nov
23

Deu no Comunique-se  (portal especializado em notícias de bastidores da im prensa)

Izabela Vasconcelos

Após a polêmica Falha de S.Paulo, que fazia paródia do jornal Folha de S.Paulo, um internauta criou um gerador de manchetes para fazer paródia do veículo. Na página, com o layout do jornal, há um espaço para que o internauta crie a manchete. Após criar o título, o site oferece um link da imagem. Além disso, a página permite que o gerador de manchetes possa ser baixado e incorporado em outros sites.

O recurso é parecido com o que havia na Falha de S.Paulo, que saiu do ar por determinação da Justiça, que atendeu o jornal. No processo, a Folha alega que o site fazia uso indevido da marca do veículo. Depois disso, outros sites reproduziram alguns textos do extinto blog, para manter a crítica no ar. No entanto, o jornalista Lino Bocchini, que criou o Falha de S.Paulo, ao lado de seu irmão Mario, nega envolvimento nas novas paródias.

“Nós tínhamos algo parecido, mas não temos nada com isso. Não sabemos quem criou. Há um monte de sites parecidos”, explicou Lino, que já apresentou sua defesa contra o processo.

O site dos dois jornalistas ficou pouco mais de vinte dias no ar. Para não arcar com uma multa diária de R$ 1.000, no dia 03/10 os blogueiros decidiram retirar o site do ar, além de perfis no Twitter e canal de vídeos do YouTube. No entanto, a decisão da Justiça não impediu que sites similares se espalhem pela web.

A advogada Tais Gasparian, que representa a Folha, ainda não foi localizada para comentar o caso.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2010
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930