out
21
Postado em 21-10-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 21-10-2010 21:30

Um dos livro da biblioteca…

…do grande poeta português

Deu no PÚBLICO, de LISBOA
======================================================
Os livros da biblioteca particular do poeta Fernando Pessoa estão disponíveis gratuitamente online desde hoje à tarde no site da Casa Fernando Pessoa. “Mais gente vai ter acesso a este espólio, mais gente vai poder estudá-lo e mais Pessoanos vão nascer”, disse o presidente da câmara, António Costa, na cerimónia de apresentação do projeto em Lisboa.

Depois da digitalização, continuará a ser feito o restauro das obras. Em Novembro será lançada pela Casa Pessoa, a revista Pessoa (substituindo a Tabacaria) e realizar-se-á o segundo congresso dedicado ao escritor no Teatro Aberto, dias 23 a 25.

Até agora, só uma visita à Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, permitia consultar este acervo que é “riquíssimo”, mas com o site, bilingue (português e inglês, e disponível em http://casafernandopessoa.cm-lisboa.pt ) em qualquer lugar do mundo, com uma ligação à Internet é possível consultar, página a página, os cerca de 1140 volumes da biblioteca, mais as anotações – incluindo poemas – que Fernando Pessoa foi fazendo nas páginas dos livros. “Manuscritos que muitas vezes se deterioram com o tempo, pois muitos deles foram feitos a lápis”, disse Inês Pedrosa. Por isso já começaram o restauro destas obras. “Alguns já estão restaurados, pedimos um orçamento à Fundação Ricardo Espírito Santo e estamos agora à procura de outra instituição para o pagar”, disse ao PÚBLICO a escritora. Em Novembro, realiza-se o 2º Congresso Internacional Fernando Pessoa e no dia 23 será lançada a revista, trimestral e bilingue, de literatura e ensaio.

Tudo começou em 2008 quando o investigador e estudioso da obra de Fernando Pessoa, Jerónimo Pizarro, propôs à diretora da Casa Pessoa, Inês Pedrosa, que se fizesse a digitalização dos livros que pertenceram ao poeta. Estão disponíveis em PDF e JPG e na íntegra. A Fundação Vodafone Portugal apoiou a iniciativa com 77 mil euros e assim foi possível concretizar o sonho de Pizarro: “Tornar Pessoa ainda mais universal e ter a sua biblioteca aberta ao mundo inteiro”, disse o investigador que na cerimónia recebeu a medalha de mérito municipal, atribuída por António Costa.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos