Karen: uma história confusa

Desaparecida desde sexta-feira (31), a psicóloga Karen Tannhauser foi encontrada na tarde desta segunda-feira (2) dentro do porta malas do carro da síndica na garagem do edifício onde mora, em estado de choque. O prédio fica no Jardim Botânico, bairro da zona sul do Rio.

Segundo policiais, a psicóloga estava perambulando pela garagem do prédio e só entrou na mala do carro, um Palio Weekend, na tarde desta segunda-feira. A síndica teria deixado o porta malas meio aberto, o que possibilitou que Karen, que é pequena e magra, se escondesse lá. Foi o marido da síndica que encontrou a psicóloga quando ia buscar uma caixa de ferramentas no veículo. Ela estaria completamente suja e muito perturbada.

“Ela está viva e acordada. Se está bem é o que vamos ver depois”, disse uma mulher que apenas se indentificou como parente de Karen.

A psicóloga está internada agora no hospital Miguel Couto, na Gávea, zona sul da cidade, onde passa por exames. Segundo seu namorado, que é médico, ela já estava deprimida há duas semanas. Desde que saiu do carro, Karen estaria se comportando de forma agressiva, impedindo que os policiais se aproximem. “Não quero ninguém perto”, repete a todo momento.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31