out
21
Postado em 21-10-2010
Arquivado em (Artigos, Ivan) por vitor em 21-10-2010 10:06


=====================================================================

Esta quinta-feira, 21, em seu artigo na Tribuna da Bahia, o comentarista político Ivan de Carvalho analisa a agressão sofrida ontem por Jose Serra, candidato do PSDB à presidência da República, quando participava de uma caminhada política em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. “Se fosse um caso isolado, único, solitário, não haveria provavelmente razão para a sociedade pensar muito a respeito. Mas não é bem assim que acontece,”diz Ivan no texto que Bahia em Pauta reproduz.
(VHS)

=====================================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Subterrâneos de um ataque

Ivan de Carvalho

O candidato da oposição a presidente da República, José Serra, foi agredido ontem por um grupo de militantes do PT quando fazia uma caminhada em Campo Grande, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Foi atingido por um rolo de adesivos na testa, logo acima do olho direito, queixou-se de náuseas e tonturas, colocou gelo para amenizar a dor e foi levado ao Hospital Samaritano, na zona sul do Rio.

Não havia ferimento aparente, mas o médico Jacob Kligerman, por precaução, determinou uma tomografia, que não revelou anormalidades. O médico recomendou repouso por 24 horas, o que levou o candidato a cancelar o restante da agenda do dia, incluindo um evento que seria realizado ontem à tarde no estádio do Maracanã.

Bem, na minha opinião, este é o principal fato de ontem na política brasileira, por mostrar a que tipo de ação está disposta a militância de pelo menos um dos principais partidos – exatamente a do partido que detém o Poder Executivo federal e a maioria do Congresso Nacional e se propõe a continuar nesta situação.
Certamente exagerando, pelo menos por enquanto, mas sem expressar um despropósito, o candidato, naquele momento que se seguiu à agressão continuada de que estava sendo alvo (o noticiário está à disposição do leitor em toda a mídia), o candidato da oposição fez uma afirmação que deve dar o que pensar à sociedade brasileira: “O PT tem tropa de choque. Não sei se foi previsto ou não, mas eles fazem no piloto automático. Lembra a tropa dos nazistas? É típico de movimentos fascistas”.

Se fosse um caso isolado, único, solitário, não haveria provavelmente razão para a sociedade pensar muito a respeito. Mas não é bem assim que acontece. Estão aí outros movimentos que partem com muita naturalidade para a violência, que visa a dominar, a submeter pela intimidação e, se necessário, pela força mesma.

O MST é no país (apesar de estar tão quieto e bem comportado nesse período eleitoral para não atrapalhar a candidatura petista à presidência da República) o exemplo maior do uso da violência para atingir objetivos que a lei desautoriza. Todas as pessoas que têm um mínimo de informação política não seriam inteligentes se vissem no MST qualquer outra coisa que não um movimento revolucionário – fundado na força e na rejeição à Constituição e a todo o sistema jurídico nacional – em desenvolvimento gradual.

Por enquanto tem-se visto que o MST usa instrumentos de trabalho (foices, enxadas, machados, ancinhos, facões, como armas, para intimidar ou até mais, não se podendo omitir, no entanto, que espingardas de caça integram o arsenal exibido, no qual não aparecem ocultos revólveres, raros, por enquanto). Momento chegará em que, se tiver como, o MST trocará a espingarda pelo fuzil e a foice, não pelo martelo, mas pela metralhadora. Ah, não temo ser processado pelo MST ao falar desse eventual futuro sombrio, pois o MST, espertamente, não tem personalidade jurídica. Para fugir à ação da Justiça.

Ora, ninguém ignora a simbiose existente entre o PT e o MST, como ninguém razoávelmente atento aos “movimentos sociais” pode ignorar os filhotes que o MST vem regularmente parindo, a exemplo do outro MST, o Movimento dos Sem Teto, para eventualmente ajudá-lo na tarefa revolucionária a que se propõe.

Be Sociable, Share!

Comentários

marco lino on 21 outubro, 2010 at 17:40 #

Caro Carvalho,

Estava disposto a dar um pitaco sobre a criminalização dos movimentos sociais, sobre fato político e, na esteira do “fascismo”, dizer que o governo do Estado de São Paulo trata seus servidores grevistas (inclusive professores) a base de bomba e como caso de polícia. Mas, relendo teu texto, vi, na segunda linha do segundo parágrafo, a informação que a tomografia não tinha revelado “anormalidades” no crânio do tucano… Inconscientemente deixei escapulir um sorrisinho irônico… e desisti de “pitacar”.
Abs


Jader Martins on 21 outubro, 2010 at 18:42 #

O twitter sobre a bolinha de papel hoje está impagável:

Del_Pozzo Gilberto Del’ Pozzo
#Fodeo RT @livino #Folha de S. Paulo:Polícia encontra pacote com 500 folhas de papel A4 em comitê de Dilma #BolaDePapelFacts #bolinhadepapel

caio_feitosa Caio Feitosa
BOMBA: Serra diz que cidadão que for pego portando papel será indiciado por porte ilegal de arma. #serrafacts

mozartfaggi mozart
Ultimo boletim médico: Serra não tem nada na cabeça. #SerraRojas #bolinhadepapel

livino Livino
Militante que atirou #bolinhadepapel em Serra é condenado a uma semana sem recreio. #BolaDePapelFacts

fabconde Fabricio Condé
#BolinhaDePapel: R$0,50. Tomografia em Clinica Particular R$700,00. Ver a Verdade vencer a Mentira: Nao tem preço. #Brasil13 #SerraRojas

caiocard Caio Cardoso
Nunca antes na história desse país se viu uma #boladepapel derrubar uma máscara tão perfeitamente. #BolaDePapelFacts #SerraRojas

DanielCruz733 Daniel Cruz
RT @Plinio Na bolinha de papel tava escrito: “Não se larga um lider ferido na estrada” Ass: Paulo Preto #serrarojas #BolaDePapelFacts

ironjr Iron Júnior
por debypio
Quem nunca errou que atire a 1a #bolinhadepapel ! #serrarojas #serramilcaras

Rafael_213 ‘_Rafael_’
Serra disse que se ganhar, vai proibir a venda de papel A4. #serrarojas #serramilcaras #bolinhadepapel

livino Livino
#Globo: Serra promete tomógrafos em todas as escolas do país. #BolaDePapelFacts #bolinhadepapel

carlac_gomes @carlagomes
Ibope confirma! #Bolinhadepapel é mais popular que o #serrarojas!! PSDB analisa a possibilidade de substituir o candidato!

Del_Pozzo Gilberto Del’ Pozzo
Em 2002 a esperança venceu o medo, agora a #bolinhadepapel desmascarou a mentira,a #mídia e o #Serra e juntos. #serraRojas #boladepapelfacts

kristian_pascoa Kristian Páscoa
#ALERTA: Quando a criançada descobrir q #BolinhaDePapel dá 24h de repouso as escolas ficarao vazias. #SerraRojas

livino Livino
Pedra vence tesoura, tesoura vence papel, papel vence Serra. #BolaDePapelFacts #bolinhadepapel

ozeguerra José Guerra
#bolinhadepapel pesando 2k = 500 folhas de papel A4. Se Indio da Costa estiver falando a verdade, Serra foi atingido pelo dossiê do Aécio.

rodolfomarconi Rodolfo Marconi
Isso pq a #bolinhadepapel era branca, pq se fosse preta ja iam falar que foi o Paulo ..

kmahayri Kalil Mahayri
se uma #bolinhadepapel fez Serra ir ao hospital … uma borracha provavelmente o faria finjir de mortoo!

livino Livino
Mas lembrem-se: nada de tentar embarcar em avião com #bolinhadepapel, hein?

peteroliveira17 Peter Oliveira
Eu sou contra este ato de violência. Hoje foi uma #BolinhadePapel. e amanha? Confetes, Serpentinas? onde esse mundo vai parar? #serrarojas

eulerdn Euler
A bala de prata era uma #bolinhadepapel

livino Livino
Serra vai denunciar o governo brasileiro à ONU por programa secreto de enriquecimento de celulose. #BolaDePapelFacts #bolinhadepapel

deozita Deo Gabiatti
by cyber2010cybele
É, ainda bem que foi uma bolinha de papel. Se fosse um aviãozinho iam dizer que foi um ataque terrorista. #serrarojas #boladepapelfacts

caiocard Caio Cardoso
Nunca antes na história desse país se viu uma #boladepapel derrubar uma máscara tão perfeitamente. #BolaDePapelFacts #SerraRojas

NarleyResende Narley Neto
by Tiago_Rossini
Fita crepe nega envolvimento e diz não conhecer bolinha de papel. #boladepapelfacts #serrarojas

JoaoCarlos2010 João Carlos
by bafhell
Serra é lerdo mesmo. Bush escapou de sapatada. Serra é atingido por bolinha de papel #boladepapelfacts #serrarojas

Lais_MD Laís Meireles Duarte
RT @Bella_Azevedoo A Chamex está sendo investigada pela Polícia Federal por dar suporte para ataques terroristas. #boladepapelfacts / hahaha

opetista O Petista
by ayeshaluc
De olho no apoio de Marina, PT promete que de agora em diante, só bolinhas de papel reciclado. #serrarojas #boladepapelfacts

thiago_yure thiago yure
by sfsteiger
Dilma enfrentou a ditadura e agüentou tortura. Serra não agüenta nem bolinha de papel. Frouxo #boladepapelfacts #serrarojas

thiagocarames Thiago Caramês
by giliate
O Globo:”Agressor é preso portando uma bola de papel calibre A4. O homem é vizinho do primo do cunhado da filha da Dilma” #boladepapelfacts

ErikaABL Erika Lima
by vieira707
“O exame de ‘bolística’ determinou que o projétil saiu de um chumaço de Maxprint, calibre A4.” #BolaDePapelFacts :uma comédia!

ary_jr ary jr.
by AMMIRaMIL
Iranianos lançam projeto de enriquecimento de celulose. #BolaDePapelFacts

FabiaPessoa Pessoa


danilo on 21 outubro, 2010 at 23:49 #

hehehe

fascistas!!

grevistas que reinvindicam direitos ou sindicalistas pelêgos profissionais agindo a mando do lullo-petismo? e por que cargas dágua estes “grevistas” não protestam na porta do Palácio do Planalto?

Jader Il Bambino do Duce, voce já assistiu a matéria do Joenal Nacional onde o perito Ricardo Molina desmascara a farsa montada pelo SBT?

quem é Ricardo Molina? é aquele perito criminalista que também provou a compra de votos quando da emenda da reeleição promulgada por FHC, e que também provou escaramuças do mensalão do DEM no Distrito Federal.

aliás, na verdade pouco importa se o que atiraram no Serra Vampirão foi bolinha de papel, cabo de vassoura, mastro de bandeira [vermelha] ou rolo de fita crepe. podia até ser um grão de arroz e já estaria configurada uma agressão. já pensou se um doido integrante do PIG atirasse um grãozinho de arroz em Lulla? vixe maria que escarcéu da porra ia ser. o PT e os movimentos sociais iriam dizer que o grãozinho de arroz era um míssil Tomahawk de longo alcance com o carimbo Made in USA e partiriam pra cima dos tucanos pra esfolá-los, LITERALMENTE, vivos e pendurariam os cadáveres no trevo da pista que dá acesso ao ABC.

agora, Bambinos do Duce, cantem comigo:

io soy fascisti
boia chi molla
viva il Duce


Marco Lino on 22 outubro, 2010 at 9:24 #

Greves? Tenha o cuidado, nego, de dar uma olhada, por exemplo, no contracheque de um delegado de polícia (ou no de um simples soldado) de Sergipe, compare com o holerite do de São Paulo e verás o porquê das greves. Não colocarei os servidores federais, seria covardia. Basta comparar São Paulo (40% do PIB nacional) com o nordestino Sergipe. Terás uma vaga ideia do tratamento dispensado por tucanos ao funcionalismo público.

Quanto às agressões, Danilo, energúmeno existe em toda parte – no Rio, São Paulo, Curitiba, Salvador, Brasília, Manaus ou em São Francisco. Bem fez o Fontana em comparar militante político (no caso, petista) ao torcedor uniformizado de futebol. Perfeito! Xingam, gritam, vociferam, caluniam, difamam, agridem sem a menor cerimônia. Não fiz apologia a nenhum, nem faço. Disse claramente que estou noutra.

Mas, como bem disse vc, não importa o instrumento da agressão, o que deve ser levado em conta é a agressão em si. O que chamei a atenção desde o início foi o fato de um presidenciável (com chances reais de ser eleito) ir ao subúrbio do Rio (reduto adversário, como bem lembrou a Carmem) trocar insultos (a reportagem que li aqui disse isto claramente) com militantes políticos (tipo “seu fdp”, “fdp é vc”). Aliás, um repórter mais “despolitizado” chegou a perguntar ao vice-Índio sobre a pertinência da escolha do local. Resposta? “Ah, foi só meu aniversário”. Ou seja, nenhuma.

Ainda sobre agressão, Danilo, os energúmenos estão por toda parte, mas a internet é o local de predileção deles. Eu, por exemplo, já fui chamado de venal, “oreba”, analfabeto, fascista e de algumas outras coisas com outros adjetivos – só para citar os seus. Não distingo estas daquelas agressões. Aliás, acho esse energúmeno que vai às ruas agredir o outro muito mais positivo que o da internet, pois ao menos se mostra. É covarde no sentido de só atuar em grupo, mas se mostra, não fica atrás de um monitor irresponsavelmente acusando, escrevendo o que vem na pobre cabeça sobre os outros sem saber ao certo o que está falando e sem poder provar nada. É o mesmo energúmeno, a mesma agressão, a mesma política – só muda a cor da camisa.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos