Assange: metralhadora giratória/Reuters-JN

=========================================================
O polêmico e expolosivo portal Wikileaks causa estragos em várias partes do mundo – dos Estados Unidos ao Brasil – e promete fazer muito mais.Um grande banco norte-americano é o próximo alvo do portal, segundo declarações do seu criador , Julian Assange. No início do próximo ano, serão revelados milhares de documentos comprometedores, ele avisa, enquanto Hugo Chávez, da Venezuela, pede a demissão de Hillary Clinton.

Assange não identificou o banco, mas garantiu que é uma grande instituição ainda em atividade nos Estados Unidos da América.
“Esta divulgação dará um conhecimento interno, verdadeiro e representativo acerca da forma como os bancos se comportam ao nível executivo. Creio que irá dar lugar a investigações e a reformas” – declarou, Julian Assange em entrevista à revista norte-americana “Forbes”, ontem publicada.

O fundador do portal Wikileaks está convencido que, depois da divulgação de centenas de milhares de documentos classificados, haverá uma investigação sobre o banco em causa e uma revisão sobre o funcionamento do sistema bancário.

Assange reconheceu ainda que a crescente popularidade do Wikileaks tem permitido aceder a mais informação confidencial.

“O império ficou nu”

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, felicitou, ontem, a “coragem” do Wikileaks por divulgar documentos secretos dos EUA, alguns dos quais fazem referência ao seu país e instou a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, a demitir-se.

Chávez explicou que Washington deve “responder ao Mundo e não começar a atacar”, acrescentando que ficou descoberta a maneira como gere a sua política externa. “O império ficou nu, não sei o que farão os Estados Unidos”.

(Com informações do diário português Jornal de Notícias e agências internacionais de notícias)


=====================================================
Beth Carvalho em show antológico no Teatro Castro Alves, em Salvador. Trechos do DVD com participações de Danilo Caymmi, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Daniela Mercury entre outros. Acervo do site www.ziriguidum.com

MARAVILHA!!!

(VHS)

dez
01
Posted on 01-12-2010
Filed Under (Charges) by vitor on 01-12-2010


===============================================
Sinfrônio , no Diário do Nordeste (CE)

dez
01

Heraldo Rocha, do DEM…

…e Marcelo Nilo: Prêmio Ruy Barbosa

OPINIÃO POLÍTICA

Andorinhas e verão

Ivan de Carvalho

Os integrantes do Comitê de Imprensa da Assembléia Legislativa elegeram ontem, em votação secreta, os quatro deputados que, na opinião da maioria deles, mereceram ser distinguidos com o troféu “Destaque Parlamentar”, concedido a parlamentares de melhor desempenho durante o ano, no caso, 2010.

Só para complementar a notícia. Se algum deputado conseguir a proeza de ser eleito “Destaque Parlamentar” em todos os quatro anos de uma Legislatura, ele, além de ganhar os quatro troféus correspondentes anualmente a esse título de “Destaque Parlamentar”, será distinguido com o Prêmio Ruy Barbosa. Como na atual e findante Legislatura isso aconteceu com dois deputados, o presidente da Assembléia, Marcelo Nilo e o deputado Heraldo Rocha, do DEM e líder da oposição durante os dois últimos anos da Legislatura, ambos ganharam também o Prêmio Ruy Barbosa.

Provavelmente, esta será uma notícia a ser dada, com alguma ou sem nenhuma foto, discretamente, em nota de dois parágrafos nas páginas políticas dos jornais e a ocupar algumas frases em noticiários de emissoras de rádio. Não sei se as emissoras de televisão chegarão a mencionar o assunto. Blogs e sites baianos de jornalismo certamente dedicarão algumas linhas ao registro do fato, mas com discrição semelhantes à dos demais veículos.

Por votação também secreta, no plenário da Assembléia, os deputados vão conferir os prêmios Quintino de Carvalho, Wilson Menezes e Armando Lobracci, respectivamente, aos que, na opinião dos parlamentares, hajam feito a melhor cobertura dos trabalhos da Assembléia na imprensa escrita, no rádio e televisão e nos veículos (sites e blogs) da Internet.

E, mais uma vez, o noticiário a respeito será bem discreto em todos os setores da mídia. Neste caso, com razão e obediência ao bordão de que “jornalista só é notícia quando morre”. Essa regra comporta raríssimas exceções, mas não no caso em foco. Seria o caso se algum jornalista tivesse cerceada a sua liberdade de expressão, de imprensa, ou sido alvo de ataque, represália, ameaça ou pressão por exercer essa liberdade.

No entanto, a pouca atenção da mídia à escolha dos melhores deputados a cada ano decorre de fatores diferentes. É que o Poder Legislativo e especialmente os Legislativos estaduais e municipais perderam – seja pela legislação draconianamente restritiva de suas atribuições, seja por decisão própria de suas maiorias de submissão ao Poder Executivo – a maior parte de sua influência real. Vivem mais nas esferas da fantasia e da formalidade. Assim tem sido durante décadas seguidas, com apenas um ou outro momento que não se enquadra nesse modelo.

No entanto, ao meu ver, pelo menos, erra a mídia quando – na sua função de informar a sociedade e ao mesmo tempo fornecer-lhe elementos de avaliação e captar dela o pensamento a ser expresso – ignora a importância dos esforços e méritos de certo número de parlamentares que não se enquadram na geléia geral e que, até pelo resultado da votação, vão além dos quatro mais votados e, por isto, eleitos e aqui nomeados.

Talvez seja hora de entender que está errado aquele velho ditado popular de que “uma andorinha só não faz verão”. Claro que faz, pelo menos na história humana. Para o bem e para o mal. Buda fez. Ciro fez. Moisés fez. Júlio César fez. Jesus fez. Maomé fez. Lutero fez. São Francisco de Assis fez. Marx fez. Lênin fez. Hitler fez. Stalin fez. Mao Tse-tung também. João Paulo II fez. Gorbachev fez. Yeltsin fez.

Parece (tive essa idéia agora) que a história é conduzida por “andorinhas” que resolvem voar de modo diferente das outras.

Deu no Comunique-se (portal especializado em notícias de bastidores da imprensa)
========================================================
Da Redação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se irritou com a pergunta de um repórter, enquanto participava do fechamento simbólico da primeira de 14 comportas da Usina Hidrelétrica Estreito, no Maranhão, ontem, (30/11). Questionado se sua visita ao Maranhão seria um agradecimento à “oligarquia Sarney” nos oito anos de seu governo, Lula respondeu que a pergunta era preconceituosa e disse que o repórter deveria “se tratar”.

“Uma pergunta preconceituosa como esta é grave, para quem está oito anos cobrindo Brasília. Demonstra que você não evoluiu nada. É uma doença. O Sarney colaborou muito para a institucionalidade. Eu não sei por que o preconceito. Você tem de se tratar. Quem sabe fazer psicanálise, para diminuir um pouco esse preconceito”, respondeu o presidente.

Logo, a governadora Roseana Sarney interferiu.”É preconceito contra a mulher. Eu fui eleita governadora do Maranhão para tomar conta do povo.” Lula completou. “Sarney não é o meu presidente. Ele é o seu presidente do Senado, ele é o presidente do Senado deste País. Eu lamento que não tenha tido evolução (da imprensa).”

O presidente disse que os políticos eleitos devem ser respeitados.”Se você tiver que fazer algum protesto você vai para o Amapá, porque foi lá que o povo elegeu Sarney. E vai para São Paulo, porque o povo elegeu Tiririca. Na medida que a pessoa é eleita e toma posse, ela passa a ser uma instituição e tem que ser respeitada”, afirmou.

(As informações são do Estadao.com )

Pages: 1 2 ... 15 16 17 18 19 20 21 22

  • Arquivos

  • dezembro 2010
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031