dez
06
Postado em 06-12-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 06-12-2010 13:56

Geddel: o óbvio ululante

=================================================

Deu no site de Chico Bruno

=======================================================

O óbvio ululante (II)

Durante a campanha para o governo da Bahia esse Direto da Varanda insistiu que a candidatura de Geddel Vieira Lima (PMDB) ao governo baiano serviria de ponte para a disputa da prefeitura da Capital.

Em entrevista ao jornal A Tarde, edição de hoje (6), o deputado federal Geddel Vieira Lima responde a essa indagação.

“Sim, vai disputar, vai ter candidato”.

O repórter pergunta se o partido “já tem um nome”. E Geddel explica que “ainda é muito cedo” para definir que será o escolhido.

“Ainda é muito cedo. Mas o PMDB tem muitos nomes com militância política em Salvador, que têm importância no contexto da política da Bahia – e um partido que quer se firmar cada vez mais como alternativa para os leitores de A Tarde, para os eleitores de um modo geral, tem que ter posições, tem que participar do debate político, tem que apresentar propostas, fazer críticas, sofrer críticas, tem que se colocar como alternativa político administrativa.”

O repórter não especula se esse nome poderia ser o do entrevistado e pula para outra questão.

Mas está claro que o nome mais vistoso e com “recall” da última campanha eleitoral para disputar a prefeitura de Salvador é o de Geddel.

Novamente, o óbvio ululante, uma criação de Nelson Rodrigues, se faz presente nas páginas de A Tarde.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2010
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031