Messi e Marta: os melhores do planeta bola

====================================================

deu no IG

O argentino Messi e a brasileira Marta conquistaram o prêmio Bola de Ouro da Fifa de melhores jogadores de futebol. Leonel Messi levou o título pelo segundo ano seguido. Marta recebe troféu pela 5ª vez consecutiva :

MESSI, O CRAQUE-IMIGRANTE

O talento e o acumulo de feitos na precoce carreira fizeram Lionel Messi quebrar uma tendência. Desde que o prêmio da Fifa foi criado, um campeão da última Copa levou o prêmio de Bola de Ouro da Fifa. Apesar de não ter feito uma Copa genial, a Argentina foi eliminada nas quartas de final, o atacante levou o Bola de Ouro da Fifa e da revista France Football. Eleito por técnicos, jogadores e jornalistas, Messi ganhou o prêmio pela segunda vez consecutiva.

Desde que foi criado o prêmio da Fifa, em anos de Copa, o troféu sempre ficou nas mãos de um jogador campeão mundial. Romário levou em 1994, Zidane em 1998, Ronaldo em 2002 e Cannavaro. O Bola de Ouro, que foi fundido com o prêmio da Fifa no último ano, também seguia a mesma tendência, desde que atletas não-europeus também passaram a concorrer, em 1995.

“Craque-imigrante”, Messi é novamente o melhor
Marta é escolhida melhor do mundo pela 5ª vez
Premiação da Fifa tem brasileiros e fatos inusitados
Twitter do iG Esporte: Notícias, vídeos e opinião
iPhone: Baixe aplicativo de futebol em tempo real
Última premiação a ser divulgada na noite de gala da Fifa, a escolha do melhor jogador foi anunciada por Pep Guardiola, técnico do Barcelona. A cerimônia foi marcada por efeitos especiais. Enquanto o locutor lia os nomes dos três concorrentes, imagens tridimensionais dos jogadores apareciam no telão.

No discurso, depois de receber o trofeu, Messi admitiu estar surpreso com a escolha. “Não esperava vencer. Queria dividir isso com os meus companheiros. Sem eles não estaria aqui. Quero dividir também com todos os torcedores do Barcelona. Muito obrigado!”, afirmou.

A eleição do argentino foi apertada. Messi obteve 22,65% dos votos. Andrés Iniesta ficou na segunda colocação, com 17,36% e Xavi em terceiro com 16,48%.

=========================================
MARTA, UM ANO ESPECIAL

Pelo quinto ano seguido a brasileira Marta foi escolhida a melhor jogadora do mundo. Em evento realizado nesta segunda-feira, em Zurique, na Suíça, ela superou as alemãs Birgit Prinz e Fatmire Bajramaj (sérvia naturalizada) e se consolidou como a jogadora que mais vezes ganhou o premio, inclusive entre os homens. No masculino os maiores vencedores, Zidane e Ronaldo, têm três conquistas. Pela primeira vez a Fifa e a revista “France Football” uniram o prêmio, que passou a se chamar “Bola de Ouro da Fifa”.

“Alguém chegou para mim e falou que eu teria que chorar porque senão a emoção não seria a mesma. E estou eu aqui chorando de novo. Foi um ano muito especial porque consegui títulos importantes pelo times que passei, não joguei só em um, e por ter sido escolhida embaixadora da ONU (Organização das Nações Unidas)”, disse Marta, emocionada. A brasileira teve 38,2%, contra 15,9% de Prinz e 9,9% de Bajramaj (as demais votadas não foram divulgadas). Ela venceu em todas as categorias de votantes – jornalistas (13,25%), capitãs (12,62%) e treinadores (12,3%). A Fifa divulgou que Jorge Luiz Rodrigues, técnico da seleção brasileira feminina, votou em Marta, apesar de a entidade vetar que se escolha atletas do mesmo país.

Com 24 anos, Marta se consolidou ao jogar no futebol sueco, no Umea, por quatro anos (de 2004 a 2008), mas a decisão de jogar na liga norte-americana já a fez passar por algumas equipes (Los Angeles Sol, que encerrou as atividades em janeiro de 2010, e Gold Pride, de Santa Clara) e dois empréstimos ao Santos, o último para o início de 2011. Apesar de se declarar corintiana (Marta é natural de Dois Riachos, em Alagoas), ela conquistou a Copa do Brasil e a Libertadores feminina pelo Santos em 2009.

No currículo de Marta, falta um título importante com a seleção brasileira. Apesar de ter impressionante marca de 56 gols em 55 partidas, mais de um por partida, mas que não resultaram em títulos importantes. Foram duas medalhas de prata nos Jogos Olímpicos (2004 em Atenas e 2008 em Pequim) e o vice-campeonato mundial em 2007, ao perder a decisão para a Alemanha.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31