jan
01
Postado em 01-01-2011
Arquivado em (Artigos) por vitor em 01-01-2011 22:52

Marcela: sucesso na posse e no twitter

===========================================

DEU NO TERRA

Enquanto a primeira presidente do Brasil discursava e recebia a faixa do ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva, outra mulher atraiu os olhares durante a cerimônia de posse. Marcela Tedeschi Temer, mulher do vice Michel Temer, despertou a curiosidade dos que assistiam o ato em Brasília. O sucesso foi tanto que a nova vice-primeira-dama chegou ao segundo lugar nos trending topics do Twitter (lista dos assuntos mais comentados no microblog) no Brasil e à sétima posição no mundo.

Temer se casou com Marcela em 26 de julho de 2003 em uma cerimônia discreta, para apenas 12 convidados, após menos de um ano de namoro. A jovem, então com 20 anos, prestaria vestibular para Direito e conheceu o novo vice-presidente da República em uma convenção em Paulínia.

Na época, Michel Temer afirmou que o tio e a mãe de Marcela, que a acompanhavam na ocasião, pediram para tirar fotos com ele. Temer solicitou então o telefone da jovem. Após diversos encontros, jantares e viagens, pediu a mão da moça em casamento. Juntos há sete anos, o casal tem um filho, Michelzinho, de 2 anos.

Das passarelas para Brasília

Jovem de classe média do interior paulista, Marcela Tedeschi sempre gostou do mundo do glamour e da moda. Filha de um microempresário e de uma dona de casa, começou a trabalhar em 2002 como recepcionista de um jornal da cidade de Paulínia, a 126 km de São Paulo. Alta, magra e bonita, a jovem tinha o sonho de ser modelo. Convidada pelo dono do jornal, que organizava concursos de beleza, Marcela disputou naquele ano o título de miss Paulínia e terminou com o segundo lugar. Pouco tempo depois, tentou o miss Campinas, do qual saiu vitoriosa, com uma das 32 vagas para disputar o Miss São Paulo. Foi vice-campeã, mais uma vez.

Pouco tempo depois, conheceu Temer, na época com 61 anos, deputado federal e presidente do PMDB. Por causa da relação com o peemedebista, que já dura sete anos, Marcela deixou o sonho de ser modelo de lado. Desde então, sua marca tem sido a discrição. Registros da agora vice-primeira-dama só são feitos em eventos aos quais comparece acompanhando o marido.

Sucesso no Twitter

Durante a transmissão da posse, tuiteiros famosos e anônimos ficaram impressionados com a beleza da mulher do vice-presidente do Brasil. E fizeram brincadeiras sobre a diferença de idade entre os dois, de 42 anos. “A mulher do Temer é como o PT, obviamente está com ele por amor, jamais por interesse”, disse Danilo Gentili. Marcelo Tas escreveu no microblog: Wikileaks Brasil trabalhando no feriado: foto de Marcela, a já famosa babe do Temer em traje miss”. “Nós não temos a Carla Bruni mas temos a marcela temer! Estamos bem na fita!”, postou Otávio Mesquita. “Queremos Marcela Temer na Playboy de fevereiro… RT”, escreveu a internauta @azoica.

Be Sociable, Share!

Comentários

marisa on 21 agosto, 2016 at 20:25 #

Organização criminosa no Brasil utiliza dispositivo de envio de voz para o crânio humano para torturar pessoas, o equipamento permite a escuta e o monitoramento dos pensamentos e a transmissão de sons da fala para o cérebro da vítima. Os criminosos utilizam uma conexão através de micro – ondas invisível com os cérebros das pessoas, proporcionando o acompanhamento constante e vigilância silenciosa. Eles podem ouvir o que ouvimos, vemos e até mesmo ler nossos pensamentos, vigilância total de qualquer um, em qualquer lugar do país. Esta arma está sendo usado como instrumento de tortura não rastreável e arma letal. Ao interagir com o cérebro, os operadores podem transmitir sons inexplicáveis, vozes, imagens, cheiros e gostos, e causar numerosas dores e sensações por todo o corpo. Estas incluem a sensação de corrente elétrica e as vibrações zumbido nos ouvidos sensação de clicks intracraniano. As vítimas são submetidas a privação do sono e intensa tortura física e psicológica em uma tentativa de empurrá los ao suicídio ou violência. Exausto desorientado e apenas tentando sobreviver a tortura, as vítimas são extremamente vulneráveis a qualquer coisa. Esse aparelho de perseguição organizada está sendo usado contra cidadãos brasileiros desde a década de 1980 e tem a capacidade de acompanhar, monitorar, assediar e ameaçar pessoas em todo o país. Seus números e enorme alcance sugerem o envolvimento do crime organizado. Milhares de pessoas em todo o mundo são vítimas de perseguição organizada e tortura e tem os seus direitos constitucionais e humanos sob ataque suas carreiras relacionamentos saúde e vidas destruídas atrocidades indescritíveis estão sendo cometidas crimes contra a humanidade tal como definido pelas Nações Unidas. Leiam o texto da Dra.Rauni – Leena sobre Implantes de Microchip e Cibernética. https : / / sites.google.com / home / controlemental / voz – intracraniana.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31