dez
11
Postado em 11-12-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 11-12-2010 09:20

Deu no G1

A Justiça de São Paulo decretou a prisão temporária dos quatro homens detidos sob suspeita de envolvimento na morte do prefeito de Jandira, Walderi Braz Paschoalin, de 62 anos. O pedido de prisão foi feito pela polícia ontem (10) e foi deferido na madrugada deste sábado. Os quatro devem ser transferidos a uma unidade prisional.

Segundo a polícia, exames residuográficos constataram a presença de pólvora nas mãos de dois dos quatro suspeitos. Para a polícia, esse é um indícios de que eles podem ter participado do crime. O delegado do setor de homicídios da delegacia seccional de Carapicuíba, Zacarias Katzer Tadros, responsável pela investigação, disse que os quatro presos já tem passagem pela polícia. De acordo com o delegado, eles pertencem ao crime organizado.

A polícia investiga se há ligação do assassinato com a morte de dois vereadores na cidade em julho deste ano – o ex-vereador Waldomiro Moreira de Oliveira, o Mineiro, e o suplente Ivo Aureliano, conhecido como Ivo do Gás.

O Ministério Público investiga a participação de Paschoalin num esquema de pagamento de propina a vereadores para aprovação de projetos de interesse do prefeito. Segundo o MP, Paschoalin, um ex-secretário dele e cinco vereadores estariam envolvidos em um suposto mensalão na cidade. O promotor Roberto Porto ainda aguarda a chegada de extratos bancários dos acusados. Ele suspeita que o esquema de corrupção tenha ligação com a morte de Walderi Braz Paschoalin.

De acordo com a Polícia Civil, o prefeito foi executado e não vítima de um crime político

========================================================

=========================================================
Tragedia e ironia na rádio de Jandira

=============================================
DEU NO COMUNIQUE-SE:

Prefeito de Jandira (SP) é morto quando chegava para apresentar programa de rádio

Izabela Vasconcelos

O prefeito de Jandira (município da Grande São Paulo), Walderi Braz Paschoalin (PSDB), 62 anos, foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira (10/12), em frente à rádio Astral FM, onde o político comandava o programa “Bom Dia, Prefeito”. Seu motorista, Welington Martins, também foi baleado. Inicialmente, a PM havia confirmado a morte do motorista, mas o Hospital das Clínicas informou que ele está em estado gravíssimo e passa por cirurgia.

Segundo uma testemunha, dois homens que estavam de carro dispararam contra o prefeito e seu motorista, por volta das 8h, enquanto chegavam à emissora. O prefeito chegou a ser socorrido e levado a um hospital, mas não resistiu.

Quando foram feitos os disparos, o apresentador Fernando Silva comentava sobre uma festa que o prefeito participou, e chegou a acreditar que os tiros fossem efeitos especiais de fogos de artíficio, já que falava da comemoração.

O prefeito apresentava o programa, todas às sextas-feiras, há mais de um ano. De acordo com o locutor Jacó Ferreira, na atração, Paschoalin respondia a perguntas dos ouvintes e o programa estava sendo muito bem avaliado pela população. “Ele era muito popular aqui na região. Esse crime surpreendeu a todos. Não temos clima para trabalhar”, disse.

Ferreira afirmou que o prefeito tinha uma boa aprovação na cidade e o programa deixou a população mais próxima do político, por isso não entende o que motivou o crime.

De acordo com a Folha.com, os criminosos abandoram um carro Focus prata na saída da cidade. Perto dali, a Polícia Militar deteve dois homens, que possuem histórico criminal.

Paschoalin estava em seu terceiro mandato como prefeito de Jandira. Em 1976, foi eleito vereador. Em 1988, foi eleito prefeito pela primeira vez. De 1997 até 2000 cumpriu seu segundo mandato; e em 2008, foi eleito novamente.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2010
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031