais “republicana” a nomenclatura atual).

O governo Wagner e o PT, nos últimos dois anos, quando a UPB foi conquistada e sua presidência ficou sob o controle do PMDB comandado pelo deputado Geddel Vieira Lima, aprenderam que a entidade tem significação política. Vitorioso nas eleições de outubro último para o governo estadual, Congresso Nacional (bancadas baianas) e Assembléia Legislativa, o governismo baiano tratou de incluir em seu patrimônio político também a UPB.

Caetano, se precisou brigar para chegar ao cargo, foi bem antes de alcançá-lo. Na fase final das articulações, porque não houve propriamente campanha, tornou-se notória a circunstância de que ele e sua base de sustentação política eram suficientes para afastar a hipótese de um competidor à altura, razão pela qual empreendeu-se a caminhada para uma chapa única.

Claro que uma chapa única, sem litigantes, reduz o interesse na votação. E a composição da chapa, especialmente se realizada sem cuidados extremos, deixa descontentes. Terá sido por estes dois motivos, provavelmente mais pelo segundo que pelo primeiro, que houve uma grande abstenção. Na eleição anterior para a direção da UPB, houve apenas 25 abstenções. Na eleição de ontem, 90 das 417 prefeituras baianas não votaram.

Cumpre uma observação. O novo presidento da UPB é prefeito reeleito de uma das mais importantes cidades da Bahia, Camaçari, é do PT e foi o coordenador geral da campanha do governador Jaques Wagner à reeleição. Com a eleição de ontem, Caetano dá mais um passo para confirmar sua presença, ainda que por enquanto muito discreta, na restrita lista de possíveis candidatos à sucessão de Wagner nas eleições de 2014.

Partindo da premissa de que o candidato do PT, do governo e de Wagner (que a partir de abril de 2014 poderá já não estar no cargo, mas preparando-se para disputar a cadeira de senador que estará em jogo) seja necessariamente alguém filiado ao PT – que detesta abrir mão dessas coisas – há dois nomes em posições bem menos discretas que a de Caetano na lista de possíveis candidatos ao governo.

No momento, o primeiro, com mais destaque, digamos, na pole position, é José Sérgio Gabrielli, eficiente presidento da Petrobrás em todos os sentidos. Na verdade, é até tentador fazer uma “lista” somente com o nome dele. Mas como isso não seria uma lista e como, também – como dizia o carrancudo ex-ministro da Justiça do ex-presidento Ernesto Geisel, Armando Falcão, “o futuro a Deus pertence” – pode-se, ao lado de Caetano, inscrever também o senador eleito Walter Pinheiro.

Deu no Blog de Carlos Brito (editado em Petrolina(Pe) de olho em Juazeiro (Ba) do outro lado da ponte sobre o Rio São Francisco
=====================================================

Tudo indica que o governador Jaques Wagner irá indicar o ex-deputado Joseph Bandeira (PT) para a Secretaria de Relações Institucionais, pasta que funciona não apenas como um canal entre o governo e a sociedade, mas principalmente como órgão de articulação política.

Joseph foi duas vezes prefeito de Juazeiro e na última legislatura, na condição de primeiro suplente, exerceu em dois períodos o mandato de deputado federal, assumindo a vaga deixada com os afastamentos, respectivamente, dos deputados Luiz Alberto e Walter Pinheiro.

Sua iminente nomeação para a Serin corresponde ao desejo do governador de “reparar uma injustiça” com o município de Juazeiro, que deu expressiva vitória a Dilma Rousseff e a Wagner em outubro e viu ser nomeado secretário de Desenvolvimento Social o ex-prefeito Carlos Brasileiro, de Senhor do Bonfim, onde Dilma foi derrotada.

A escolha de Joseph visa também dar maior representatividade à região, que tinha três deputados federais e três estaduais e ficou reduzida a apenas um representante na Assembleia Legislativa, Roberto Carlos, com as derrotas dos deputados Jorge Khoury, Edson Duarte, Pedro Alcântara e Misael Aguilar, além do próprio Joseph.

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31