O advogado de Julian Assange revelou esta segunda-feira em entrevista à BBC de Londres que o pedido de extradição emitido pelas autoridades suecas destina-se a «interrogar» o seu cliente, não tendo sido o fundador do Wikileaks acusado de nada.

O advogado de Julian Assange negocia um encontro voluntário do fundador do Wikileaks com a polícia britânica, revelou o representante legal de Assange na entrevista à BBC.

Mark Stephens disse ter sido informado pela polícia que as autoridades «tinham recebido um pedido de extradição da Suécia», onde Assange é acusado de assédio sexual por duas mulheres.

Segundo o advogado de Assange, o pedido de extradição emitido pelas autoridades suecas «é para interrogar» o fundador do Wikileaks, não o «acusando de nada».

Stephens esclareceu ainda que o encontro do seu cliente com a polícia britânica ocorrerá num «futuro próximo», não tendo sido anunciada a data exacta.

(Informações do portal europeu TSF)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2010
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031