out
27
Postado em 27-10-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 27-10-2010 21:21

Irmã Dulce com o Papa João Paulo II na Bahia

==================================================
DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Eric Luis Carvalho

O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, cardeal Dom Geraldo Majella Agnelo, em coletiva realizada nesta quarta-feira (27), na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), no Largo de Roma, anunciou que um milagre de Irmã Dulce foi reconhecido pelo Vaticano e a beatificação – processo anterior ao de santificação – , da religiosa baiana deve ser concluído até o final deste ano.

Segundo Dom Geraldo, a Comissão Científica do Vaticano reconheceu juridicamente um milagre, etapa necessária para se chegar ao patamar de beata. O milagre em questão, ocorreu quando uma mulher que sofreu uma intensa hemorragia durante um trabalho de parto, teria sido salva graças às preces da família à Irmã Dulce.

De acordo com o cardeal resta apenas a assinatura do Papa Bento XVI no processo, o que deverá ocorrer até o mês de dezembro, quando será realizada uma cerimônia de beatificação na capital baiana com a participação do presidente da Congregação para a Causa dos Santos, o arcebispo italiano Dom Angelo Amato.A data ainda não foi divulgada.

Com isso, Irmão Dulce, torna-se a primeira baiana a se tornar beata, Para ser canonizada, é necessário a comprovação de mais dois milagres intercedidos por Irmã Dulce e reconhecidos pelo Vaticano. O pedido de beatificação de Irmã Dulce começou em janeiro do ano 2000 pelo próprio Dom Geraldo Majella e desde 2001, tramitava na Congregação das Causas dos Santos do Vaticano.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos