out
23
Postado em 23-10-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 23-10-2010 15:02

Edison Peña: sinais de angústia/imgDN

=====================================================
DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (LISBOA)

O mineiro Edison Peña, um dos 33 homens que no início do mês foram resgatados da mina de São José, numa operação espectacular seguida em todo o mundo, teve de ser hospitalizado na quarta- -feira à noite, em Copiapó, devido a uma crise de ansiedade, noticiou ontem o jornal La Tercera.

Peña, de 37 anos, era um dos mineiros que os médicos mais temiam que entrasse em crise, pois ao longo dos mais de dois meses que passou enclausurado a 700 metros de profundidade, exprimiu as suas dificuldades em suportar a situação nas cartas que enviou à família. Além disso, passava muito tempo correndo, mesmo quando já tinha os pés em ferida.

Este mineiro, também conhecido por ser fã de Elvis Presley, “apresentava sinais clínicos de angústia severa e nós considerámos necessário colocá-lo sob sedativos”, disse ao jornal Jorge Diaz, médico da Associação Chilena de Segurança, que segue os mineiros.

Ao longo dos últimos dias, Peña, que do lado de fora continuou a praticar o seu exercício físico, apresentava instabilidade anímica, crises de angústia e ainda uma grande falta de motivação, notaram os médicos com alguma preocupação. O mineiro tinha vários convites para participar em eventos desportivos nos próximos dias e, por isso, deveria receber alta ontem, continuando a ser seguido por médicos em Santiago do Chile.

Após o resgate da mina de cobre e ouro de San José, a maioria dos mineiros recebeu alta hospitalar nas 48 horas seguintes. Os médicos recomendaram a todos que repousassem pelo menos 15 dias, conselho que a maior parte deles não respeitou. Isto por causa das múltiplas solicitações para participar em eventos públicos e até para dar entrevistas aos media, a troco de quantias milionárias. Peña, solteiro e sem filhos, mostrou sinais de angústia quando estava a discursar na terça-feira numa festa em honra dos mineiros e também numa emissão televisiva que foi difundida sexta-feira.

Além de estarem preocupados com este mineiro, os médicos estão igualmente atentos a outros cinco a seis que têm consumido demasiado álcool. “Estamos a falar de cinco a seis pessoas que tiveram problemas de álcool, nomeadamente durante as últimas comemorações. E isso não ajudou a [melhorar] o estado de saúde dos trabalhadores”, explicou o médico Jorge Diaz.

Entretanto, o La Tercera noticiou que na próxima semana será definida a direção da sociedade comercial que os mineiros vão criar para gerir o seu dinheiro e as suas atividades. O jornal chileno diz que entre os nomes mais falados para dirigir essa mesma sociedade comercial estão os dos mineiros Luis Urzúa, Mario Sepúlveda e ainda Franklin Lobos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos