dez
16
Postado em 16-12-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 16-12-2010 13:15

DEU NO TSF ( LISBOA)

O recurso contra a liberdade condicional do fundador do WikiLeaks foi rejeitado por um juiz, mas agora terá de ser paga uma caução de 236 mil euros para Julian Assange sair da detenção em Londres.

O juiz Duncan Ouseley decidiu rejeitar o argumento de risco de fuga apresentado pelo Ministério Público britânico, que representa as autoridades suecas no tribunal.

Uma nova razão invocada esta quinta-feira no Tribunal Superior é que o esquadrão de polícia mais próximo da morada oferecida para Assange ficar nos próximos dias estará fechado durante vários dias no período de Natal.

A casa, uma residência de campo com 10 quartos e uma propriedade em redor com 2,4 quilómetros quadrados, fica perto de Bungay, no oeste de Inglaterra, a cerca de 200 quilómetros de Londres.

Foi oferecida por Vaughan Smith, um jornalista e antigo militar, cujo clube de jornalistas em Londres também abrigou o australiano antes da detenção, há nove dias.

O australiano, de 39 anos, foi detido a 07 de Dezembro no âmbito de um mandado de captura europeu emitido pelas autoridades suecas, sob a acusação de um ato de coerção, dois atos de agressão sexual e um de violação, que teriam sido cometidos em Agosto.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2010
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031