=====================================================
BOA NOITE!!!

jan
13
Posted on 13-01-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 13-01-2011

DEU NO MSN/ESTADÃO

Os desabamentos e as chuvas que atingiram a região serrana do Rio de quarta-feira, 12, deixaram ao menos 501 mortos, segundo as prefeituras dos municípios atingidos. Já foram encontrados 216 corpos em Nova Friburgo, 223 em Teresópolis, 19 em Sumidouro, 39 em Itaipava, distrito de Petrópolis e 4 em São José do Vale do Rio Preto.

Já o número de pessoas que estão fora de casa nas cidades castigadas pela chuva chega próximo aos 13 mil, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira pela Defesa Civil estadual. São ao menos 7.780 desalojados (na casa de parentes ou amigos) e outros 6.050 que estão desabrigados (em abrigos do governo).

Há 3.600 desalojados e outros 2.800 desabrigados em Petrópolis; 960 desalojados e 1.280 desabrigados em Teresópolis; e 3.220 desalojados e 1.970 desabrigados em Nova Friburgo.

São José. Cerca de 20 mil moradores da cidade de São José do Vale do Rio Preto estão isolados. A afirmação é do deputado estadual Nilton Salomão (PT), que tenta acessar o município, localizado a 40 quilômetros de Teresópolis e mais de 72 km de Petrópolis.

“As águas que desceram por Teresópolis chegaram a cidade com uma força brutal e arrebentaram tudo. Tive informações que a delegacia foi totalmente destruída e nenhum telefone funciona desde ontem”, disse Salomão. Segundo ele, ninguém fez uma estimativa do número de vítimas fatais na cidade. As imagens de uma mulher resgatada por uma corda vizinhos puxada por vizinhos foram registradas naquela cidade.

O prefeito de São José do Vale do Rio Preto, Adilson Faraco Brügger de Oliveira, se refugiou na prefeitura de Sapucaia, cidade vizinha. ‘Ele conseguiu chegar até aqui por uma estrada de terra e retornou ontem mesmo. Perdemos o contato com ele, porque nenhum celular funciona por lá. A cidade está sem luz e água. A situação é preocupante. Ninguém sabe o número de mortos’, disse o secretário de Comunicação Social de Sapucaia, Sérgio Campante.

Areal. No município de Areal, a 45 minutos de São José do Vale do Rio Preto, 1.200 pessoas estão desabrigadas e desalojadas. ‘Não tivemos óbitos, porque soubemos da catástrofe em São José do Vale do Rio Preto e retiramos a população ribeirinha. Estamos agradecendo a colaboração nossa população e das cidades vizinhas, mas precisaremos de doações de água, alimentos e roupas’, disse o prefeito de Areal, Laerte Calil de Freitas.

Sumidouro. As vítimas de Sumidouro eram moradores dos distritos de Campinas e Vila Dona Mariana, na zona rural. Os bombeiros estão tendo dificuldade de acessar a área, por isso não há exatidão quanto à quantidade de mortos e de desalojados. Na cidade, como nas vizinhas, começou a chover na segunda-feira. Uma tromba d’água teria descido da área de Vila Dona Mariana, segundo moradores contaram, e subido o nível do Rio Paquequer, afluente do Paraíba do Sul e o principal de Sumidouro. A 175 quilômetros da capital e com cerca de 15 mil habitantes, a cidade é vizinha de Nova Friburgo e de Teresópolis e tem a maior cachoeira do Estado, que atrai muitos turistas.

Teresópolis. Até agora, Teresópolis foi o município que registrou o maior número de mortes. A prefeitura decretou estado de calamidade pública e informou que mais de 2 mil pessoas tiveram que deixar suas casas. ‘É a maior catástrofe da história do município’, declarou o prefeito Jorge Mário Sedlacek. Segundo a Defesa Civil, 17 bairros foram atingidos por enchentes e deslizamentos. A área mais afetada foi a periferia da cidade, nas regiões conhecidas como Caleme, Poço dos Peixes, Posse e Granja Florestal.

Mais informações no MSN/Estadão: http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias

jan
13
Posted on 13-01-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 13-01-2011

Dilma: depois do voo a camisa do Flu

=====================================================
Deu no Terra

A presidente Dilma Rousseff pousou nesta quinta-feira no Estádio das Laranjeiras, em meio à grande tragédia provocada pelas fortes chuvas na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Acompanhada do governador do estado, Sérgio Cabral, Dilma recebeu uma camisa do clube das mãos do vice-presidente administrativo do clube, José Mohamed.

Dilma, que nasceu em Minas Gerais, mas a fez a sua carreira política no Rio Grande do Sul, já declarou ter simpatia por Atlético-MG e Internacional. Já Sergio Cabral, que é vascaíno, fez cara feia, mas aceitou receber a camisa do Fluminense.

A presidente seguiu das Laranjeiras para o Palácio da Guanabara, onde fará reuniões com as autoridades estaduais sobre a situação do estado do Rio de Janeiro. Em apoio às vítimas das fortes chuvas, o Fluminense passou a receber, a partir desta quinta-feira, doações para os desabrigados pelas tragédias naturais.

Quem quiser doar roupas e alimentos poderá se dirigir às Laranjeiras, onde haverá postos de recolhimento na entrada social, na entrada da garagem (Pinheiro Machado) e na secretaria. As doações serão aceitas até o próximo dia 21.

Mais informações no Terra: http://esportes.terra.com.br

=======================================================
Transmitidas pela primeira vez no Jornal da Globo, na madrugada de ontem, as imagens fortes e pungentes da salvação de dona Ilair de Souza, 52 anos, foram repetidas inúmeras vezes esta quarta-feira na Globo News, ganharam o mundo e emocionaram milhões de espectadores nos noticiários das principais redes estrangeiras de televisão, a começar pela CNN.

Momento raro que une bom jornalismo com fé, força, solidariedade e o melhor do caráter de um povo nas condições mais dramáticas e adversas. Reveja, reflita e aplauda com vontade todos os personagens dessas cenas que devem ficar para sempre na memória.

(Postado por Vitor Hugo Soares)


Dilma no Rio: “absoluto dsesleixo”/Agência Brasil
=====================================================
Ao falar pela primeira vez sobre as fortes chuvas que atingem o Sudeste do País, a presidenta Dilma Rousseff culpou o “desleixo” no tratamento dado por governantes à população de baixa renda. Embora não tenha citado diretamente o governo do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso, Dilma empenhou-se em deixar claro que a afirmação não se referia ao antecessor Luiz Inácio Lula da Silva, nem ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), que integra a base de apoio ao seu governo.

“Houve no Brasil um absoluto desleixo em relação à população de baixa renda, que como não tinha onde morar foi morar em fundo de vale, beira de rio, beira de córrego e encosta de morro”, afirmou Dilma, em sua primeira entrevista coletiva desde que tomou posse, no dia 1º de janeiro. “Moradia em área de risco é a regra, não a exceção”, completou.

Voltando-se a Cabral, a presidenta disse que teria sido fundamental assegurar bons programas de moradia e saneamento. “E aí vou defender o presidente Lula e nós, Serginho, pois nós fizemos uma parceria. Fizemos o PAC em parceria com governos estaduais e prefeituras”, disse Dilma, em referência ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), uma das principais bandeiras de sua campanha presidencial.

As declarações foram dadas diante de questionamentos sobre a escassez de investimentos na prevenção de enchentes, depois de o País assistir há um ano a uma situação semelhante em Angra dos Reis. Em resposta à mesma pergunta, Cabral empenhou-se em contestar a versão de que teria havido negligência dos governos estadual e federal diante do problema. “Nós tivemos solidariedade e apoio do governo federal”, reagiu Cabral.

Dilma prometeu dar todo o apoio necessário ao Rio e a outros Estados prejudicados pela chuva, a exemplo de São Paulo. Disse que o momento é de resgatar as vítimas da chuva e reconstruir as áreas devastadas pela água. “Vamos fazer com que a reconstrução seja também um momento de prevenção”, afirmou Dilma, prometendo colocar toda a estrutura do governo federal à disposição do Estado do Rio. “Agora temos de resgatar as pessoas, temos de reestruturar as condições de vida nas regiões atingidas”, completou a presidenta, prometendo remédios e tratamento médico nessas regiões.

Dilma empenhou-se em fazer uma defesa enfática dos programas sociais do governo Lula – além do PAC, a petista fez várias referências ao PAC 2 e ao plano habitacional MInha Casa Minha Vida. Além disso, exaltou as ações do governo para amenizar o impacto das chuvas, como a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para as famílias atingidas. Além disso, a presidenta prometeu agilizar a liberação de recursos do Bolsa Família, bandeira social do governo.


====================================================
A música do dia vai para a jornalista Zoraide Villas-Boas, uma aniversariante especial neste 13 de janeiro da Lavagem do Bonfim, amiga do peito do Bahia em Pauta. Que Oxalá a proteja e guie pelos caminhos da vida que os amigos que fazem BP desejam seja longa, generosa como a aniversariante e muito feliz. Sempre.

(Vitor Hugo Soares, por todos do BP)

jan
13
Posted on 13-01-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 13-01-2011

Condenada a pagar R$ 150 mil de indenização por dano moral à apresentadora da Rede Globo Xuxa Meneghel, a Editora Gráfica Universal pretende recorrer da decisão. Segundo a advogada Rafaella Marcoloni, representante da gráfica que emite o jornal Folha Universal, a questão será levada para “uma análise mais apurada do Tribunal, para um julgamento colegiado”.

O julgamento, em primeira instância, foi conduzido pela juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca.

Rafaella critica o vazamento do resultado do processo antes mesmo da publicação e diz que foi supreendida ao tomar conhecimento da sentença pela imprensa não oficial. “Isso me causou estranheza”, afirma, dizendo-se “preocupada” com o fato.

A gráfica acabou condenada em razão de reportagem publicada na Folha Universal, jornal da igreja fundada pelo Bispo Edir Macedo. A matéria, baseada na “tese” controversa do pastor Josué Yrion, um missionário radicado nos Estados Unidos, famoso pelo discurso polêmico, vinculava a apresentadora ao “satanismo”, afirmando que ela teria vendido a alma para o demônio por US$ 100 milhões.

De acordo com Rafaela, que fala em nome do Kamenetz e Haimenis Advogados Associados, essa não expressa a opinião da Folha Universal. Ela argumenta que a informação não era inédita e que outros veículos já haviam levantado a mesma questão.

– Se houvesse algum algum comentário em relação àquilo, aí, sim, seria considerado um abuso no direito de informar. No caso específico da matéria, o que se teve foi uma reprodução fiel do que foi dito por esse pastor. As palavras dele foram reproduzidas pelo jornal. A história (sobre o “pacto” com Satanás) corre há algum tempo.

Na avaliação dela, “não houve maledicência” por parte da Folha Universal .

– O texto não emitiu julgamento. Aliás, se emitiu um julgamento foi até de forma favorável à autora (Xuxa), porque diz que o enredo seria a trama de um filme de terror, entre aspas. Então, demonstra, de forma implícita, que a história seria inverídica, fantasiosa. O fato de ser uma lenda urbana ou o produto da loucura de um terceiro não impede que ela seja divulgada. É essa a liberdade que a imprensa busca. Foi gerada uma confusão, como se aquela opinião tivesse sido proferida pela voz da Igreja Universal através de seu jornal.

A assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) informou que a sentença não será publicada na íntegra a pedido da apresentadora, acatado pela Justiça “porque Xuxa é pessoa pública”. Já sobre o vazamento, disse que não tem nada a dizer.

“liberdade com responsabilidade”

Na interpretação da juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, a publicação se baseou em especulação e não deu voz a Xuxa. A magistrada destacou que “toda liberdade de imprensa deve ser exercida com responsabilidade”.

– O que a ré parece não saber, embora, ironicamente, seja gráfica de uma igreja é que quem publica o que quer, com manchete sensacionalista e texto estapafúrdio sobre ‘famosos que teriam se deixado seduzir pelo mal’ e monta fotos, legendando-as com palavras que evocam um suposto culto da autora pelo diabo, deve ser responsabilizado pelo dano moral causado, agravando-se tal situação por ser a autora pessoa que tem seu público, sobretudo, no meio infantil e infanto-juvenil, que é mais facilmente ludibriável, sentenciou a magistrada, de acordo com informação do site do TJ-RJ.

No processo, a apresentadora declarou ser “uma pessoa de muita fé” e alegou que tem uma “imagem a zelar”, conforme informação do TJ-RJ.

A gráfica foi condenada também a publicar, na primeira página da próxima edição após o trânsito em julgado da ação, no mesmo periódico, o seguinte: “em desmentido da publicação do exemplar 855 de 24 de agosto de 2008, Maria da Graça Xuxa Meneghel afirma que tem profunda fé em Deus e respeita todas as religiões”.

Nas previsões semestrais, o Banco Mundial revela-se alarmado com um regresso ao aumento dos preços e prevê um crescimento desacelerado para a economia do global este ano.

A economia mundial vai avançar a um ritmo mais lento este ano e os países em desenvolvimento vão continuar a crescer mais do que os países ricos, segundo as contas do Banco Mundial.

Depois de ter avançado 3,9 por cento no ano passado, o PIB global não vai além dos 3,3 por cento de crescimento este ano e no próximo vai conseguir recuperar ligeiramente para uma subida de 3,6 por cento.

No mapa do crescimento previsto pelo Banco Mundial, a economia dos países em desenvolvimento vai também recuar nos próximos meses, e ficar-se por um avanço de seis por cento.

Ainda assim estas zonas do globo vão continuar a crescer mais de duas vezes em relação aos chamados países ricos.

O Banco Mundial aproveita para aplaudir este desenvolvimento das economias emergentes, mas avisa que é urgente tomar medidas e alterar políticas internas, caso contrário os problemas do desemprego e as fraquezas do sistema financeiro vão continuar a pôr em causa o crescimento.

(Com informações do portal europeu TSF)

jan
13
Posted on 13-01-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 13-01-2011


====================================================

Paixão, para Gazeta do Povo (PR)

Deu na coluna Laser da Tribuna da Bahia

Procissão

Há muito de forçação de barra na anunciada participação de políticos nesta Lavagem do Bonfim que se realiza hoje, unindo o sagrado e o profano, o popular e o público, o político e o espontâneo. Como não se trata de um ano eleitoral, aquele preferido para avaliar a popularidade das lideranças da política e, ao mesmo tempo, dar-lhes visibilidade, a festa de hoje, pelo menos do ponto de vista político, deve ter pouca representatividade política, congregando poucas expressões do universo político baiano. O deputado federal Geddel Vieira Lima chegou das férias dos Estados Unidos e deve estar à frente da comitiva do PMDB. Já o governador Jaques Wagner vai estar à frente do cortejo oficial. Em todo o caso, não deixará de ser estimulante ver a procissão que os políticos encenam, desta vez sem a presença das carroças puxadas por animais, cuja participação na festa foi vetada por uma decisão judicial de caráter verdadeiramente inovador.
======================================================
Bahia em Pauta comenta:

No dia do tradicional cortejo da Lavagem do Bonfim, uma das mais siginificativas e famosas festas do ciclo popular de Salvador, o prefeito João Henrique de Barradas Carneiro, que nem gosta tanto assim de viajar, pegou um avião o voou para Brasília.

Do Planalto Central – sem subir mais uma vez a Colina Sagrada – o prefeito declarou que trata “de interesses da cidade”. Isso exatamente no dia em que a presidente Dilma voa para o Rio de Janeiro e a maioria de seus ministros está voltada para a tragédia causada pelas chuvas no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Perguntar não ofende: De que interesses, efetivamente, o prefeito de Salvador foi tratar em Brasília no dia da Lavagem do Bonfim?

Na verdade, parece mais uma fuga. Mais uma, por sinal.

(Postado por Vitor Hugo Soares)

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31