jan
11
Postado em 11-01-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 11-01-2011 10:02


SP: uma cidade alagada
======================================================
O temporal que caiu sobre São Paulo na noite de ontem e madrugada de hoje, deixa rastro de caos, desespero e dor na maior cidade do Brasil. Segundo dados mais recentes , o número de pessoas que morreram por causa das fortes chuvas da madrugada desta terça-feira (11) subiu para 14. A informação é do Corpo de Bombeiros da capital paulista.

Pelas informações oficiais, cinco mulheres morreram em um soterramento de terra sobre residência em São José dos Campos; outras cinco pessoas foram vítimas de desabamento em Mauá; duas pessoas, mãe e filha, morreram na zona norte da capital paulista após o desmoronamento da casa onde estavam; uma pessoa morreu soterrada em Embu; e um afogamento foi registrado em Mogi das Cruzes.

De acordo com o portal UOL (do grupo Folha de S. Paulo), a chuva provoca caos na cidade de São Paulo . Os bombeiros atenderam a 12 chamados para desabamentos de terra até as 6h de hoje.

Cidade alagada

Às 10h, a cidade de São Paulo ainda registrava seis pontos de alagamentos intransitáveis em consequência dos temporais. No momento, há, no total, 17 pontos alagados na capital.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), as regiões que concentravam os piores pontos de alagamento até o horário eram o centro, zona norte (Casa Verde, Freguesia do Ó, Santana), zona oeste (Lapa), marginal Tietê e zona leste (Mooca). Veja no site do CGE toda a lista de alagamentos ativos em São Paulo no momento.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) pede aos motoristas que evitem a região da marginal Tietê hoje. O rodízio de veículos foi suspenso na capital paulista, segundo a assessoria de imprensa do órgão. Segundo a CET, a decisão vale para todo o dia. Além disso, a marginal Pinheiros e a avenida dos Bandeirantes estão liberadas até meio-dia para a circulação de caminhões.

O CGE informou nesta manhã que o balanço da chuva em toda a cidade no período ainda não foi contabilizado, mas até meia-noite de ontem choveu 52 mm na capital paulista, com destaque para a região central (Consolação). O esperado para todo o mês é de 239 mm.

Seis regiões da cidade, dentre elas as subprefeituras do Butantã, Sé, Lapa, Freguesia do Ó e M’ Boi Mirim, deixaram o estado de alerta às 4h40 da madrugada desta terça-feira, segundo informações do CGE. De acordo com o centro, permanecem em estado de alerta apenas a marginal Tietê. A zona norte continua em estado de atenção. O restante da cidade está apenas em estado de observação.

Durante a madrugada ocorreu transbordamento do rio Tietê na altura do posto da Dutra, por volta da meia-noite, e na altura da ponte do Piqueri, por volta das 00h40. Também ocorreu transbordamento da Barragem Móvel às 00h30 e transbordamento no Limão às 0h.

Às 9h da manhã, ainda havia chuva leve e chuviscos em pontos isolados da cidade, de acordo com o CGE, que destaca ainda que podem ocorrer novos alagamentos ao longo do dia.

A cidade segue em estadido de alerta, pois a meteorologia prevê mais chuvas para hoje no período da tarde.

(Postado por Vitor Hugo Soares , com informações do portal UOL e Radio Band News-FM-Salvador)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31